Home Colunistas Coluna do Janio Decepção no Gigantão

Decepção no Gigantão

Decepção no Gigantão
O Marcílio Dias fez a sua pior partida em casa nesse Catarinense e apenas empatou sem gols com o Atlético Tubarão, lanterna da competição. O Marinheiro entrou com uma atitude muito diferente das partidas anteriores, quando pressionou o adversário até marcar o seu gol, ainda na primeira etapa. Contra o Peixe o Marcílio começou lento e desligado, errando muitos passes e sem criar jogadas de perigo. Na etapa final, o Marinheiro até esboçou uma melhora, chegou mais vezes à área do Tubarão, mas ainda assim com pouca efetividade na hora de finalizar. Já o visitante veio em busca do empate e conseguiu, bem postado na defesa, e explorando os contra-ataques. Apesar de bem armado taticamente pelo técnico Pingo, o time do sul do Estado é bem inferior tecnicamente. Se tivesse colocado mais atitude desde o início, certamente o rubro-anil sairia com mais uma vitória do Gigantão e terminaria a rodada junto com o Brusque na ponta da tabela. Como castigo, o Marcílio caiu para a terceira posição e, nesse momento, enfrentaria o Criciúma nas quartas de final. Em uma eventual semifinal, perderia também o direito de decidir em Itajaí caso o adversário fosse o segundo colocado, que nesse momento é o Avaí.

Não deu certo
Há algum tempo esse colunista e parte da torcida vem pedindo a entrada de Guilherme Pitty como titular, mas o camisa 10 não aproveitou a oportunidade que teve no domingo. Muito lento e errando quase todos os passes, Pitty quebrou a dinâmica de jogo do Marcílio Dias e saiu no segundo tempo após sentir um problema muscular. Com Nathan Ferreira novamente pelo meio, o Marinheiro melhorou e conseguiu criar mais jogadas ofensivas, tendo em vista que o jogador já está bem adaptado ao esquema e tem a característica de acelerar mais o jogo. Pra próxima rodada Nathan está suspenso e Pitty pode ter mais uma oportunidade. Qualidade ele tem, mas faltou entrar mais ligado na partida, assim como a equipe de um modo geral.

Tudo aberto
A última rodada será decisiva para definir todo o chaveamento do mata-mata desse Catarinense. Já garantido no G4, o Marcílio pode terminar tanto em primeiro, quanto em quarto nessa fase. O mais importante é ir a Jaraguá do Sul e fazer a sua parte, vencendo o Juventus e ficando no mínimo em terceiro. Se Brusque ou Avaí perderem, o Marcílio pode subir uma ou até duas posições. O Brusque visita o Figueira, que ainda precisa de pontos para garantir o quarto lugar, enquanto o Avaí vai a Concórdia encarar o desesperado Galo, que luta por uma vaga nas quartas e contra o rebaixamento. Ou seja, tudo pode acontecer.

Torça com a gente
Todas as emoções dessa rodada decisiva e do jogo do Marinheiro você acompanha com a equipe Show de Bola, a partir das 15h30 de domingo, na rádio Univali FM (94,9) e na Web Catarina.

Coluna do Janio
Coordenador de esportes da Rádio Univali na empresa Universidade do Vale do Itajaí.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com