Home Colunistas Canal 1 Bom senso recomenda o cancelamento do Família Record

Bom senso recomenda o cancelamento do Família Record

C’est fini

TV Tudo!

Diante de tudo o que aconteceu, não há outra alternativa a não ser o cancelamento da gravação do “Família Record”, especial de fim de ano, marcada para o próximo dia 9.
Não existe clima para isso.
Primeiro que o Gugu sempre foi uma pessoa muito presente, como apresentador em algumas ocasiões e com a participação confirmada neste próximo.
E também porque houve um sorteio. Ninguém sabe, por ser secreto, quem receberia o seu presente. O dele, sabemos agora, porque a própria Ticiane Pinheiro acabou revelando nas redes sociais.
Chamar alguém para substituí-lo, alguém que até então não foi chamado, também será uma situação das mais constrangedoras.
Enfim, é uma opinião. Cabe a Record resolver.

Subtraído
O SBT, e justo o SBT, ficou devendo, na cobertura jornalística de todos os acontecimentos que envolveram toda essa tragédia do Gugu. Simples resultado do esvaziamento recentemente colocado em prática. E, por outra, uma rede de TV com essa importância, desligar a sua redação às 8h30 da noite não tem o menor sentido.

E só mais isso
Juro, nunca vi, em toda minha vida, alguém com tantos “amigos de infância” como tinha o Gugu. Diante dos tantos que se apresentam e se insinuam, ele tinha que ter nascido umas cinco vezes. Mas isso é o mínimo, diante de tantos exageros e inconvenientes.

Louvável
O SBT, em respeito ao Gugu, ao longo desta semana não vai divulgar a sua audiência.
O momento, segundo a sua direção, é de respeito. Não de resultados.

Importância
A cobertura realizada em Lima, Flamengo e River, com mais de 70 profissionais envolvidos e a entrega deste trabalho, com pré e pós-jogo além da transmissão, uma vez mais, revelaram a importância e imprescindibilidade do Fox Sports. Fundamental como canal esportivo, mercado de trabalho e para o telespectador esportivo.

Caminhão de mudança
A partir de hoje, terça, começa a migração de parte da equipe da CNN Brasil, do escritório provisório da alameda Santos para a sede principal, na avenida Paulista.
Uma etapa que deve se completar só em meados do mês que vem.

Organização
Pela ordem dos trabalhos estabelecida, planeja-se que até o início de fevereiro, a CNN Brasil já estará com a sua equipe 100% completa. Contando, inclusive, as praças de Brasília e Rio de Janeiro.

Execução
Em “Salve-se Quem Puder”, a próxima novela das sete, como destacado por aqui, um furacão vai dar sinal de vida logo nos primeiros capítulos.
O detalhe é que tem uma equipe da Globo trabalhando em cima disso há quase um ano, movimentado cerca de 60 profissionais.

Cinema
Thaila Ayala, que tem investido cada vez mais no cinema, estará nesta terça-feira no Festival de Brasília apresentando o filme “Lamento”, dirigido por Diego Lopes. Trabalho que mistura drama e suspense. Ela no papel de uma garota de programa que desaparece misteriosamente. Lançamento previsto para fevereiro de 2020.

Bate – Rebate
Como homenagem ao Fábio Barreto (foto), o Canal Brasil está programando a exibição dos seus filmes…

… Amanhã, quarta, “O Quatrilho”, 0h15, foi escolhido para abrir a série.

A Band já tinha Eleonora Paschoal e Patrícia Maldonado na cobertura do caso Gugu…

… Ainda assim deslocou a repórter Sonia Blota de São Francisco para Orlando para reforçar a equipe.

“Jornal da Band” deve receber novo pacote gráfico a partir do começo do ano que vem…

… Mudanças que, oportunamente, irão se estender também a troca dos seus cenários.

Profissionais da GloboNews começam a anunciar transferência para a CNN Brasil…

… Uma produtora se desligou na semana passada do canal de notícias do Grupo Globo…

… E um editor, que ainda está de férias na “GN”, já avisou que não volta.

C’est fini
Globo marcou para o dia 7 de janeiro, após “Amor de Mãe”, a reapresentação de “O Auto da Compadecida”, em quatro episódios, em comemoração aos 20 anos de sua primeira – e única – exibição na TV.
Detalhe: a produção voltará remasterizada e com a identidade visual do céu e inferno repaginada por computação gráfica e nova abertura. No elenco, entre outros, Selton Mello, como Chicó, e Matheus Nachtergaele, João Grilo.
Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Canal 1
Flávio Ricco é jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com