Home Notícias Quentinhas Brasil vence Chile nos pênaltis e vai às quartas de final

Brasil vence Chile nos pênaltis e vai às quartas de final

Vitória sofrida deixa o Brasil a três jogos do tão sonhado hexa

O Brasil está nas quartas de final da copa do Mundo. Foi nos pênaltis, foi sofrido, foi suado. Mas foi. Depois de empatar por 1 a 1 no tempo normal e não sair do zero na prorrogação, a seleção brazuca levou a partida com o Chile pros pênaltis. Aí brilhou a estrela de Julio Cesar, que pegou duas penalidades e classificou o Brasil. A vitória no sábado à tarde, no Mineirão, em Belo Horizonte, deixa o time canarinho a três jogos do título. O próximo desafio será na sexta-feira, no Castelão, em Fortaleza, com quem passar do confronto entre Uruguai e Colômbia.
Brasil e Chile protagonizaram um grande espetáculo no primeiro tempo. Embalada pela torcida que cantou o tempo todo no Mineirão, a seleção brazuca atacou mais, principalmente com o trio Marcelo, Hulk e Neymar pela esquerda. E foi em um escanteio cobrado por Neymar, também pela canhota, que o Brasil abriu o placar. O camisa 10 levantou na área, Thiago Silva deu uma casquinha e Jara, contra, mandou pra rede: 1 a 0.
O time canarinho seguiu melhor e teve a chance de ampliar com Neymar, aos 25, mas o chute do craque saiu torto. A partir daí o Chile passou a tomar conta do jogo. Os chilenos tinham mais posse de bola, mas o gol do empate veio em uma erro brasileiro. Hulk errou o domínio e perdeu a bola pra Vargas. Ele achou Alexis Sanchez livre na área. O camisa 7 dominou e bateu cruzado, Julio Cesar não alcançou e o atacante do Barcelona deixou tudo igual: 1 a 1.
O segundo tempo foi irritante pro torcedor brasileiro. Neymar, que foi bem na primeira etapa, desapareceu. Fred só foi notado em campo quando saiu, vaiado, para a entrada de Jô. Hulk chegou a marcar o 2º gol as 9 minutos, mas o brazuca dominou no braço e o árbitro Howard Webb marcou o toque. Hulk tentou resolver sozinho. E só não conseguiu porque Bravo fez uma grande defesa.
Na prorrogação, a melhor oportunidade foi do Chile. Quase aos 15 minutos do 2º tempo extra, o ex-vascaíno Pinilla recebeu na meia lua, ganhou na força de Thiago Silva e mandou uma paulada. A bola explodiu no travessão.
O começo das penalidades foi animador. David Luiz marcou e na sequência Julio Cesar pegou a cobrança de Pinilla. O terror voltou quando Willian meteu pra fora. Sorte que Julio Cesar pegou também a batida de Sanchez. Marcelo ampliou a vantagem brazuca e Aranguíz manteve o Chile vivo. Então foi a fez de Hulk, que meteu uma pancada no meio do gol. Bravo deixou a perna e pegou. O empate chileno veio com Dias: 2 a 2. Neymar fechou a série brasileira bem ao seu estilo, com paradinha e gol. Coube a Jara, autor do gol contra no começo de jogo, definir o confronto. O zagueirão bateu forte, no canto, mas a bola pegou na trave. Fim de jogo. Brasil nas quartas de final. Que venha mais um clássico sul-americano.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com