CANAL ABERTO

O MPF (Ministério Público Federal) foi acionado para tomar providências no caso do apresentador da Record TV Brasília que chamou a cantora Ludmilla de “macaca” e “pobre”. Os grupos Intervozes (Coletivo Brasil de Comunicação Social) e Andi (Comunicação e Direitos) entraram com uma representação no órgão pedindo providências.
EM ONDAS
Para as ONGs, o comentário do apresentador Marcão, no “Balanço Geral”, caracterizou discriminação racial e ofendeu não só à artista, mas aos negros em geral. Afirmam que a emissora é concessionária de um serviço público e que houve desrespeito “às normas em vigor para a radiodifusão brasileira e demais leis do ordenamento jurídico”.
TOMA LÁ, DÁ CÁ
O MPF analisa o pedido das entidades, que reivindicam direito de resposta dos grupos atingidos, além de indenização por danos morais coletivos. Marcão foi demitido após o fato e pediu desculpas à cantora. Ela diz que vai prestar queixa contra ele. A Record, em nota, afirma “lamentar os transtornos causados” a Ludmilla e repudiar “qualquer ato dessa natureza”.
MAIS DEVAGAR
A ONG Ciclocidade entrou nesta quinta (19) com uma ação civil pública para tentar barrar o aumento de velocidade nas marginais em São Paulo, previsto para começar na quarta (25). Um advogado de São Paulo já havia iniciado um processo similar.
CABEÇA FEITA
Supla vai cantar em seu show neste sábado (21) na Audio Club a música que compôs sobre Donald Trump e que, muito antes do rumor da semana passada, já fazia referência à “chuva dourada” –fetiche de urinar na frente de um parceiro ou sobre ele. Lançada em abril, a faixa relaciona o novo presidente dos EUA à prática. “Uma amiga de Nova York me falou que ele ia numas coisas de sadomasoquismo, aí coloquei”, diz o cantor.
SEM REMÉDIO
Está em falta na rede pública do Estado o remédio Alfaepoetina, usado para prevenir anemia em pacientes que fazem hemodiálise. A Secretaria de Estado da Saúde alega que o governo federal entregou apenas 137 mil (10%) de um total de 1,3 milhão de ampolas previstas até dezembro. O Ministério da Saúde confirma os números, diz que entregará 375.400 frascos até quarta (25) e que novos repasses ainda serão agendados.
SEM REMÉDIO 2
Representantes de pacientes foram na terça (17) ao Ministério Público de São Paulo reclamar da ausência do remédio, que dizem ser fundamental para o tratamento. Eles afirmam também que não estão recebendo outro medicamento, o Calcitriol, comprado pelo Estado. A secretaria diz que o produto não está em falta e que vai verificar se houve um erro nos pedidos das clínicas.
AMIGO PROTEGIDO
A ala da escola Águia de Ouro que vai homenagear cães-guia e terá pessoas com deficiência visual não poderá ter a presença dos ajudantes caninos por uma questão de segurança – eles não devem frequentar locais com tanto barulho quanto o sambódromo paulistano. Os passistas com deficiência serão acompanhados por amigos, familiares e pessoas da Fundação Dorina Nowill.
PARCERIA DUPLA
Assim que acabar a novela “Sol Nascente” (Globo), a atriz Jacqueline Sato vai escrever e atuar em um dos episódios da segunda temporada de “(Des)Encontros” (Sony). A série de comédia romântica é dirigida por Rodrigo Bernardo –com quem Jacqueline começou a namorar nas filmagens do longa “Talvez uma História de Amor”
CANTA COMIGO
Céu chamou Lenine para se apresentar com ela no Pepsi Twist Land, no Rio, no dia 9 de fevereiro; os dois artistas fizeram em SP ensaio para o festival, que vai se estender por dois fins de semana, na Marina da Glória.

O empresário Marcelo Sebá fez festa de aniversário na quarta (18), no Club Jerome, em Higienópolis. Passaram por lá a atriz Jéssica Ellen e os empresários Sérgio Kalil e Cacá Ribeiro. O diretor de marketing Esteban Walther, a publicitária Carol Catão e o ator Vinicius Ziehe também estiveram entre os convidados.

Mônica Bergamo
Jornalista, assina coluna com informações sobre diversas áreas, entre elas, política, moda e coluna social.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com