Home Colunistas Coluna do Janio Vitória incontestável!

Vitória incontestável!

Vitória incontestável!
O Marcílio Dias voltou a ser aquele time do primeiro turno do Campeonato Catarinense no sábado. Jogando contra o Joinville na Arena, o Marinheiro não se intimidou, dominou boa parte do jogo e poderia ter voltado do Norte do Estado com um placar ainda melhor. Taticamente muito bem organizado, o Marcílio, dessa vez, contou com a sorte – que tanto faltou nos últimos seis jogos – para fazer um gol logo aos dois minutos. A partir daí, o JEC pouco ameaçou ao longo da partida, salvo duas chances claras de gol, uma na trave e outra que Luiz Renan salvou embaixo do gol.
O técnico Waguinho Dias, que vinha errando em algumas substituições em jogos anteriores, voltou a ser cirúrgico nas alterações e, no momento certo, modificou a forma de jogar da equipe para retomar o controle da partida no segundo tempo. Até mesmo a arbitragem, muito contestada nos últimos jogos do Marcílio, fez um bom trabalho, não interferindo no resultado da partida. Mesmo jovem, o árbitro Gustavo Bauermann conduziu bem o jogo. Pendeu algumas decisões para o time da casa, mas nada de tão grave como vimos ao longo da competição.

Parabéns ao torcedor!
O torcedor marcilista fez diferença ao longo da semana e no sábado. Como escrevi na última coluna, o momento não era de cobrar ou criticar os jogadores, que vinham em uma fase ruim, mas sim de dar apoio ao time. E o que se viu nas redes sociais e na Arena Joinville foi justamente isso. A torcida depositou sua confiança na equipe, foi até Joinville, cantou mais que a torcida da casa, e saiu de lá feliz da vida. A volta pra casa teve foguetório e passeata, mostrando pros atletas que o marcilista jamais abandona o rubro-anil. Nessa quarta-feira, contra o Hercílio Luz, haverá a grande recepção ao ônibus da equipe na avenida Marcos Konder, antes da partida. É o momento do torcedor comparecer, cantar e vibrar com mais uma bela festa, que entrará para a história do clube. Esse será o último jogo em casa do Marcílio nesse Catarinense e certamente o Gigantão das Avenidas estará lotado. Independente do resultado do jogo, o Marcílio chegará vivo na última rodada, mas pode se classificar já nessa quarta, caso Brusque e Criciúma não vençam e o Marinheiro faça o dever de casa.

Olho no Tigre
O principal concorrente do Marcílio para as semifinais é o Criciúma. Beneficiado com um erro bisonho da zaga do Metrô, que entregou o gol da vitória do Tigre por 1 a 0 no domingo, o time do Sul do Estado é o quinto colocado, dois pontos abaixo do Marcílio. O problema é que se o Criciúma vencer os dois jogos que restam, o Marinheiro também terá que fazer o mesmo. Caso o Marcílio some quatro pontos em duas partidas e termine empatado em pontos com o Tigre, o tricolor terá uma vitória a mais e por isso ficará com a classificação.

Coluna do Janio
Coordenador de esportes da Rádio Univali na empresa Universidade do Vale do Itajaí.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com