Home Notícias Quentinhas Comboio de sacoleiros é assaltado; bandidos tocam o terror

Comboio de sacoleiros é assaltado; bandidos tocam o terror

Comboio seguia com escolta para São Paulo quando foi atacado por bandidos. Vítimas foram até ameaçadas de morte

A noite de segunda-feira foi traumática para os empresários e sacoleiros que usam o serviço de turismo da empresa Gadotti, de Blumenau, para fazer compras no bairro do Brás, em São Paulo. Bandidos armados invadiram ônibus do comboio de cinco carros e levaram a grana dos comerciantes, que tavam indo fazer compras de de Natal.
Uma funcionária da Gadotti contou que dos cinco ônibus que seguiam até a capital paulista, quatro foram atacados pelos bandidos.
A mulher, que não quer ser identificada, contou que apenas o ônibus com os comerciantes do litoral teria escapado da bandidagem.
No entanto, uma vítima que mora em Joinville, Ana Maria Mannes, disse que havia passageiros de Itajaí e Balneário Camboriú entre os assaltados e ameaçados de morte pelos bandidos. O DIARINHO não conseguiu falar com a direção da empresa para confirmar a informação.
O assalto foi por volta das 23h, na BR-376, na serra do Paraná, ponto de tensão para quem faz essas viagens por causa do grande número de assaltos. Segundo os clientes da empresa, a Gadotti sempre viaja com escolta armada, mas nem isso intimidou os assaltantes.
Os busões foram interceptados por pelo menos 12 assaltantes. Os bandidos chegaram a meter tiros em um dos ônibus e, por isso, o motorista teve que parar.
Para forçar os passageiros a entregar a grana, os bandidos atiraram no teto dos ônibus e agrediram alguns passageiros. A escolta armada também chegou a trocar tiros com os assaltantes. Um funcionário foi atingido de raspão e um bandido também teria sido baleado.

Gente machucada
Nas redes sociais, relatos dão conta de que os bandidos chegaram a machucar alguns comerciantes. “Ficamos no meio do nada com pessoas em desespero e feridas, mas agora estou em casa e em segurança. Só uma coisa eu tenho a dizer: o motorista foi muito competente. Mesmo os bandidos atirando, ele não largou o volante, senão seria muito pior”, dizia o relato no Facebook de Ana Maria Mannes.
A polícia Rodoviária Federal (PRF) socorreu as vítimas e o caso será investigado pela polícia Civil. Os bandidos abandonaram um carro usado no crime, mas todo o bando conseguiu fugir.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com