Mesa diretora

Prefeito pop star, Fabrício Oliveira, coordenou pessoalmente operação da virada de ano na Dubai

Os trabalhos na piramidal casa do povo recomeçaram em 2019 e nos bastidores o presidente Paulinho Amândio (PDT) tem recebido elogios até mesmo da oposição. Tem excelência excelentíssima que lasca nos bastidores que o Paulinho é o menos ruim na mesa. Que dor!

Composição
O problema, segundo as línguas-frouxas, é a composição que ele escolheu. Paulinho, segundo dizem, colocou ao seu lado na chefia da piramidal um verdadeiro “tripé de Aquiles”: o teacher Acácio da Rocha (PSDB), o Milrilho, ops, Murilo Pereira (PP), e a mulher da cachorrada, Renata Narcizo (SD).

Sem moral
Até os nobres edis do governo concordam que a composição da Mesa Diretora é uma furada. Dizem que Renata, que continua como segunda secretária, é pura queimação de filme depois que confessou em plena sessão que tem a filha empregada em cargo comissionado do município.

Mil cargos
Semelhante está o apóstolo que defendeu que o prefeito criasse mil cargos, vereador Murilo (vice-presidente), cujo slogan dos primeiros anos do mandato bem que poderia ser “Farinha pouca meu pirão primeiro”.

O pior
Mas o pior de todos seria o teacher Acácio, que dia sim e outro também acorda com medo da sentença final do processo que responde por supostamente ter tido um envolvimento amoroso com uma ex-aluna menor de idade.

Escolha
Dizem que na cara ninguém fala um pio, mas que por trás os comentários sobre a escolha do teacher Acácio são medonhos. Que coisa!

Namoro com o PDT
Falando no teacher, perdigueiros da coluna dizem que estão avançadas as conversas entre ele e a turma do PDT. Os perdigueiros assopram que parte dos seguidores brizolistas enxerga a negociata com nariz torcido.

Num pega bem
A preocupação, segundo dizem alguns insatisfeitos, é que simplesmente não pega bem a sigla que comanda a educação na city peixeira abrigar o vereador que responde ao processo por ter se envolvido com aluna menor de idade. Ai, ai, ai, que dor!

Resumo da virada
A Dubai brasileira deu espetáculo na virada de ano e teve a maior ocupação hoteleira dos últimos anos, segundo divulgado. E deu show porque se preparou, e não largou o osso.

Água
Enquanto muitas praias do nosso litoral sofrem com problema de abastecimento de água na alta temporada, a Dubai brasileira não apresentou problemas no abastecimento, mesmo com estiagem e com a explosão demográfica ocorrida nessa semana da virada de ano.

Entrega sem festerê
Na semana entre o Natal e o Ano Novo, em que nunca acontece nada na maioria das cidades, a Emasa botou em funcionamento novos filtros, uma mega caixa d’Água com capacidade de 3,5 milhões de litros, além de uma nova central de bombeamento de água. Sem fazer alarde, deram uma baita turbinada no sistema.

Contudo
Tá faltando por parte da Emasa uma campanha forte de conscientização à população pra economizar água. Descalabro é o que acontece em Bombinhas, onde inauguraram uma baita estação de captação com pompa e circunstância como a melhor do mundo e tá faltando água diariamente. E tem gente que acha que privatizar é a solução. A empresa que toca o sistema de Bombinhas, Penha e Camboriú pode ser chamada de tudo, menos de eficiente…

Segurança
O show de fogos do réveillon de Balneário Camboriú, um dos maiores e mais bonitos do Brasil, reuniu uma multidão que beirou um milhão de pessoas sem que algum grande problema de segurança tenha ocorrido, sinal de sucesso na coordenação das forças de segurança que atuam na cidade.

Limpeza
Mal acabado o show de fogos e a limpeza da praia já começou. A manhã do primeiro dia do ano encontrou a praia nos trinques. O próprio prefeito pop star Fabricio Oliveira acompanhou a limpeza na madrugada, assim como coordenou pessoalmente e de perto toda a operação montada para o período.

Saúde
Também a saúde teve uma atenção especial por parte do pop star. Um hospital de campanha foi montado de maneira inédita na Praça Tamandaré com equipes do município, Samu e Corpo de Bombeiros atendendo quem precisasse. Show de bola.

Pra finalizar
Sucesso não cai do céu. Nada é por acaso. Na Dubai brasileira houve organização, investimento e ação coordenada do poder público com as várias forças e entidades. Houve também a participação direta do prefeito pop star e de seus abobrões nas ações, o que é fundamental. Fica o bom exemplo.

Falta d’água
Com o calor batendo níveis estratosféricos, faltar água é algo totalmente impensado numa região que vive do turismo. É preciso cobrar e responsabilizar às concessionárias pelo desabastecimento. Afinal é preciso que se tenha capacidade de abastecer o mínimo possível, em momentos adversos como o que vivenciamos, com elevada estiagem e consequente baixa dos rios.

Cano seco
Além do calor que não permite lavar nem a sacaria, pipoca um catatau de denúncias que vão desde caminhões pipas buscando água em uma concessionaria de água da região; até caminhão pipa deixando de lado a população, mas abastecendo a rua onde mora um prefeito da região. Tudo isso, precisa ser oficialmente denunciado e apurado.

Será?
E a história de que proibiram lavação de jogar água em carangas sujas pra economizar o precioso líquido e outra lavação que segundo os linguarudos da língua seca tá lavando até bunda de siri, porque pertenceria a um assessor de vereador da Dubai? Arreda raça de infelizes, além de ficar sem beber água, ainda não vão para o céu!

Agora…
…não tem nada pra se fazer a não ser tentar atender da melhor forma possível os nativos e os turistas que vieram pra cá pra passar sede. Mas, de agora em diante, é preciso buscar uma solução pra enfrentar o verão e a estiagem. Não apenas com reservatórios pra atender a demanda, como buscar alternativas de captação. Cadê os sabichões pra resolver?

Peixinho nadando
O Partido Socialista Cristão (PSC) peixeiro trabalha nos bastidores pra ter um candidato a prefeito. Os perdigueiros da coluna contam que conversas estariam avançadas no intuito de que o vereador Bonzinho Edson Lapa (PR) fosse o nome. Lógico que todos sonham com a abertura da chamada janela pra pular o tambor.

Em primeiro lugar
A sigla que tem como lema o ser humano em primeiro lugar, também tem batido um papo de pertinho com os vereadores Marcelo Werner (PCdoB) e, Tristonho, ops, Tonho da Grade (PP), pra embarcar no projeto do PSC. Outros seis nomes estariam listados pra encarar a disputa eleitoral de 2020 rumo à piramidal. Todos, silenciosos, porque têm cargo no atual governo. Hummmm…

Ressurgir
Quem também pode embarcar na canoa do PSC é o vereador e ex-candidato a vice-prefeito, Maurílio Moraes, que foi rifado pelo partido Solidariedade e impedido de disputar a eleição pra deputado estadual, ano passado. Alguns sonham em uma chapa pura tendo Lapa como candidato a prefeito e Maurílio de vice.

Omar chegou
O novo presidente da casa do povo, Omar Tomalih (PSB), tem ido todos os dias ao legislativo. O assíduo leitor dos gibis da Mônica tomou posse do gabinete na quarta-feira e, além de fazer o reconhecimento do campinho, já teria tomado algumas medidas. Isso que o legislativo tá em reformas. Omar teve reunião a porta-fechadas com o jurídico e servidor efetivo antigo da casa.

Milho espalhado
Como ficou a situação dos carrinhos de milho que pertenceriam ao vereador Eliseu Pereira (MDB) da Dubai Brasileira? Eliseu teria sido perdoado da acusação de ter ‘mão boba’ no rolo com a vereadora pra mais de metro, Juliethe Nitz (PR). Teria siscapado, também, das socas de milho na praia mais desejada do sul do mundo.

JC
JC é colunista político do Diarinho, o jornal que todo mundo lê, até quem diz que não. A missão do socadinho escriba é disseminar a discórdia, provocar o tumulto e causar o transtorno, para o bem da coletividade.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com