Home Colunistas Canal 1 Larissa Manoela tem futuro ainda indefinido na televisão aberta

Larissa Manoela tem futuro ainda indefinido na televisão aberta

O contrato de Larissa Manoela com o SBT termina no último dia deste ano. A informação que vem de lá é que já existe uma negociação para renovar. De qualquer forma, ainda que se chegue a um acordo, não há nenhum trabalho definido para o seu aproveitamento nos próximos tempos ou para depois da novela “Poliana”.
Aliás, havendo o desejo de continuar trabalhando na TV aberta, para Larissa só restarão duas alternativas. Ou continuar no SBT, e ficar algum tempo parada, na espera de uma outra novela ou acertar com a Record.
Com a Globo, diante dos investimentos no digital e dos planos que existem em otimizar o aproveitamento do seu pessoal no GloboPlay, isto será impossível. Talvez em um dos seus canais fechados, e olhe lá. Ainda assim, complicado.
Larissa, como se sabe, é contratada da Netflix, e há inclusive a promessa do lançamento de um filme, “Modo Avião”, para 2020.

Livro do Cabrini
Roberto Cabrini está anunciando para outubro o lançamento do livro “No Rastro da Notícia”, com os bastidores das suas principais reportagens e passagens das mais interessantes do jornalismo investigativo. Lançamento da Editora Planeta.

Problema de espaço
Mesmo com uma redução drástica na sua produção, a Band tem enfrentado problemas para acomodar diferentes departamentos na sua sede do Morumbi. O esporte da TV e o BandSports são os que mais sofrem com isso.

Grade
A entrada do “Se Joga” forçosamente provocará mudanças na programação da Globo, faixa da tarde.
Uma das principais é que a duração do telejornal “Hoje” será ampliada para 60 minutos e a “Sessão da Tarde”, mantida, irá ao ar a partir das 15h20.

Combinado assim
Na quarta-feira, em São Paulo, em um almoço, a Band anunciou as suas próximas novidades.
A maioria já conhecida: reality de jornalismo com Ana Paula Padrão, “Planeta Startup” e “Me Poupe”, além de programas com Paola Carosella e Henrique Fogaça, e investimentos.

Menos um
Em toda essa relação, propositadamente, só o “A Chance”, um game esportivo com Ivan Moré, não apareceu. E não apareceu por razões que fogem a vontade da Band. Ou por detalhes de ordem burocrática, segundo se informa.

Verdade é
Como se revelou há muito tempo por aqui, Band e Ivan Moré têm negociações avançadas para este novo programa. Mas é importante salientar que só negociações por enquanto. Ainda não existe nada assinado, daí o cuidado de não anunciar nada agora. De qualquer forma, só será uma estreia para o ano que vem.

Grande Círculo
Neste sábado, 22h30, no SporTV, o programa “Grande Círculo” terá Arnaldo Cezar Coelho como entrevistado.
Apresentação de Milton Leite, com as participações de Cleber Machado, Marcos Uchoa, Maurício Stycer, Marco Antonio Rodrigues, Casagrande e Paulo César Vasconcellos.

Samba maluco
Em “La Casa de Papel”, no Netflix, ao assistir a série, por precaução, decida-se antes pelo som original ou dublagem. Não tente, sob o risco de entrar em parafuso, usar também a legenda. O que é escrito não bate com a fala do personagem. Doidera.

Vai indo
E a Record segue com a escalação de “Amor Sem Igual”, nova novela de Cristianne Fridman, substituta de “Topíssima”. Agora, por exemplo, já pode ser confirmada a participação de Juliana Lohmann para o papel de Cindy. Os últimos trabalhos dela foram na Globo.

Definitivo
Aprovado e registrado, “Se Joga” será mesmo o título do programa da Fernanda Gentil, Fabiana Karla e Érico Brás nas tardes da Globo. Se nada mudar, estreia no dia 30 de setembro.

Bate – Rebate
Paolla Oliveira é uma das convidadas do “Altas Horas”, do Serginho Groisman, neste sábado, na Globo
Walcyr Carrasco também. Os dois, claro, falando de “A Dona do Pedaço”.

A propósito do Serginho, em 2020, ele completará 20 anos de TV Globo. Estreou em 14 de outubro de 2000.

A edição atual do “Dancing Brasil”, da Xuxa, na Record, vai chegando ao fim.

Teve, em alguns momentos, a sua audiência prejudicada, mas o nível dos competidores foi o melhor de todas as temporadas.

Parece que em “Bom Sucesso”, novela das 19h na Globo, até o vento bate a favor.

A novela é boa, o elenco da melhor qualidade e a audiência está lá em cima.

E mais uma vez a direção de Luiz Henrique Rios merece destaque.

Giuseppe Oristânio está confirmado no elenco de “Amor Sem Igual”, novela da Record. Apenas trocou de papel. Antes escalado para fazer Luiggi, agora será Ramiro.

C’est fini
No comemorações dos seus 50 anos, a bancada do “Jornal Nacional”, na Globo, será ocupada, aos sábados, por 27 âncoras dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal. Foram mais de 14 mil “boas noites”. Hilton Gomes e Cid Moreira os seus primeiros apresentadores, na estreia em 1º de setembro de 1969. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Canal 1
Flávio Ricco é jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com