Home Notícias Quentinhas Barco-escola será palco de aulas pra 200 pescadores

Barco-escola será palco de aulas pra 200 pescadores

Transporte tá rolando na BR 376, e barcão vai cair no mar de Paranaguá, seguindo para a orla peixeira semana que vem

Juvan Neto
(Colaborou Dayane Bazzo)

juvan@diarinho.com.br

Já tá a caminho de Itajaí o primeiro barco-escola da cidade, que vai dar um novo momento ao aprendizado dos alunos dos cursos do instituto Federal Catarinense (IFSC) relacionados à pesca.
O barco foi montado num estaleiro em Campina Grande do Sul, no Paraná, e deve chegar em Itajaí na próxima quarta-feira, dando um reforço nas aulas que rolam em cidades como Itajaí, Penha, Bombinhas e Barra Velha.
O barco – modelo catamar㠖 saiu ontem de Curitiba, e agora tá na região da Serra, pois depende da polícia Rodoviária Federal (PRF) liberá-lo a descer a BR-376. A embarcação seguirá até Paranaguá, onde finalmente cairá no marzão, e seu trajeto até Itajaí já servirá para testes. A inauguração, entretanto, só deve rolar em dezembro, após todas as liberações da Marinha.
Benjamim Teixeira, coordenador dos cursos técnicos do IFSC no campus peixeiro, acompanhará o primeiro trajeto dessa escola diferente, junto do também professor Rodrigo Gomes. Benjamim destacou ao DIARINHO que a partir de 2016, o barco será usado nas aulas práticas de pescaria, navegação e manutenção de embarcação.
O barco-escola vai ter capacidade para navegar com 10 alunos e dois professores a bordo, por até 40 quilômetros de distância da costa, beneficiando mais de 200 estudantes hoje divididos entre os cursos técnicos de aquicultura e de pesca, além do curso específico de pescador profissional, o mais procurado, e o curso de pescador especializado para atuar em barcos de grande porte. Para 2016, o campus Itajaí do IFSC estreia ainda o curso de recursos pesqueiros.

Porões pro camarão
Construída com grana repassada pelo extinto ministério da Pesca, a embarcação que tá chegando será toda em fibra de vidro, terá 12 metros de comprimento, 6,5 metros de largura, dois motores, cozinha equipada, mesa, dois camarotes com três camas cada, banheiros, kit salva-vidas, porões para guardar até oito toneladas de peixe e camarão.
A embarcação conta ainda com rádios de longo alcance e equipamentos de navegação, num investimento total de quase R$ 520 mil.

Alunos de escolas públicas de Itajaí também terão lições em alto mar
Benjamim ainda reforça que o barco-escola também será usado para a educação ambiental com alunos de escolas públicas de Itajaí, dentro do projeto “Aprendendo com o Mar”, e vem aí uma parceria com o projeto Tamar, visando orientar pescadores artesanais sobre a captura predatória da tartaruga. “Ele terá finalidade dupla. Educação ambiental e cursos de pesca”, comenta o professor.
Atualmente, o IFSC possui apenas dois barcos infláveis com motor. Mas desde já, todo pescado capturado nas aulas é repassado a entidades ou escolas dos municípios onde rolam as aulas. As classes estão rolando em Itajaí e Penha, mas já há inscrições para aulas do curso de pescador confirmadas em Bombinhas e Barra Velha. A nova embarcação cai no mar após finalização da documentação. A inauguração será em dezembro.
O IFSC faz questão de agradecer o apoio de empresas colaboradoras do projeto, como a Rádio Naval, a Forsafe (que auxiliou em toda a salvatagem) e a Luch Cordas, de Itajaí e Navegantes.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com