Pinho

Governador com cara de padreco, Raimundo Colombo (PSD), passa a coroa e o cetro esta semana para o vice-governador,
Pinho Moreira (MDB)

Acabou o reinado de Momo e o ano recomeça, agora com o reinado do MDB. Sim, porque ainda esta semana o governador com cara de padreco, Raimundo Colombo (PSD), passa a coroa e cetro para o vice, Eduardo Pinho Moreira (MDB), que deve governar SC até o final do ano.

Trono
Então fica o governo do Estado com o MDB e o governo federal também com o MDB, sem que, coincidentemente, nenhum dos dois, governador e presidente, tenham sido eleitos para ocupar esses cargos.

Desde…
O presidente com cara de vampiro, Temer, herdou o poder no movimento que impichou a Dilma. Pinho Moreira assume por um acordo pré- eleitoral amarrado para ter o a tríplice aliança que elege governador na Santa & Bela desde que foi inventada por Luiz Henrique, outro emedebista.

15 anos
LHS inventou a tríplice porque deve ter percebido que se juntasse os três maiores partidos do estado não tinha pra mais ninguém. Desde então, a receita tem sido requentada e seguida. E o catarinense sai há 15 anos para eleger as mesmas pessoas. Legal né?

Acordão
Mudam os nomes e, eventualmente, um ou outro partido, ou seja, muda-se pra ficar a mesma coisa. Ou mudam-se as moscas, mas… Não que o estado não tenha sido bem administrado ao longo dessa década e meia, mas que é um acordão que rege a Santa & Bela disso ninguém duvida.

Reflexão
Que partido é esse MDB que está sempre no poder e nunca tem candidato? Hoje demonizam Lula e o PT, mas o ão esteve lá desde sempre? Assim como esteve com Fernando Henrique, e com mais todo mundo desde a redemocratização?

Herdou
Sarney herdou o poder de Tancredo, que foi eleito e morreu antes de assumir. Itamar Franco herdou o poder de Collor, que foi impichado porque comprou uma Elba com sobra de campanha. E assim o MDB vai se fazendo. É o verdadeiro partido do poder, mesmo sem se dar ao trabalho de disputar o poder na urna. Ou não é?

Porto
O anúncio do aumento da movimentação de contêineres no porto de Itajaí, anunciado pela multinacional arrendatária APM Terminals, deixou os trabalhadores da área com sorriso de zorelha a zorelha. A movimentação vai dobrar. Dobrando também o faz-me-rir dos homens do cais.

Discreto
O anúncio feito à imprensa contou com uma pá de otoridades e puxas de plantão. Discreto e de pouco papo, o vereador portuário Robison Coelho (PSDB) foi lembrado e recebeu agradecimentos de todos os representantes dos trabalhadores do porto.

Agradecimento
Na coletiva aos curiosos da imprensa o presidente da Intersindical dos Trabalhadores Portuários, Ernando Junior, fez questão de agradecer o tucano que arregaçou as mangas pela causa muito antes de ser eleito.

Prioridade
Em 2015, quando o porto estava às minguas, Robison levou os portuários embaixo do braço até Brasília e, juntos, fizeram o problema do porto de Itajaí ser prioridade da Frente Parlamentar Catarinense.

Fez a diferença
É fato que o prefeito barbudinho Volnei Morastoni (PMDB) tem se esforçado em buscar recursos para finalização das obras do porto. E isso é positivo. Mas quem é da área sabe que a situação do terminal ainda estaria precária não fosse a iniciativa do tucano Robison e dos trabalhadores lá em 2015.

E a soja?
Também foi com a ajuda do vereador bicudo que os portuários conseguiram pressionar o prefeito a não trazer a soja para Itajaí. Não fosse a pressão feita pelo nobre edil e por seus colegas do cais, Itajaí estaria cheia de soja e com pouco ou nenhum contêiner. E os trabalhadores estariam trampando mais por menos.

Sujislândia
Decisão judicial suspendeu todos os efeitos da licitação da empresa de limpeza da casa do povo na Dubai Brasileira. A administração por lá não acerta uma e o presidente Rei Roberto Bem Claro Júnior (PMDB) amarga mais essa.

Cansou
Tem gente que já cansou da incompetência da turma. Pior são as meninas da limpeza que em dezembro ficaram sem trampo, a maioria foi recontratada, mas devem sair novamente.

Afastamento
São grandes as chances de afastamento dos quatro vereadores envolvidos na Operação 30°. O presidente e inclusive seu pai, o advogado Roberto de Souza, estão como réus. Nos bastidores já se debate a nova câmara sem os réus. A presidência seria assumida pelo governista Gelson Rodrigues (PSB).

Na Passarela
Dos “deputáveis” da Dubai Brasileira, o único que realmente deu o ar da graça nesse carnaval foi o vice-prefeito, Carlos Humberto (PR), que se misturou ao povão para festar e prestigiar. O restante ficou em casa.

JC
JC é colunista político do Diarinho, o jornal que todo mundo lê, até quem diz que não. A missão do socadinho escriba é disseminar a discórdia, provocar o tumulto e causar o transtorno, para o bem da coletividade.
Compartilhe:

Deixe uma resposta