Aprovado

Nas duas últimas sessões da piramidal casa do povo da city peixeira, que aconteceram respectivamente na quinta e sexta-feira pela manhã, foi votado o projeto de autorização legislativa para que o executivo contraia dívida internacional de 62,5 milhões de dólares para investimentos em mobilidade.

InovAmfri está atraindo importantes parcerias para a região e faz conexão com a economia global, na opinião de Paulinho Bornhausen

Queda de braço
A oposição, que parecia perdida, tentou de todas as formas obstruir a votação. Tanto que tiveram que marcar uma sessão extraordinária para a manhã de sexta-feira. Ninguém se entendia e a coisa descambou para o campo pessoal.

Pra todo o lado
Vereadores de oposição, liderados por Fernando Pegorini (PP), resolveram cair para o campo econômico, pareciam a Miriam Leitão, lidando com números diferentes uns dos outros, nem a conta deles fechava, imagina se a situação também resolvesse discutir.

Faltou foco
Como os vereadores governistas são praticamente botões de sim do governo, a oposição ficou se batendo sozinha em vários questionamentos e tentando emplacar emendas de última hora, menos no mais importante: quais obras serão erguidas e a quem beneficiam? Ninguém respondeu.

Boiando
Acabou que o povão não entendeu nada do que está acontecendo, apenas ficou claro que o governo está tomando emprestada uma puta grana do Evo Morales, da Bolívia, para fazer obras.

Deu de relho
Com a oposição apática e pouco resolvida, os governistas, mais uma vez, deram de relho e aprovaram com folga o cheque em branco para o prefeito barbudinho, Volnei Morastoni (MDB), ir pra galera transformando a cidade em um canteiro de obras.

Perderam o bonde
Se a coisa deslanchar como promete o projeto executivo, a oposição ficará em maus lençóis, pois votou contra e ainda ameaça entrar na dona justa por pura birra pessoal e ansiedade eleitoral.

Deram um norte
Quem correu atrás pra que o projeto fosse aprovado foi o Chefe de Gabinete, Manoel Rodrigues Conceição, o Nelinho, e o líder do governo na piramidal, Rubens Pacheco, o Rolando Lero (PPS).

Negócio milionário
A empresa Decora de Floripa, uma startup, foi comprada pelo grupo americano CreativeDrive por 100 milhões de dólares. A Decora foi uma das empresas que participaram do programa de internacionalização desenvolvido quando Paulinho Bornhausen estava na secretaria estadual de Desenvolvimento.

Dimensão
Isso, quando Paulinho esteve à frente da secretaria de Desenvolvimento, numa parceria com o Sebrae. Negócios como este dão a dimensão do desenvolvimento econômico proporcionado por empresas de tecnologia e inovação.

Visão
Para Paulinho Bornhausen, esta é a visão e este será o destino do InovAmfri, um projeto conectado com o que está acontecendo no mundo, que atrai parcerias de peso e que trará grande impulso à economia da nossa região.

Setor portuário
O prefeito barbudinho, Volnei Morastoni, segue aproveitando a viagem a Auckland, na Nova Zelândia, pra trazer novidades, melhorias e conhecimento. Na manhã de sexta-feira, VM visitou o porto de Auckland, que tem mais do dobro do nosso terminal.

Griteiro
Moradores das praias agrestes da Maravilha do Atlântico vão fazer uma passeata, às 16h de hoje, na rodovia Rodesindo Pavan, no Estaleiro. Num movimento Força Interpraias.

Acordarem
O intuito é reivindicar atenção da prefa dos altos da Dinamarca pra questão da falta de água tratada, rede de esgoto, entre outras situações. Estão certíssimos.

Tecnologia
Volnei foi recebido por autoridades portuárias e pôde ver de perto o avanço tecnológico existente hoje na operação de cargas do terminal da Oceania, com a intenção de trazer novidades pra city peixeira.

Sem filas
Um dos fatos que chamou bastante a atenção do prefeito de Itajaí foi a eficiência aplicada pra entrada e saída de caminhões de contêineres em Auckland, sem qualquer tipo de fila.

Repassar
Será importante Volnei repassar essa logística ao pessoal do porto e da APM Terminals, pra acabar com as filas dos grandões na city peixeira, que começaram a rolar após a recuperação do nosso terminal.

Meio ambiente
Volnei ainda aproveitou o dia pra, junto do superintendente da Famai, Victor Silvestre, firmar um protocolo de intenções pra city peixeira fazer parte da campanha mundial Mares Limpos, da Organização das Nações Unidas (ONU). A assinatura deve rolar durante a etapa da Volvo em Itajaí.

Em prol do povo
O procurador-geral da piramidal casa do povo, Ronaldo Camargo, trouxe a notícia da capital manezinha que o Ministério do Trabalho autorizou convênio para confecção de carteiras de trabalho através do Balcão Cidadão. Um pedido antigo, que vai facilitar muito a vida da comunidade.

JC
JC é colunista político do Diarinho, o jornal que todo mundo lê, até quem diz que não. A missão do socadinho escriba é disseminar a discórdia, provocar o tumulto e causar o transtorno, para o bem da coletividade.
Compartilhe: