Home Colunistas Coluna do JC Nos braços do povo

Nos braços do povo

Médico pediatra, o prefeito Volnei Morastoni (MDB) se sente muito bem na companhia das crianças. Os pequenos também se divertem com o mandachuva. No fim de semana, Volnei passou o maior tempão brincando com os pequerruchos no estande da secretaria de Educação. Após ter virado vovô, Volnei tem pensado ainda mais nas novas gerações

O sucesso da Volvo Ocean Race em Itajaí tem deixado o prefeito Volnei Morastoni (MDB) com a moral elevada no meio dos itajaienses. Por onde passa na Vila da Regata, o barbudinho recebe cumprimentos e até pedidos de fotos.
Médico pediatra, o prefeito Volnei Morastoni (MDB) se sente muito bem na companhia das crianças. Os pequenos também se divertem com o mandachuva. No fim de semana, Volnei passou o maior tempão brincando com os pequerruchos no estande da secretaria de Educação. Após ter virado vovô, Volnei tem pensado ainda mais nas novas gerações

Visita tudo
Volnei constantemente caminha por toda a vila, visita os estandes das equipes, áreas de gastronomia, feira de negócios e os espaços montados por algumas entidades e secretarias municipais.

Abacaxi
Nem tudo são flores, o prefeito ainda tem que resolver a brigaceira entre a secretária executiva Raquel Gastaldi e o coordenador de Planejamento estratégico, o forasteiro Alcides Volpato, contra o chefe de gabinete Manoel Rodrigues Conceição, o Nelinho.

Até na piramidal
O perrengue virou falação em toda a cidade e teve até vereador abrindo a boca pra dar pitaco. O tucano oposicionista Robison Martins, ops, Coelho, lascou que o prefeito acertou em trazer Nelinho para o governo, pois ele tem ajeitado as coisas, e que se for pra mexer, que seja na Raquel ou no Volpato. Pra fechar, disse ainda que se soltar Volpato sem a city peixeira, o petista vai se perder. Ai, ai, que dor!

Inferno na torre
Os perdigueiros lascam que o burgomestre VM vai resolver a avacalhação (será que será?) do gabinete e o Nelinho poderá trabalhar em paz. Os perdigueiros da coluna assopram que VM ajeitou as coisas e pacificou seu entorno. Espera-se que sim.Amém!

Emboscada
Corre pelos corredores da piramidal que o vereador tucano Robison Coelho teria armado um banzé, inclusive financiando camisetas, para expor negativamente o barbudinho Júnior vereador Thiago Morastoni (MDB) no seu retorno à câmara.

Agentes
Diante de uma força tarefa do governo e de vereadores da base que formaram uma comissão para finalizar o projeto de lei que dará a nova nomenclatura as agentes de atividade de educação…

Oportunista
Robison, de maneira oportunista, teria montado um grupo de emplumadas na Educação para usar o tempo que levam as decisões, como palanque para seu mandato.

Vai rolar
Como é público, dada à transparência das discussões, que vai rolar o cumprimento da promessa por parte do governo, o vereador tucano tem tensionado para capitalizar algo que não fez nenhum esforço para conquistar.

Não dava
É bom lembrar que, em 2016 em plena campanha eleitoral, os tucanos eram contra a mudança de nomenclatura e a então candidata, minha musa BBB, Anna Carolina, dizia que não ia fazer porque era inconstitucional. Agora, sabendo que vai acontecer, fica fácil fazer banzé. E, num é?

Água de poço
Perdigueiros da coluna assopram nos ouvidos deste socadinho escriba e temente ao altíssimo que o prefeito barbudinho e Marcelo Saldré, ainda negociam a substituição do chefão dos brizolistas no Semasa durante o período eleitoral.

Decisão
As negociações teriam como pauta decidir se Jorge de Andrade, braço direito de Sodré, ou Érico Laurentino, braço direito de VM, comandariam a autarquia até o retorno do bagrão que teria sido convidado para ocupar a cota de suplente de senador na coligação do PDT estadual das eleições deste ano.

Puxão!
O prefeito pop star da Dubai brasileira, Fabricio Oliveira (PSB), deu um puxão de orelhas na tropa de choque, digo, no alto escalão e no baixo clero, para que os abobrões e abobrinhas passem a defender o alcaide nas redes sociais.

Sem blindagem
Palco (redes sociais) aonde Fabricio vem sendo apedrejado, sem o escudo, digo, a blindagem política de seus secretários e dos apadrinhados, ops, indicados.

Na luta
Ainda sem unanimidade política e mesmo com a maioria na casa do povo, algumas substituições foram feitas pela mídia. A secretaria do Idoso, a Pink Cristina Barrichello, abriu o bocão antes mesmo do prefeito.

Quase…
Com sua manifestação, Pink acabou causando um tremendo mal estar no governo, substituindo Maraschim, o homem nota 10 e que já acumula 10 anos na mesma pasta…

Não apita mais
Outras substituições também ficaram na míngua, O engenheiro Edson Kratz que era tido como primeiro ministro, já não apita mais como antes e ainda pesa sobre ele, o rótulo de que é um profissional de excelência na iniciativa privada, mas não conseguiu a mesma dinâmica na atividade pública.

Oh, dor!
Um exemplo das dificuldades e cobranças pra cima de Kratz é o parque linear de Taquaras que não passou de uma ciclofaixa pintada na via, dizem as bocas de tramela.

Importante
É importante que o prefeito pop star, desgrude mais gente, porque faz tempo que muitas coisas não andam pela dificuldade de alguns nomes que passaram durepox na cadeira e, não se levantam pra fazer e acontecer. O que, também é difícil de entender é o prefeito demorar pra dar mexer no tabuleiro.

JC
JC é colunista político do Diarinho, o jornal que todo mundo lê, até quem diz que não. A missão do socadinho escriba é disseminar a discórdia, provocar o tumulto e causar o transtorno, para o bem da coletividade.
Compartilhe: