Home Colunistas Canal 1 Globo pode entregar “Malhação” – 2018 para trio estreante

Globo pode entregar “Malhação” – 2018 para trio estreante

TV Tudo!

Depois de Cao Hamburger estrear, e bem, como autor de novelas na Globo, em “Malhação – Viva a diferença”, tudo indica que a próxima atração desta faixa, no ar a partir de abril ou maio de 2018, também apresentará novidades em sua autoria.
Isso porque a sinopse dos roteiristas Juliana Lins, Natalia Sambrini e Diego Molina foi muito bem avaliada pela direção de teledramaturgia e todas as providências até agora tomadas apontam para a escolha, confirmação e estreia desses três nomes, como mais um passo do processo de renovação.
Profissionais que, em se tratando de trabalhos na casa, contam com a experiência de terem colaborado com Rosana Svartman em “Malhação Sonhos”, exibida entre 2014 e 2015.
Oficialmente, a Globo ainda não bateu o martelo em relação à substituta de “Viva a diferença”, mas o trio em questão já trabalha com a perspectiva de estrear no ano que vem.

Mercado
A executiva Carolina Vianna, responsável por novos conteúdos para exibição na América Latina, deixou o Netflix. Para o seu lugar, o principal serviço de TV por internet do mundo já sondou alguns profissionais da nossa televisão paga, entre eles, Zico Góes, do Grupo Fox.

Lado B da carreira
João Emanuel Carneiro, autor de “Avenida Brasil”, é o entrevistado da série “Donos da História”, neste próximo domingo, às 18h30, no Viva. No programa, ele destaca o lado menos glamoroso dessa profissão.
“Ser autor [de novelas] de TV é muito cansativo, pesado, porque são 200 episódios, você trabalha 12 horas por dia, de domingo a domingo. É uma coisa quase desumana”, declara Carneiro.

Curioso
Todo autor de novela tem opinião parecida com a do João Emanuel. Sempre se referem ao trabalho pesado, quase desumano e da intensa responsabilidade.
Mas não dizem que são muito bem remunerados, têm uma série de benefícios e o intervalo entre uma novela e outra chega a ser de três, quatro anos.

Digital
Pela ordem dos trabalhos, o desligamento do analógico em Recife poderá ocorrer na quarta-feira da semana que vem, dia 26.
Tudo passa a depender dos resultados de uma pesquisa do Ibope, que serão conhecidos na segunda-feira sobre o número de domicílios habilitados para receber o digital.

Se ele pode
O “Programa Silvio Santos”, com classificação indicativa para 10 anos, botou uma mulher com o bumbum de fora no palco. O estranhamento maior foi do público dele, aquele pessoal de muito tempo.
É de se considerar também que um dos concorrentes do horário é o João Kleber. Numa dessas.

Gelado
Nos vários fóruns da internet, ontem, houve quem dissesse ser muito positiva a viagem de Silvio Santos para a Antártida: “Assim ele volta com a cabeça mais fria”.
Mas é o caso de saber se ele anda esquentando com alguma coisa. Dá toda pinta que não.

Na mesma hora
Segunda-feira, enquanto, na Globo, em “A Força do Querer”, no meio de todo um arsenal de armas, a personagem da Juliana Paes se jogava no “baile de favela”, na vizinha Rede TV!, Luciana Gimenez, ao vivo, promovia um debate sobre o projeto de lei que visa criminalizar o funk.

Jogo duro
Não está nada fácil um entendimento entre as TVs do Simba com as operadoras. A maior parte delas – as operadoras – resolveu endurecer o jogo e não existe até aqui, data hoje, prazo nenhum cogitado para o restabelecimento dos serviços.

Equipe
A Record foi buscar na web um novo talento para o seu telejornal local, o “SP Record”, que estreia dia 25, na faixa das 19 horas. Gabriela França (foto) deixa a apresentação do “Talk TV” para integrar a equipe de reportagem. Ainda sobre o “SP”, que será ancorado por Carla Cecato, integrará sua reportagem Lamartine Cortes (ex-RPC Londrina) e Angélica Satter, deslocada do “Jornal da Record”.

Olha essa
Danilo Gentili vai receber, no “The Noite” desta quarta-feira, Heitor, aquele que ficou conhecido como “Bebê Cabeludo de Sorocaba”. Os pais da criança, Bruno e Elaine, falam sobre a repercussão das notícias a respeito da cabeleira do filho e recebem, como presente inesperado, contrato vitalício de cortes no salão do Jassa.
(Foto: Danilo, Robson Jassa, a mãe Elaine com Heitor e o pai, Bruno / crédito Gabriel Cardoso)

Bate – Rebate
Uma sinusite forte tirou Silvio Luiz do combate e provocou sua ausência no “Rede TV News” neste começo de semana.
Record ainda não tem decidido se haverá uma próxima temporada do reality “A Casa”. Pelo andar da carruagem, deve parar na primeira.

E o João Camargo em “A Força do Querer”? Mesmo caso da Juliana Paiva. Pouco aproveitado.

Uma grandeza o que a Globo tem feito de chamadas para a série “Sob Pressão”.

Aguinaldo Silva segue em Portugal acelerando os capítulos de “O Sétimo Guardião”.Na volta ao Brasil, ele vai se reunir com o diretor Rogério Gomes para definir os últimos nomes do elenco. Em especial, alguém para a vaga deixada por Joana Fomm.

SBT já trabalha na trilha sonora de “Poliana”, mais uma novela que será “extremamente musical”.

C’est fini
Vai ser com emoção: Renato Góes, atualmente em “Os Dias Eram Assim”, terá menos de um mês, após o encerramento de gravações da supersérie, para se preparar para viver o protagonista de “Deus Salve o Rei”, a próxima novela das sete. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Canal 1
Flávio Ricco é jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com