Mãos à obra

Univali reforça laços com universidade italiana

O prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni (MDB), tem dividido sua agenda entre compromissos fora e dentro do gabinete. Recentemente, recebeu no auditório da prefa peixeira agentes comunitários de saúde e de combate a endemias pra tratar de melhorias pra categoria.

Melhorias
O barbudinho, que tá focado em analisar propostas de várias categorias de barnabés, se comprometeu também em analisar as reivindicações dos agentes da saúde. O objetivo do prefeito é, dentro do que a lei e as finanças permitem, valorizar o servidor pra que ele atenda cada vez melhor o povo peixeiro. É por aí mesmo que deve ser.

Valorização
Por falar em valorização, Volnei fez questão de premiar 179 profissionais da educação que se aposentaram nos últimos anos. São professores, zeladores, merendeiras e administradores que contribuíram pra educação dos pimpolhos da rede municipal de ensino. Um belo reconhecimento. Parabéns!

Licitações
O prefeito de Itajaí, também se reuniu com o pessoal do Observatório Social de Itajaí. A entidade apresentou um relatório das licitações públicas da city peixeira e se colocou à disposição da prefa pra auxiliar na lisura e celeridade desses processos.

Parceria
Volnei, prontamente, aceitou a ajuda e um termo de parceria entre prefeitura e observatório deve ser assinado nos próximos meses, com o objetivo de melhorar cada vez mais os processos licitatórios da cidade, priorizando a transparência, modernização e a rapidez dos procedimentos.

Pracabá!
O radialista Wilson Lima, da Band FM, revelou, ontem, que o Semasa fez uma queixa-crime contra a secretaria de Obras da city peixeira. Tudo porque a empresa contratada para regar as plantas teria ‘pego’ água pra cumprir sua função. Não dá pra acreditar que estejam se digladiando no próprio governo. Quem acaba sendo prejudicada é a cidade como um todo.

Pediu pra sair
O secretário de Obras, vereador licenciado, presidente do Democratas peixeiro, Dedé Gonçalves, que anda trabalhando adoidado, protocolou seu pedido de exoneração no dia de ontem. Fica difícil manter esse ritmo pesado de trabalho/resultado sendo açoitado dentro do próprio governo pelo grupo no Semasa. Uma lástima!

Quebrar tudo
O prefeito barbudinho Volnei Morastoni (MDB) tem que chamar todo mundo, trancar dentro de uma sala e quebrar tudo. O que tá parecendo é briga de egos, de interesses políticos-eleitorais. Não tem outra explicação. No caso da água, não se concorda que se pegue água potável pra regar, mas uma notificação seria o correto. Queixa crime?!

PL se agitando
O PL vai ganhar um reforço na região da Amfri. O deputado estadual, Ivan Naatz, tá só aguardando uma decisão judicial para deixar o PV, após ação movida por ele por perseguição política dos verdolengos. Naatz já vem tratando da filiação no PL com o senador Jorginho Mello e o deputado tem tudo para comandar o partido na região já para a eleição municipal de 2020.

Plá com o Goetten
Na segunda (18), Naatz se reuniu com o vice-presidente estadual do PL, Jorge Goetten, justamente para começar a montar o tabuleiro político de 2020, principalmente em Penha, onde o deputado tem casa e tá querendo participar do jogo político, mas não como candidato, apenas como coordenador do processo do PL.

Univali internacional
O reitor da Univali, Valdir Cechinel Filho, e o diretor de internacionalização da instituição, Paulo Márcio Cruz, viajaram para a cidade de Perugia, na Itália, e voltam pra terrinha com o sorriso na orelha. É que eles foram recebidos com pompa e circunstância pelo recém-eleito reitor da universidade do país da bota, Maurizio Oliviero que, além de professor lá, também é professor aqui.

Mais antigo
É que o convênio da Univali com a Unipeg é o mais antigo, e completa 20 anos com dezenas de mestres e doutores já diplomados pelas duas universidades na área do Direito. E como a universidade italiana é pra lá de renomada, foi criada em 1308 pelo próprio Papa da época, a parceria dá uma moral danada pra nossa universidade.

Útil ao agradável
Quem aproveitou a oportunidade para, além de estudar, fazer um plá institucional entre as cidades sedes das duas instituições, foi o vereador futebolista e CDF, Níkolas Reis (Podemos), que juntamente com o reitor Cechinel foi recebido pelo presidente do Consiglio Comunale (ã!?) de Perugia, o mesmo que o presidente da piramidal daqui. Na pauta as semelhanças das citys e a possibilidade de intercâmbios, sobretudo culturais. (A coluna já tinha adiantado que Níkolas foi pra lá com a grana do próprio bolso).

Música
É que Perugia é sede de um dos maiores festivais de música do mundo, o Úmbria Jazz Festival, que acontece todo ano. Já a city peixeira já se consolidou nacionalmente com o Festival de Música. Ambos os edis se comprometeram em aproximar os festivais para que as cidades fiquem ainda mais próximas, para além das questões acadêmicas.

Dupla titulação
O bacana é que tudo isso foi notícia nos sites oficiais tanto da prefa como da universidade, e Itajaí foi bem vista lá fora. De concreto, vários convênios que vão permitir outras duplas titulações (que é o cara ter diploma pelas duas universidades), e que agora vão atingir também a graduação. Devagarzinho vai caminhando bem nossa querida Univali.

Se pegaram
Os vereadores Vanderlei capivara, ops, Dalmolin (MDB), e o seu colega de parlamento, o teacher Acácio papa anjo, ops, da Rocha (DEM), esquentaram a sessão de terça-feira na piramidal casa do povo. Acácio reclamou que não consegue falar com o prefeito e sugeriu que o burgomestre fizesse a limpa na escola Melvin Jones, em Cordeiros, alegando que falta gestão.

Ficou p da cara
Dalmolin endoidou com a fala de Acácio. Lascou que as coisas não iam ‘por causa dessa pessoa”, se referindo a Acácio, dizendo ainda que ele pulava o muro e que forjava o ponto, pagando pra que assinassem por ele. Afirmou que na próxima sessão (hoje), iriam trazer as provas das suas acusações. Ai, ai, ai que dor!

Zinho…
O atucanado ex-tudo, Leonel Pavan (PSDB), e o líder do governo na casa do povo da Dubai brasileira, Gelson Rodrigues (PSB), voltaram a se pegar, ontem. Tudo por conta do centro de Eventos. Foi uma saraivada de sopapos de ambas as partes. Pavan chamou Gelson de “vereadorzinho” e o vereador nominou Pavan de ‘Coronelzinho”. Oh dor!

JC
JC é colunista político do Diarinho, o jornal que todo mundo lê, até quem diz que não. A missão do socadinho escriba é disseminar a discórdia, provocar o tumulto e causar o transtorno, para o bem da coletividade.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com