Home Colunistas Canal 1 Panorama visto da ponte: o início da televisão em 2019

Panorama visto da ponte: o início da televisão em 2019

TV Tudo!

Passamos da metade do primeiro mês de 2019 e o mundo não parou de virar na vida de tanta gente ou setores, salvo, evidentemente, as exceções de praxe.
No particular da TV, não deixa de ser diferente.
Mas já se apresentando com cenários também bem desiguais.
Enquanto, de um lado, se observa a Globo e a Record, as duas voando, preocupadas em afinar estreias de programas e continuar tocando as suas diversas frentes de trabalho, do outro tem as demais.
O SBT, por exemplo, continua na sua fase zen de muito tempo, só meditando e tentando evitar problemas, satisfeito com os que já têm. O vai ano e vem ano é só um detalhe, porque tudo promete seguir como está.
Na Band, lá sim, já de alguns dias os seus diretores estão tentando se encontrar nos corredores, marcar um encontro, para poder começar a discutir os tantos problemas para resolver. E quanto a Rede TV!… Bom, a Rede TV! continua de férias.

Quer um exemplo?
As últimas gravações do “Conexão Models”, da Renata Kuerten, na Rede TV!, aconteceram em setembro.
Em novembro, começaram as reprises que continuam até hoje.

Quer outro?
Existe algo mais desastroso, aí em se tratando do SBT, que programar para um sábado, começo de noite, a reprise de “Pássaros Feridos”? E foi ordem do dono, Silvio Santos. Mesmo diante de resultados tão ruins, só ele pra mandar parar.

Foi-se o tempo
Lá atrás, o ano da televisão só começava depois do carnaval. Em um terço dele, não se trabalhava e também não se faturava. Mas já faz algum tempo que isso mudou. Certas TVs é que ainda insistem em viver no passado.

Vem aí
Em fevereiro terão início as gravações do reality “Top Chef”, com Felipe Bronze, ainda sem data de estreia na Record. O programa será inteiramente produzido pela Floresta e dirigido por Chica Barros.

Parece que vai dar
A Band está usando de cuidados no trato do assunto, mas sabe-se que estão bem encaminhados os entendimentos para as transmissões de algumas competições de vôlei ao longo da temporada.
Liga e pré-olímpicos, masculino e feminino, entre elas.

Fora do ar
Nem o padre Reginaldo Manzotti, com a boa audiência que tem, escapou dos tantos cortes que a TV Gazeta vem realizando e não para mais de fazer.
O programa “A Hora do Angelus”, com três minutos de duração, no final de tarde, deixou de ser apresentado.

Bate e volta
Entre as suas férias em Miami e Courchevel, Roberto Justus passou três dias no Brasil, participando de reuniões do novo “Aprendiz”.
Há a promessa de boas novidades. A principal, no que se refere ao ritmo do programa, é o interesse do diretor José Amâncio em se valer de várias referências cinematográficas.

Vai sair
A escritora Méuri Luiza Veldovello Assis, uma aposta de Cristiane Cardoso, é quem desenvolveu uma sinopse de série sobre Maria Madalena. O projeto, portanto, apoiado pela filha de Edir Macedo, ganha força na Record. E quem se habilitaria dizer que não.

Programa do Serginho
“Altas Horas”, do Serginho Groisman, neste sábado, na Globo, terá as presenças de Fernanda Gentil, Leandro Hassum e dos cantores Mumuzinho, Eduardo Costa e Vitor Kley. Na oportunidade, Fernanda vai rever sua despedida do “Esporte Espetacular” e comentar suas “gafes” durante a cobertura da Copa da Rússia.

Retomada
Na próxima segunda-feira, às 15h15, Claudete Troiano volta, ao vivo, com o seu “Santa Receita” na TV Aparecida.
Nesta retomada, além das tradicionais receitas, a produção preparou pautas, que vão do lazer à saúde e bem-estar. E ainda uma reportagem sobre os riscos causados por aparelhos que amenizam o calor durante o Verão.

Bate – Rebate
O martelo não bateu ainda, mas tudo indica que o novo trabalho da Angélica na Globo terá auditório. E com a presença bem ativa do público presente.

Neste domingo, após o “Programa Silvio Santos”, o SBT exibe “O Crime não Compensa”.

Faixa dedicada a apresentar documentários sobre crimes e investigações.

Que destaca “Coração Selvagem”, o terceiro episódio de “Até que a Morte nos Separe”.

A não ser que aconteça uma tremenda reviravolta no caso, mas os indicativos levam à certeza que a Igreja Universal não vai retornar às madrugadas da Band.

Esta volta, que esteve muito próxima de acontecer, pegou na questão do dinheiro. No fim de tudo, não houve acordo entre as duas partes.

“Lady Night” estreou com 16 pontos na Globo – praça São Paulo, aumentando em dois pontos a audiência da faixa no comparativo com as 4 quintas-feiras anteriores.
Nathalia Timberg fechou participação na próxima temporada da série “Sessão de Terapia”, da Globoplay.

C’est fini
Programas como “Brasil Urgente”(Band) e “Cidade Alerta”(Record) têm diminuído de maneira bem importante o noticiário policial. Os problemas com a chuva e a busca por pessoas desaparecidas passaram a ocupar maior espaço durante as suas exibições. Quem dera isto, um dia, viesse a acontecer também porque a violência diminuiu de tamanho. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Canal 1
Flávio Ricco é jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com