Home Colunistas Memórias & Fatos Uma fórmula ideal

Uma fórmula ideal

Comer peixe, jogar dominó e fazer Palavras Cruzadas é a fórmula ideal para manter a mente saudável e lúcida. Além da leitura em geral que é um exercício benéfico para o cérebro, a alimentação sem gorduras saturadas é bastante eficaz para a saúde mental. Por isso é recomendável comer peixe que é rico em proteínas altamente digeríveis. Especialmente, comer sardinha que é rica em ômega 3.
Jogar dominó é muito importante para a higiene mental, pois é um jogo que exige muita concentração e atenção. É importante que os parceiros se afinem controlando seu jogo, não esquecendo a pedra da saída… Ganha quem faz o menor ponto, por isso é bom estar atento nas jogadas, procurando sempre gastar a pedra maior. O jogo de dominó tornou-se o maior passatempo em todas as camadas da sociedade. Onde quer que se vá – até mesmo nas praças públicas – é comum o jogo dessas 28 pedras preciosas entre quatro amigos, com dezenas de apreciadores em volta.
Fazer Palavras Cruzadas é descobrir uma fonte de conhecimentos gerais; é um aprendizado constante, uma forma de estudar todas as matérias ao mesmo tempo. Além de passatempo, a pessoa faz um exercício mental aprimorado. Quem tem a prática de fazer palavras cruzadas está apto para concorrer a qualquer concurso público… É como estar preparado para responder as questões de um exame vestibular. Especialmente por ocasião do Exame Nacional do Ensino Médio, quem tem a prática de fazer Palavras Cruzadas está mais próximo da aprovação.
Sobretudo, para se manter a mente saudável e evitar maiores consequências pela falta de exercícios psíquicos, a recomendação é ter uma alimentação leve, de preferência à base de peixes, e praticar esportes de lazer como o jogo de Dominó. Ler bastante, escrever e, especialmente, fazer Palavras Cruzadas.

Memórias & Fatos
Cláudio Bersi de Souza é um escritor, romancista, historiador e cronista brasileiro. Considerado o mais prolífico autor de Penha, Bersi começou a publicar nos anos 1980, após uma carreira como marinheiro em embarcações pesqueiras. Seu primeiro livro foi lançado em 1984, "Um beijo na Tempestade". A esses se seguiram "Uma Luz na Solidão" (1988), "Muralhas de Água" (1992), "Penha: A história para Todos" (1995), "Pirajá" (1999) e "Piçarras de Todos os Tempos" (2000).
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com