Home Colunistas Coluna do JC OSI lança workshop de licitações

OSI lança workshop de licitações

No “Café do Prefeito com as Entidades,” realizado na manhã de ontem, na InterSindical, o Observatório Social de Itajaí apresentou ações e fez o lançamento oficial do Workshop de Licitações, que será em parceria com o Senac nas noites de 20 e 21 de novembro.

Livre concorrência
O objetivo é estimular e capacitar as empresas de Itajaí a entrar no mercado, trazendo para as compras realizadas pelo município – que somam R$ 500 milhões ao ano – os benefícios da livre concorrência. Vale destacar que a Lei de Licitações concede alguns diferenciais para a participação das microempresas.

Economia
Depois do lançamento do Workshop, foi firmado convênio entre o OSI e a prefa de Itajaí, que prevê o compartilhamento de avançada tecnologia parceira do Observatório Social do Brasil, muito útil para promover economia às compras públicas.

Timaço
Na noite da ultima terça- feira o assunto na Marejada era a super mesa no Fish Garden ocupada por minha musa BBB, ex-vereadora, Anna Carolina (PSDB), e os vereadores, Fernando Pegorini (PP), Otto da farmácia (PRB), Nikolas Reis (PDT), Edson Lapa (PR), Rubens Angioletti (PSB), Robison Coelho (PSDB) juntamente com o publicitário Jean Sestren. Eles bebericavam um chopinho e trocavam ideias sobre a política peixeira. Time para endoidar adversários.

Coringando
Algumas mesas ao lado a turma do governo se contorcia, fazendo promessa para virar mosca e ouvir o que saía das mentes da oposição peixeira. O único figurão que teve a educação de se aproximar e cumprimentar todos os presentes foi o vice-prefeito Marcelo Saldré, ops, Sodré (PDT).

Quem perde
Os vereadores e lideranças políticas da city peixeira, no fim, são quem vendem a festa aos itajaienses. Quando são mal recebidos ou hostilizados, quem perde é Itajaí.

Diferença
Uma coisa é a divergência política, outra bem diferente é a educação e o respeito. A Marejada não é uma festa do governo, nem dos chegados a camarotes pra lá de chiquetosos. É preciso saber conviver com o contraditório, com a oposição. Faz bem para a democracia.

Estranho
No mesmo dia em que o vereador Eduardo Ki-Massa (PRP) foi condenado a perda do mandato pelo Tribunal Regional Eleitoral, o vereador Fabrício Marinho (PPS) indicou o mesmo para compor a CPI da Fundação Municipal de Esportes (FMEL).

Pizza
Fico aqui agarrado com meus botões tentando entender qual seria a verdadeira intenção de Fabricio Marinho ao indicar alguém com tantos problemas para resolver. Pois quando anunciado na sessão o nome de Ki-Massa para a CPI, já era de ampla divulgação sua condenação.

Credibilidade
Fora a questão legal, mesmo ainda restando algum recurso, fica esquisito indicar alguém condenado em duas instâncias para julgar qualquer outro mal feito.

JC
JC é colunista político do Diarinho, o jornal que todo mundo lê, até quem diz que não. A missão do socadinho escriba é disseminar a discórdia, provocar o tumulto e causar o transtorno, para o bem da coletividade.
Compartilhe: