Home Notícias Quentinhas Assassino do ex-surfista Ricardinho é exonerado

Assassino do ex-surfista Ricardinho é exonerado

No dia 19 de janeiro, o surfista Ricardo dos Santos foi assassinado pelo ex-policial militar Luís Paulo Mota Brentano. Sete meses depois do crime que entristeceu toda a comunidade do surfe e a Guarda do Embaú, Brentano foi oficialmente expulso da Polícia Militar de Santa Catarina.
Desde que o crime rolou, Brentano está preso no 8º Batalhão de Joinville, já que ele se entregou à Justiça dias depois do ocorrido. Na ocasião, o homem alegou legítima defesa e pediu que “não fosse julgado com base no calor dos momentos e na comoção.” No entanto, os exames no corpo de Ricardinho apontaram que o ex-surfista levou dois tiros, um deles pelas costa. A análise comprovou que Luís atirou para matar, e não para se defender.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com