Home Colunistas Coluna do Janio Marinheiro x Master Marcilista

Marinheiro x Master Marcilista

O Marcílio Dias escolheu uma maneira diferente de promover uma confraternização de fim de ano. No próximo sábado, às 10h, no Gigantão das Avenidas, o rubro-anil promove o jogo dos sócios do clube contra um time de ex-atletas, que terá nomes como Gelson Silva, Jairo Lenzi, Biro Biro, Teco e Giovani. Para participar, o sócio precisa estar em dia com sua mensalidade e fazer a inscrição na secretaria do clube até sexta-feira, pessoalmente ou pelo telefone 3346-5575. Após o jogo haverá um almoço para todos os participantes. Apesar do pouco tempo de divulgação, a tendência é que um bom número de sócios participe. Mesmo quem não é apto para jogar pode ir lá prestigiar e rever alguns ídolos do passado.

Desconto no Jogo das Estrelas
Outra vantagem para os sócios ativos do Marcílio Dias é o desconto no ingresso para o Jogo das Estrelas, que ocorre no dia 27 de dezembro, também no Dr. Hercílio Luz. O sócio que quiser ver em ação Robinho, Weverton e André Santos, paga R$ 20 apresentando sua carteirinha na loja Convés do Marinheiro. A promoção é válida para a venda antecipada e o valor normal do ingresso é de R$ 30. Quem não é sócio do Marinheiro pode se informar sobre as vendas no site www.ingressonacional.com.br.

Tendência nacional
A tendência é que os sócios-torcedores do Marcílio Dias voltem a ser valorizados na nova gestão. Até porque o vice-presidente, Mauro Pereira, é um empresário bem sucedido do ramo, atuando com o programa de sócio-torcedor em mais de 40 clubes no Brasil através do Torcedor de Vantagens. O primeiro passo deve ser o lançamento de um plano com valor mais em conta, para aqueles torcedores que querem contribuir com o clube sem pesar no seu orçamento familiar. Ações exclusivas para sócios são tendência no futebol nacional e os eventos de dezembro já são uma mostra de que esta política deve ser adotada no Marinheiro.

Sócio na hora boa e na hora ruim
Infelizmente ainda há a cultura de se associar apenas quando o Marcílio Dias está jogando a Série A do Catarinense. Depois que o time é eliminado, muita gente para de pagar o plano de sócio com a desculpa de que não tem mais jogos para assistir. Ou seja, estão interessados mesmo é no desconto para entrar no estádio, e não em dar uma base financeira para o clube o ano inteiro. Mesmo que o futebol profissional não esteja em atividade, o Marcílio Dias funciona 12 meses por ano, com funcionários administrativos, categorias de base, reformas e manutenção do seu patrimônio. 

Coluna do Janio
Coordenador de esportes da Rádio Univali na empresa Universidade do Vale do Itajaí.
Compartilhe:

Deixe uma resposta