Home Colunistas Canal 1 TVs tomam posição contra exageros no mercado dos direitos esportivos

TVs tomam posição contra exageros no mercado dos direitos esportivos

TV Tudo!

O ano do futebol brasileiro termina domingo, mas deixa pontos de discussão importantes, principalmente no aspecto dos direitos esportivos.
Muita coisa mudou neste 2018 que vai chegando ao fim. Quem poderia imaginar que a Globo, diante de preços e condições apresentados, viria a desistir das transmissões da Liga dos Campeões?
Pois bem, ela desistiu e nenhuma outra grande rede de televisão brasileira se aventurou a comprar, apesar de todo o prestígio do torneio.
A UEFA, acostumada a sempre se colocar como dona e senhora da situação, com toda certeza acusou o golpe.
E nesta mesma temporada, situação semelhante veio a se repetir, agora no caso da Sul-Americana.
Os detentores dos direitos, ou os intermediários que adquiriram estes direitos da Conmebol, não conseguiram negociar a sua transmissão com nenhuma televisão brasileira, aberta ou fechada.
Foi-se o tempo em que, para tais eventos, bastava colocar preço que as emissoras abraçavam. O mercado passou a trabalhar com maior responsabilidade, pés no chão, numa clara demonstração que o mundo mudou. Ou todos se enquadram dentro de uma realidade possível ou tais linhas de negociação dificilmente serão restabelecidas.

Caminhão de mudança
A informação oficial é que, por força da necessidade de expansão, algumas empresas ou mais diretamente aquelas que têm apenas Johnny Saad como dono, irão deixar em breve os lugares que ocupam na sede principal da Rede Bandeirantes em São Paulo.
Serão transferidas para outros locais.

E mais…
Vale salientar que tais empresas, as que pertencem só ao Johnny, estão sob o guarda-chuva da Newco.
Entre elas, os canais BandSports, Terra Viva, Arte 1 e Sexy Privê. Só não existem informações ainda sobre o destino de cada uma delas.

Correndo atrás
A direção da Rede TV!, e por aí se entenda Franz Vacek, do Jornalismo e Esporte, continua tentando negociar a compra de um outro campeonato de futebol europeu. O que se observa é que, com a colaboração do departamento comercial, existe uma certa pressa em resolver este assunto.

Relação de ódio
Em “O Sétimo Guardião”, o “caso” envolvendo Junior e Adamastor, José Loreto e Theodoro Cochrane, por enquanto é apenas de ódio.
O filho do prefeito é homofóbico e sempre implica com o fiel escudeiro de Ondina (Ana Beatriz Nogueira) – e este jura que não é gay. Assim será ainda por muitos capítulos.

SBT foi às compras
Com a devida autorização de Silvio Santos, o SBT acaba de adquirir um novo pacote de filmes.
A quantidade de títulos não é revelada, mas há o desejo de iniciar essa programação a partir de março. Negócio fechado junto a um distribuidor independente.

Despedida
Fábio Porchat teve uma quarta-feira de muito trabalho na sua despedida da Record. Depois das entrevistas com Jô Soares e o grupo Titãs, ele gravou mais um programa, este sim, de encerramento, para ir ao ar no dia 20 de dezembro. E, tendo como convidados, Paulo Vieira e Fabiano Cambota, vocalista da banda Pedra Letícia.

Recuerdos
Com os dois, Paulo Vieira e Cambota no sofá, Porchat relembrou alguns dos grandes momentos do programa.
Entre eles, a pegadinha da qual a vítima foi o próprio Vieira, quando “flagrou” o Porchat na cama com um homem.

Audiência
De acordo com a Turner/EI, mais de 430 mil espectadores acompanharam a vitória do PSG diante do Liverpool, quarta-feira, pelo Facebook. As visualizações foram mais de 3,5 milhões.

Primeiro dia
Recém-contratada pela Rede TV!, Bibiana Bolson estreia neste sábado, às 17h30, ao lado de Fernando Navarro, na transmissão do “Nascar Show”, programa que vai destacar os melhores momentos desta competição nos Estados Unidos.
Isto sem prejuízo ao seu trabalho na “ESPNW”, plataforma digital esportiva especializada no público feminino.

Nova série
Marcos Uchôa, craque, preparou a série “Copa no Deserto”, em cinco episódios, que o “Esporte Espetacular” vai levar ao ar a partir deste domingo.
Um levantamento de tudo sobre os cinco países do Oriente Médio que, daqui quatro anos, irão sediar o próximo mundial de futebol. Começa pelo Catar.

Bate – Rebate
O padre Reginaldo Manzotti vai gravar o especial de Natal do “Ritmo Brasil”, da Faa Morena, na Rede TV! Exibição no dia 22 de dezembro.

Sergio Waib está completando 10 anos de “Giro Business” no BandNews.

E já renovou todo pacote de patrocínio do programa para 2019, com as marcas Athié Wohnrath, Mercedes-Benz, Regus, Movida e MSC Cruzeiros.

Após completar 85 anos, a vida de Danusa Leão será homenageada com um monólogo. O texto é do jornalista e crítico teatral Bruno Cavalcanti.

“Pequeno Manual Prático para a Vida Feliz” terá direção de Pitty Webo e a interpretação de Nicole Cordery.

A TV Cultura vive a expectativa da troca do governo de São Paulo. Nada diferente na vida desta emissora, que parece sempre estar na expectativa de alguma coisa.

Agora é sobre o que poderá mudar com João Doria assumindo o Palácio dos Bandeirantes.

No “Globo Repórter” desta sexta-feira, Renato Machado mostra como identificar e tratar o problema da ansiedade.

E conversa com especialistas e pessoas que combatem este problema no dia a dia com corrida, yoga, dança, terapia e até meditação

C’est fini
A respeito de nota publicada ontem sobre o oferecimento ao pessoal da Band dos imóveis, que estão em construção em frente à sua sede principal, em São Paulo, um esclarecimento da emissora: este oferecimento não foi feito a todos os funcionários. Mas só a quatro vice-presidentes e três diretores. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau

Canal 1
Flávio Ricco é jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com