Home Colunistas Esporte Campeão Barroso não cai!

Barroso não cai!

Barroso não cai!
Vou bancar agora, o Barroso não cai! Jogando em casa contra o Tubarão no domingo o Barroso vencerá a partida e em Lages o Avaí vencerá o Colorado Lageano. O lado verde de Itajaí vai festejar o milagre. O clima em Lages não poderia ser melhor para o Barroso, teve presidente do clube dando surra com um taco de sinuca no goleiro Neto Volpi, o rapaz foi parar no hospital. A história tem direito a B.O e Samu. Durante a semana o goleiro reserva depois de se desentender com outro atleta, foi chamado a atenção por um torcedor que pedia calma e união aos jogadores, acredita que o goleiro foi lá e deu uns tabefes no torcedor? O clima esta desse jeito não apenas pela fase do time, mas porque faz tempo que ninguém vê a cor do dinheiro em Lages, jogar sem receber é difícil.
Aqui em Itajaí esta tudo certo, todos os salários em dia, clima bom entre os jogadores. Até aqueles pequenos problemas de falta de estrutura na Série B foram resolvidos. Hoje os atletas moram em um hotel que estava desativado e foi alugado exclusivamente ao Barroso, tem fisioterapeuta a disposição, coach, análise de desempenho, tem tudo. Eu digo com tranquilidade: O Almirante não merece cair. Cometeu erros? Sim, claro que cometeu. Mas esta longe de ser o pior time, deste fraco campeonato da Série A catarinense. Depois de escapar o projeto precisa ter mais atenção para a base, mas eu acredito que estão no caminho certo e tem muito a crescer.
Quanto ao jogo, acredito que o Tubarão já vem pra Itajaí em ritmo de festa e relaxado, a vitória do Barroso é obrigação, depois disso é esperar o que acontece em Lages e comemorar.

Estadual não vale nada
Engraçado como todo mundo fala que estadual não vale nada. Mas basta o clube ser eliminado na Libertadores ou Copa do Brasil para passar a valer. Para São Paulo e Corinthians que foram eliminados no meio de semana na copa do brasil, o estadual passa a ser a salvação do semestre, quem sabe do ano, pois dificilmente esses times serão campeões de algo. O estadual virou a chance de erguer um caneco e manter os técnicos tranquilos no cargo, quem perder dará uma balançada.

Fundação Municipal de Esportes
Durante a semana o Diarinho trouxe uma série de denúncias de atletas e técnicos cobrando salários que foram prometidos e não estão sendo cumpridos. A FMEL sempre foi motivo de orgulho em todos os governos que eu acompanhei aqui em Itajaí. Cheguei na cidade em 2002, vi David Coelho, Álvaro Provesi, Fabrício Marinho e Moacir Sedrez. É óbvio que o Fabinho Rezes terá que conviver com comparações das últimas administrações, será difícil alcançar os feitos dos antecessores. Mas este tipo de denúncia eu nunca tinha visto na FMEL, se for confirmado é inadmissível. Eu já dei esse alerta em outra coluna, camarão que dorme a onda leva. Acorda, Fabinho!

Compartilhe: