Home Colunistas Canal 1 Cancelamento de novela na Record revela falta de planejamento e de juízo

Cancelamento de novela na Record revela falta de planejamento e de juízo

Os números absurdos conquistados pela Globo se devem, evidentemente, a eficácia de bem produzir e a inquestionável competência dos seus profissionais.
Mas também, e principalmente, a sua capacidade de organização e planejamento. Há uma indiscutível ordem em tudo, fazendo com que nada se desenvolva sem os merecidos estudos e cuidados.
Tudo o que não acontece na concorrência.
Olha, por exemplo, o caso da Record. Escolheu uma novela para substituir “Belaventura”, contratou elenco, encontrou um título, “Topíssima”- no mínimo incomum e, de um dia para o outro, resolveu que “não ia brincar mais”.
E isso sem nenhuma comunicação oficial até agora. Está tudo no ar, deixando a todos que estavam envolvidos com ela meio sem saber o que fazer da vida.
Falta de juízo, de profissionalismo e excesso de amadorismo.
Pode dar certo desse jeito? Qual a chance de, um dia, a Globo vir a ser incomodada por alguém?

E o que é pior
“Belaventura”, que já está toda gravada e com elenco dispensado, vai terminar em março. Existe até a possibilidade de ser espichada na edição, mas até quando? E o que será colocado no ar depois dela?

Deixa quieto
De nada adianta insistir, porque ninguém na Record está autorizado a se manifestar sobre todo esse imbróglio. Do lado da Casablanca, se comenta que não existem estúdios para produção de outra novela. “Apocalipse” está usando todos.

Vai olhando
“Apocalipse”, com todo o fracasso que a cerca, tem os seus 65 cenários distribuídos nos sete estúdios existentes. Foram fixados para evitar estragos no monta e desmonta.
Daí a falta de espaço para outra produção. Então tá, mas só foram descobrir isso agora?

Agenda
A produção do novo programa do Amaury Junior já tem acertada uma entrevista com o presidente Michel Temer e sua mulher Marcela. Falta apenas definir a data. De qualquer forma, não será para a estreia do dia 27.

Ajustes (1)
O elenco da minissérie “Ilha de Ferro”, estrelada por Cauã Reymond, Maria Casadevall e Sophie Charlotte, ainda passa por ajustes na Globo. E da escolha de atores para determinados papéis.
Na terça-feira, por exemplo, foi definida a participação de Cadú Fávero para viver o personagem Clark.

Ajustes (2)
Clark, inicialmente, seria interpretado por Jonathan Azevedo, que acabou deslocado para outro papel, Fiapo, melhor amigo de Dante(Cauã), após o episódio que envolveu a saída de Thogum Teixeira do elenco. A equipe do diretor Afonso Poyart ainda trabalha no fechamento da equipe, mesmo com as gravações já iniciadas.

Destino
“Ilha de Ferro” está sendo preparada para alavancar um novo serviço de streaming do Grupo Globo. Mas, até em função do grande investimento em sua produção, acredita-se que em algum momento ela chegará também à TV aberta.

Convidada especial
Glauce Graieb está fazendo uma pequena participação em “Tempo de Amar”, novela das 6, do Alcides Nogueira, na Globo.
É a Madame Lenah, a sua mesma personagem de “Ciranda de Pedra”.

Bola cantada
A fixação da Lívia Andrade no elenco do “Fofocalizando”, do SBT, a partir do momento que ela foi chamada para uma participação especial, era só uma questão de tempo.
E nem foi tanto tempo assim. Ontem, saiu comunicado da sua efetivação no grupo de apresentadores.

Equipe
Após conduzir sozinho os primeiros capítulos e dar seu direcionamento ao projeto, Marcos Bernstein, autor da próxima novela das seis na Globo, “Orgulho e Paixão”, já tem equipe montada.
Victor Atherino, Juliana Peres e Giovana Moraes passam a ser seus colaboradores.

Bate – Rebate
A equipe de produção do “Fábrica de Casamentos”, apresentado por Chris Flores e Carlos Bertolazzi no SBT, já trabalha na nova temporada do programa.

“Poliana”, próxima novela do SBT, ainda não abriu os trabalhos de cidade cenográfica, mas praticamente todo o elenco já está à disposição, gravando em estúdio e locação.

A marca “Segundo Sol” está devidamente registrada pelo Grupo Globo para a próxima novela das 21h, escrita por João Emanuel Carneiro…

O diretor Dennis Carvalho, porém, ainda não fechou vários personagens importantes do elenco. A história será liderada por Emílio Dantas no papel de um cantor de axé.

Em Areias, interior de São Paulo, a Globo retomou ontem as gravações da série “Cine Holliúdy”. Que traz nos principais papéis Letícia Colin, Edimilson Filho e Heloisa Périssé.

“Entre Irmãs” e “Cidade dos Homens” turbinaram a audiência da Globo na terça-feira, tanto em São Paulo quanto no Rio de Janeiro.No SBT, o “Programa do Ratinho” voltará com edição ao vivo em 19 de fevereiro.

C’est fini
A Globo se prepara para lançar um CD com a trilha instrumental de “O Outro Lado do Paraíso”. Um trabalho que leva assinatura de João Paulo Mendonça, produtor musical da novela, que esteve em São Petersburgo, na Rússia, especialmente para produzir a trilha. Por lá, ele regeu orquestra e gravou 35 músicas, que estarão nesse CD. A base instrumental que embala as cenas é alvo de elogios nas redes sociais. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Canal 1
Flávio Ricco é jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003.
Compartilhe:

Deixe uma resposta