Home Notícias Quentinhas Água veio preta nas torneiras do São João

Água veio preta nas torneiras do São João

Turbidez na água e obra agravaram o problema na ETA, diz o Semasa

Os moradores do bairro São João amanheceram com um baita “café” saindo das torneiras. A água era tão preta que se alguém bobeasse poderia tomar achando que era Coca-Cola ou café.
Moradores das ruas José Pinto do Amaral e Juca Césario relataram o problema ao DIARINHO. No meio da tarde, a água já tava limpinha.
Segundo a assessoria de imprensa do Semasa, a água pintou suja nas torneiras por problemas de turbidez no rio Itajaí-açu, em função do temporal dessa semana.
O Semasa também teve problemas de falta de água. No final da quinta, a estação de tratamento de água (ETA) voltou a operar normalmente, mas acabou levando junto a sujeirada da tubulação.
O Semasa explica que geralmente o problema se resolve durante o dia. O pedido da autarquia é que as pessoas deixem escorrer um pouco dessa água suja para que volte ao normal.
Obra no São Judas
O que também agravou a situação no São João foi uma obra de limpeza de rede na rua Clito César Rebelo, no São Judas, que obrigou os técnicos a desligarem o registro, afetando o abastecimento nas ruas Abdon David Schmitt, Antônio Adão Dias e Aguinaldo Deola.
O serviço foi finalizado por volta das 14h de ontem e a água foi voltando aos pouquinhos.
O Semasa explica que é importante as pessoas fazerem reclamações à autarquia, para os técnicos resolverem a situação. Os telefones são 0800-645 0195 ou (47) 3344-9000.
Começou em dezembro
Os problemas no abastecimento de água em Itajaí começaram em dezembro, quando foi executada a interligação de um terceiro reservatório à ETA São Roque. Também foi instalada uma adutora de maior capacidade entre os reservatórios.
Após a obra, começaram os problemas de água suja nas torneiras. Esta semana a turbidez chegou nos alarmantes 3000 NTU, valor considerado o mais alto dos últimos meses, levando em conta que geralmente a água é captada com 100 NTU de turbidez.
Pra piorar, ainda houve problemas operacionais durante a instalação do gerador na estação de Recalque de Água Bruta (ERAB), alto consumo provocado pelo calor e obras de manutenção da rede.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com