Sobre a UPA I

Sobre a UPA I
Fui convidado pela secretária de Saúde, Andressa Haddad, para uma conversa. Ela queria esclarecer sobre a UPA das Nações. Mostrou todo o processo desde que o prefeito Fabrício Oliveira assumiu e só uma constatação de tudo o que vi: que o ex-prefeito ERD e seus diretores deveriam todos estar, senão em cana, respondendo a processo criminal. É impressionante a negligência com a coisa pública, uma característica do governo de ERD. A UPA é só mais um exemplo.

Sobre a UPA II
Depois de tudo que vi indaguei porque não foi tornado público lá atrás, em 2017, quando foi feito todo o levantamento a respeito do prédio da UPA. A resposta foi “que o prefeito não quis”. Então, agora, Fabrício, aguenta no lombo as críticas. Incrível como político gosta de proteger político, mesmo que adversário.

Sobre a UPA III
Sobre o fato de Andressa ser cargo de confiança no governo ERD, ela jura de pé junto que não sabia de nada a respeito da UPA. Que na época não havia espírito de equipe. Era tudo fechado entre os que comandavam a secretaria, por isso pediu para sair.

Sobre a UPA IV
O promotor de justiça, Rosan da Rocha, por sua vez, disse que o prédio da UPA está sob investigação do MP. O prédio está repleto de irregularidades e por ter envolvido dinheiro federal, o processo será encaminhado para o MPF.

Sobre a UPA V
“Estou tentando uma solução para que ela – a UPA – possa funcionar como outra unidade de saúde, com o compromisso do município em fazer outra naquele bairro e responsabilizar criminal e civilmente as pessoas, autoridades que contrataram, executaram, fiscalizaram e receberam a unidade daquela forma”. Disse tudo o promotor.

Mais
Indagado sobre o PA da Barra e o Dona Ruth, o promotor disse que tanto um quanto outro encontram-se cheios de irregularidades, desde que foram abertos ao público. Mas ressaltou que “se houvesse pedido o fechamento e a justiça concedido, seria o caos”. Então, são feitas as recomendações necessárias para que as irregularidades sejam sanadas.

PA
Um dos avanços pode ser o PA da Barra que deve deixar de ser um puxadinho de uma garagem de lanchas. A prefeitura está analisando três terrenos. Portanto, o PA da Barra está com seus dias contados. Já era a hora.

Tá foda
Depois que publiquei a foto dos carros sobre a calçada em frente à delegacia Regional encontrei o secretário de Segurança, Gabriel Castanheira. Ele afirmou que a GM está multando os carros lá estacionados. Como é todo dia a mesma coisa, com o passeio cheio de carros, concluo que os proprietários dos veículos gostam de ser multados. SQN!

Confirmado!! 1
Conforme escrevi aqui, o presidente da Emasa pediria para sair. E pediu. Alegou não concordar com o uso da grana da Emasa pela prefeitura. Na verdade, foi jogo de cena, tudo combinado, não sei entre quem, porque a prefeitura já vinha utilizando a grana desde o ano passado sem qualquer contrariedade.

Confirmado!! 2
Na mesma data que afirmei que o presidente pediria o boné também escrevi que uma equipe de auditores da Controladoria entraria na autarquia para investigar algumas ações, inclusive um contrato sem licitação firmado para uma consultoria no início do ano. Realmente os auditores foram convocados a frequentar o prédio da Emasa.

Usshhh!!
Quando o presidente da Emasa pediu o boné, o tal consultor contratado, sem licitação, from Joinville, meteu a boca no governo em seu perfil no Facebook dizendo que rompeu o contrato com a prefeitura por não concordar com algumas cositas. Consultei o pessoal da Controladoria e fui informado que realmente o consultor rompeu antes que a prefeitura rompesse, o que já estava praticamente certo para acontecer.

Na mão de Beber
De acordo com a controladoria, o objetivo é pegar a grana paga ao consultor de volta, judicialmente, e isso vai depender da boa vontade do braço direito, faz tudo do prefeito Fabrício Oliveira, Douglas Beber, anunciado presidente da Emasa.

Aliás…
… com a nomeação de Beber para a Emasa, quem o substituirá no tal comitê financeiro que faz o big brother das ações dos secretários?

Agora vai
Com o poder cada vez mais desgastado dentro da prefeitura, o PR parece que vai mesmo emplacar o novo secretário dos Idosos. Trata-se de Mariana Dalvesco que deixa o esporte para Christina poder assumir a Inclusão Social.

Coluna do Bola
É editor da revista Photos e Imagens e já assinou a coluna Canard, do jornal Página 3.
Compartilhe:

Deixe uma resposta