Home Colunistas Coluna do Janio Vitória sofrida, mas importante

Vitória sofrida, mas importante

O Marcílio Dias fez no último domingo a sua pior partida no Campeonato Catarinense da Série B. Mesmo dominado durante boa parte do jogo, o Marinheiro venceu o Barra por 1 a 0 e segue brigando pelo título do turno com o Camboriú. Apesar dos três pontos fundamentais, a atuação da equipe e as escolhas do técnico Renê Marques precisam ser revistas para o jogo da próxima quinta-feira, contra o Juventus, em Jaraguá do Sul. Depois de quatro partidas atuando no 4-3-3, Renê optou por começar a partida com mais um jogador de meio de campo na vaga do atacante Abner, suspenso, mexendo na formação do time depois de duas boas atuações contra Guarani e BEC. O resultado dessa mexida desnecessária foi visto dentro de campo. Com Wilson Júnior no banco e Léo Ávila e Ayrton em mais uma atuação abaixo do esperado, o Marcílio não conseguiu ter posse de bola e ameaçar o adversário. Mais que isso, foi sufocado pelo Pescador. Muito bem armado pelo técnico Fábio Sanhudo, o Barra só não saiu com a vitória de Itajaí pela competência do goleiro Rafael Kahn aliada a sorte que sorriu apenas para o lado rubro-anil. Pelo volume de jogo e situações claras de gol criadas, nem o empate seria o resultado mais justo. Considero Renê um bom e promissor treinador, mas não pode repetir os erros que cometeu principalmente na Série A em que comandou o Barroso, em 2017, fazendo improvisações e mudanças táticas em momentos errados do campeonato.

Resultado injusto em Camboriú

O final de semana foi mesmo de resultados injustos na Série B do Catarinense. No sábado o Almirante Barroso visitou o Camboriú e acabou derrotado por 2 a 1, mesmo tendo maior volume de jogo e as melhores chances de marcar. O alviverde dominou principalmente o segundo tempo, quando pecou na hora de finalizar. O castigo veio aos 44 minutos em mais um erro, dessa vez defensivo. Vitor Hugo fez uma falta desnecessária em frente a área do Barroso, recebendo inclusive o segundo amarelo e sendo expulso de campo. Tiago Pará cobrou com maestria e fez o gol da vitória da equipe de Mauro Ovelha, que lidera a competição com 13 pontos. A Cambura, mais uma vez, não teve uma boa atuação, mas tem jogadores com capacidade de decidir a partida em um lance. Ovelha, como técnico experiente e vencedor que é, sabe que isso em uma Série B de estadual isso é fundamental.

Disputa polarizada

Como já prevíamos desde o início do campeonato, Marcílio e Camboriú despontam com os principais candidatos ao acesso. Apesar de atuações não muito convincentes até agora, são os melhores elencos e isso está fazendo a diferença. Não acredito que o Fluminense vá acompanhar o ritmo dos dois na briga pelo título do turno. Já o Barroso ainda tem remotas chances no turno, mas tem tudo para pontuar bem na reta final desta fase e se manter no G4 da classificação geral.

Coluna do Janio
Coordenador de esportes da Rádio Univali na empresa Universidade do Vale do Itajaí.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com