Home Colunistas Linha de Fogo O crime não compensa

O crime não compensa

Esta frase não deve sair da cabeça do ex-árbitro Edílson Pereira de Carvalho. O ex-juiz e a confederação Brasileira de Futebol (CBF) foram condenados, pela 17ª Vara Cível de São Paulo, a pagarem uma multa de R$ 160 milhões referente ao escândalo conhecido como Máfia do Apito, acontecido em 2005.

Na época…
…empresários do ramo de bingos combinavam resultados com Edílson Pereira de Carvalho e, em seguida, faziam apostas milionárias em site de apostas eletrônicas. Ao todo, 11 jogos da edição daquele campeonato Brasileiro foram anulados, o que beneficiou o campeão Corinthians.

Os advogados…
…ligados ao processo foram avisados da sentença na quinta-feira. Como a decisão ocorreu em primeira instância, tanto a CBF quanto Edílson Pereira de Carvalho poderão recorrer. Os dois culpados terão que dividir a multa.

Certamente…
…irão recorrer e no final ninguém vai pagar nada e vai tudo ficar o dito pelo não dito. Agora, o que chamou mais a atenção foi a alegação do advogado da CBF. Na sua defesa disse que o escândalo foi algo irrelevante e banal, do qual ninguém mais se lembra. E que paixão nacional é coisa pra vender cerveja e aparelho de TV. Acredito que não adianta dar uma multa com este valor astronômico, o que deveria acontecer é colocar todos estes pilantras na cadeia.

Snooker
Terminou no sábado o “20º Torneio Biju de Snooker”, no clube Atiradores, em Itajaí. Participaram os melhores atletas de Santa Catarina e alguns de fora do estado. O campeão, mais uma vez, foi o Coca, de Florianópolis. Já o Tomio, de Blumenau, ficou com o vice-campeonato. O homenageado Biju ficou em terceiro lugar. O autor da maior tacada foi o nosso representante na competição, o Bilu. Um abraço ao Fayssal, Jaime, Joaci, Bilu, Jandir e Rafael, que foram responsáveis pela organização do evento.

Que coisa!
Fiquei sabendo que o terreno cedido pelo poder público pra associação de Judô e Dança (Apajudan) construir a sua sede foi retomado pela prefeitura na justiça. Isso aconteceu porque passou o prazo estipulado na lei pra que fosse construído algo no local. Se isto realmente é verdade, é pra matar. Com a palavra o pessoal da Apajudan.

Apesar do atraso…
…nas rodadas, em função das chuvas, uma coisa que merece destaque no campeonato de futebol suíço do Itamirim Clube de Campo é a arbitragem. Cumprimentos ao Fernando Lopes, o Palhão, que coordena este setor. Devido ao seu prestígio, consegue levar pra apitar lá árbitros como o José Acácio da Rocha e o Célio Amorim.

Inovando
O professor José Acácio da Rocha, que assumiu como diretor geral do colégio Dom Afonso Niehues, a exemplo do que realizou no colégio Olímpio Falconieri, promete uma revolução, tanto na área pedagógica como no esporte.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com