Home Colunistas Coluna do Cláudio Humberto “Quem inventou o ‘nós e eles’ foi o PT”

“Quem inventou o ‘nós e eles’ foi o PT”

“Quem inventou o ‘nós e eles’ foi o PT”

Cláudio Humberto

FHC ao jornal português Diário de Notícias, 
em permanente ‘morde-e-assopra’

Bivar enfrentará Maia pela presidência da Câmara
Eleito deputado federal com mais de 117 mil votos, o pernambucano Luciano Bivar, 73, fundador do PSL, deve disputar a presidência da Câmara. Ele vai enfrentar Rodrigo Maia, que renovou o mandato com 74 mil votos, pelo DEM do Rio de Janeiro, e pretende continuar presidindo a Câmara dos Deputados. Bivar é um dos mais experientes entre os 52 deputados federais eleitos pelo PSL de Jair Bolsonaro.

Maia será rival
Ao ser eleito presidente da Câmara, Rodrigo Maia teve apoio do governo Temer e do PT. Para se reeleger, tenta novo apoio petista.

Nome aceitável
A candidatura de Luciano Bivar à presidência da Câmara tem sido bem recebida por dirigentes partidários, afirmam os seus apoiantes.

PT também quer
Petistas garantem que o partido não abrirá mão de candidatura própria à presidente da Câmara. Isso pode inviabilizar a pretensão de Maia.

Imposto único
Empresário e escritor, Bivar presidiu o PSL por 20 anos, de 1998 a 2018, e como deputado defendeu a adoção do imposto único no país.

Presidente se diverte
O presidente Michel Temer está se divertindo com os memes que circulam sob a hashtag “Fica, Temer” nas redes sociais. Ele ri muito com as mensagens, algumas bastante criativas. Temer soltou uma gargalhada ao ler, por exemplo, um comentário que se seguiu a postagem de Iago Santos sobre uma foto dele: “Oi, sumido.” A brincadeira viralizou: “Lindo, eu não quero te perder. Ficaaaa!”, pede Lopes, prometendo textos diários em agradecimento ao governo.

Pai é pai
O internauta Veberson Domingues disse que “hoje percebo que você fez tudo por amor. Pai é pai. #FicaTemer”.

#FicaTemer
Bem-humorada, Mirelly Silva disse no Facebook que “quando digo que não quero mais você é porque eu te quero #FicaTemer”.

Até isso
Sarah Beatriz até se ofereceu para ajuda pessoal. “Fica, Temer. Eu prometo ajudar a cuidar do Michelzinho aos finais de semana”.

Palanque vigiado
Profissionais que atuam na campanha presidencial do PT já desistiram de reclamar, mas continua o climão provocado pela atitude da mulher do candidato, Ana Estela Haddad. Ela sempre dá um jeito de ficar entre o maridão e a vice, nos atos de campanha. O motivo é um mistério.

#EleSim?
Pesquisa FSB revelou que, entre as mulheres, chega a 57,3% dos votos válidos a preferência por Jair Bolsonaro (PSL), enquanto Haddad (PT) tem 42,7%. A pesquisa foi registrada no TSE: nº BR-07950/18.

Palanque, não
O Sebrae cancelou o “Diálogo com os Presidenciáveis”, nesta terça (16). Impedido pelos médicos, Jair Bolsonaro não compareceria. E o Sebrae não deixaria o evento se transformar em ato pró-PT.

Vale lembrar
Indiciado pela Polícia Federal por estelionato e organização criminosa, por atos à frente da BRF, Abílio Diniz foi substituído nesse emprego pelo ex-presidente da Petrobras Pedro Parente.

Bomba relógio
O presidente paraguaio Mario Benítez criou um comitê para reavaliar a demanda energia do país e o uso de Itaipu, onde seu país não entrou com um centavo sequer. E o Brasil ainda compra 90% de sua energia.

Torcida por trabalho
Senadores e deputados federais se reúnem na primeira sessão do Congresso após o primeiro turno, nesta quarta (17). A ideia é apreciar 16 vetos presidenciais, mas a falta de hábito pode atrapalhar.

Cumprindo tabela
Parlamentares reeleitos têm dito que a eleição presidencial, neste segundo turno, é uma “eleição pro forma”. Ou seja, só para cumprir tabela, mera formalidade. O resultado já está bem definido, avaliam.

Pensando bem…
…para a campanha de Bolsonaro, horário eleitoral gratuito mesmo é o noticiário policial.

PODER SEM PUDOR
Comida aos cães
Oswaldo Trigueiro de Albuquerque Melo ficou morto de vergonha ao ver, pela manhã, a mesa arrumada para o jantar em sua homenagem, que deveria ter sido realizado na noite anterior. Governador da Paraíba nos anos 1950, ele não conseguiu chegar a tempo a Itaporanga. Pediu desculpas ao prefeito, Abraão Diniz, mas não adiantou. Diniz respondeu sem nem olhar para ele, segundo relato do jornalista paraibano Heraldo Nóbrega:
– Tem nada não, governador, eu vou dar a comida aos cachorros. Afinal de contas, é tudo a mesma coisa…

Com André Brito e Tiago Vasconcelos
www.diariodopoder.com.br

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com