Bocudo eu?

O assunto do momen­to é o pedido de abertu­ra de inquérito feito pela Procuradoria Geral da Re­pública (PGR) contra o núcleo político do chama­do Petrolão, que decep­cionou muitos dos que es­peravam revelações mais bombásticas. A lista de Janot, segundo os bo­cudos de plantão, ficou aquém das expectativas.

Mas, por quê?
Dizem os mais afoitos que ninguém engole que um es­quema, como o que vimos esmiuçado pelo Ministério Público do Paraná, com o apoio da Polícia Federal, en­volvendo presidentes e altos executivos das maiores cons­trutoras do país e somas na casa dos bilhões de reais te­nha sido montado e executa­do por meros diretores e ge­rentes da Petrobras.

Acredite se quiser
Tudo aconteceu nas bar­bas da presidência e do con­selho da Petrobras sem que ninguém tenha tomado co­nhecimento, muito menos o Palácio do Planalto, ou a alta cúpula do partido do gover­no?

Balde de água fria
E, pelo jeito, vai ficar por isso mesmo, num processo que vai se arrastar por mais anos que o processo do Men­salão. É um balde de água fria na cabeça dos que que­rem ver o país ser passado a limpo. Uma vergonha!

Está chegando a hora
O entrevistão do DIARI­NHO no final de semana com o João Demantova, executivo da Stpover Itajaí, me alertou, e deve ter alertado muitos dos que leram, que a segun­da edição da Volvo Ocean Race está na porta, acontece em menos de 30 dias. Ao que parece, talvez seja só minha modesta impressão, o clima não está o mesmo da primei­ra edição…

Ausências
Parece que falta envolvimento da cidade. Não por falta de ação e iniciativa dos que a organizam, mas, talvez, pela ausência da passionalidade de um Amílcar Gazaniga, que fez e aconteceu na outra VOR. Faz falta, também, Paulinho Bornhausen, pai da criança. Mesmo assim, a expectativa é de que a nova edição seja um sucesso. E que assim seja!

Lá longe
O ex-homem dos galiná­ceos, prefeito Jandir Belli­ni (PP), passa o comando de Itakaí pra sumida vice-pre­feita Dalva Rhenius (PSB), amanhã, 10, às 16h. Na quar­ta-feira embarca com o secre­tário de Comunicação, Muri­lo José, o Batatinha (olha a ciumeira!), rumo a Auckland, na Nova Zelândia, onde acompanha a largada da Vol­vo Ocean Race, rumo a Itajaí.

Dia 16!
Na sua interinidade, a vi­ce-prefeita, Dalva, deve parti­cipar da entrega da ordem de serviço para que as obras da importante e almejada Bacia de Evolução se torne uma re­alidade. A nova data agenda­da pelo governador com cara de padreco, Raimundo Co­lombo (PSD), é a próxima se­gunda-feira, 16.

Muita promessa
A obra é importantíssima para que o complexo portu­ário do Itajaí-Açu possa re­ceber navios de grande porte. Espera-se que Colombo não empurre pra frente a assina­tura da ordem de serviço. De uns tempos pra cá, Colombo tem prometido muito e cum­prido pouco as promessas.

Boazinha com os seus…
O ex-deputado João Pizo­latti (PP), um dos nomes ci­tados na operação Lava Jato, alega ter foro privilegiado por conta de ter virado abobrão do governo de Roraima. Arti­fício vergonhoso. Aliás, a go­vernadora de Roraima, Sue­li Campos (PP), gosta que se enrosca de empregar a paren­tada. De uma tacada só no­meou 15 parentes. Boazinha, né não?

Boa fama, só que não
Quando Pizzolatti foi no­meado pra pomposa secreta­ria Extraordinária de Articula­ção Institucional e Promoção de Investimentos (Seapi) de Roraima, o vice-governa­dor Paulo César Quartiero (DEM), em entrevista ao por­tal G1, questionado sobre a capacidade técnica do ex-de­putado progressista pra res­ponder pela pasta, afirmou: “a especialidade de Pizzolat­ti não é trazer, mas levar di­nheiro”. Uiiiii!!!

A milhão…
O vereador bigodudo, Laudelino Lamim, o conhe­cido sargentão Lamim, conti­nua a campanha pra chegar à presidência da sigla, na pró­xima eleição do diretório pei­xeiro. Seu desejo é destro­nar a dama de ferro, Eliane Rebello. Os linguarudos de plantão garantem que Lamim conta com apoio estadual e teria mil fichas de novos filia­dos, que serão abonadas pe­los bagrões. Hummmm…

Viajando
Este socadinho já falou várias vezes sobre o assunto viagens de vereadores com o dinheiro público, mas infeliz­mente nada acontece. Desta vez o desperdício de dinhei­ro público é na câmara de ve­readores de BC, onde o Nil­son Vampiro Probst (PMDB), e o Asinil Medeiros (PR) pe­garam grana pública para via­jar a Portugal “para divulgar BC”.

Divulgar?
O que dois vereadores po­dem fazer para divulgar uma city tão conhecida como Bal­neário Camboriú (desejam ser secretários de Turismo, pra fazer turismo?)? Espero que o Ministério Público peça informações e veja onde está sendo gasto o dinheiro dos impostos dos contribuintes.

Como phode?
Quem parece que está se assanhando para ser candida­to a prefeito é o feicebuquei­ro e ex-secretário, Auri Pa­voni. Mas, primeiro, ele tem que conseguir reverter a con­denação por improbidade ad­ministrativa. Parece que está difícil, pois o STJ negou-lhe recurso. Assim, não phode ser candidato a nada.

Sumido
Quem anda sumido é o homem pássaro, prefeito Ed­son Periquito (PMDB), pois circulam comentários na ci­dade que neste mês teremos novidades da Capital sobre a Operação Trato Feito, parece que a coisa vai ficar feia para alguns integrantes e ex-inte­grantes do governo do Pirica. Oh, dor!…

Preocupados
Tem alguns empresários muito preocupados com a in­clusão de um deputado na lista do Janot, na Operação Lava Jato, pois parte do di­nheiro teria sido usado para “lavar”, ops, investir em uma casa noturna da região. Bas­ta rastrear as contas que che­gam ao destinatário final.

Multa
Projeto aprovado na pira­midal casa do povo peixeiro quer punir com maior rigor os proprietários de terrenos baldios, residências e esta­belecimentos comerciais que acumulam lixo e entulho. A secretaria de Obras, tocada pelo narigudo Tarcísio Zane­latto (PP), tirou em poucos dias, o absurdo de 169 cami­nhões de entulho na região de Cordeiros. Uma doideira…

Na espinha!
Quase duas mil denúncias foram recebidas pela Defesa Civil, sem nenhuma punição. De acordo com o líder do go­verno, Afonso Sereno Arruda (PMDB), a multa para quem descumprir a intimação para limpar o terreno pode chegar a 2749 reales e pode determi­nar até o fechamento do esta­belecimento.

Eleição no Guarani
A sociedade Guarani está em período de eleição para o Conselho Deliberativo. Pela primeira vez nas últimas dé­cadas há uma chapa de opo­sição, liderada pelo prof. Ale­xandre Kleis. No finde, a chapa da situação divulgou, via zapzap, que, entre seus conselheiros, estaria o rei­tor da Univali, Dr. Mário Cé­sar dos Santos, e o prefeito de Itajaí, Jandir Bellini.

Famosos
O reitor nega ter assina­do qualquer termo de ade­são e estaria bastante inco­modado com a situação. O prefeito teria sido orientado pelo chefe de gabinete, Ma­noel Rodrigues da Conceição, o Nelinho, a não se envolver, mas contrariou a sugestão e atendendo pedido da eterna locomotiva do society, Rena­to Ribas, e do vereador Rafa da Padaria (PRP), assinou o termo de adesão à chapa da situação. 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com