Home Colunistas Canal 1 Assim como o entretenimento, jornalismo também não renova valores

Assim como o entretenimento, jornalismo também não renova valores

TV Tudo!

Em assunto recentemente abordado por aqui, foi destacada a quantos se resume hoje o quadro de apresentadores de entretenimento. Tiago Leifert, como última revelação e único caso em tanto tempo, já está nessa estrada há mais de 15 anos.
Mas muito pior do que isso é o que acontece no jornalismo da TV aberta. Por exemplo: quem, hoje, a TV Globo tem à altura para substituir William Bonner (foto) no “Jornal Nacional” e formar dupla com Renata Vasconcellos?
A mesma coisa o SBT, no caso de Carlos Nascimento, ou a Record para as posições de Celso Freitas e Adriana Araújo? Nomes preparados para a função, em se tratando de todos, ainda não existem. Ou, no mínimo, não são conhecidos.
Em outra escala a maioria ainda se recorda do problema criado na Record após a saída de Reinaldo Gottino. A loucura até se chegar ao nome de Geraldo Luís. E como foi agora, no começo da semana, quando houve a decisão de afastar André Azeredo e destinar sua função ao Bruno Peruka, também iniciante nas funções.
O que se observa é que, em todos esses cenários, não existiu até agora, pelo menos, o cuidado com a reposição.

Demodê
Tem mudado tanta coisa no esporte da Band, inclusive revigorados os desejos de novas conquistas, que poderia se incluir entre elas a troca do uniforme do seu pessoal. É o mesmo, blazer e camisa social, desde a Copa de 2010 para os seus narradores e comentaristas.

Está demonstrado
O rodízio na apresentação do “Jornal Nacional”, antes que o reconhecimento ao valor das praças, tem demonstrado quantos bons valores a Globo pode contar no momento que precisar. O trabalho nas emissoras depois do eixo Rio-São Paulo, além de importante, sempre é muito bom.

Exemplo a seguir
E que a experiência do jornalismo se estenda a outros setores do jornalismo da Globo. Por exemplo, no entretenimento. Oferecer oportunidades aos apresentadores das praças para fazer bastidores do “The Voice”, “PopStar” ou outros.

Base própria
Ao encontro do que se adiantou por aqui, o digital da Band, dirigido por André Luiz Costa, está funcionando provisoriamente nas instalações da Band no Morumbi. Mas muito em breve todo o seu pessoal será transferido para um conjunto de escritórios na Brigadeiro Faria Lima.

Jornalismo
A possível saída de Andressa Guaraná do quadro do tempo nos telejornais da Band tem dividido opiniões. Segundo se informa, é uma iniciativa contrária a sempre cobrada multitarefa da redação, mas que nunca foi adotada pelas chefias.

Exemplo de cima
Problema é que o novo diretor-executivo Rodolfo Schneider, além das obrigações do seu cargo, também passou a se colocar na escala do “Jornal da Band” nos fins de semana.
Além da rádio, diariamente.

Controle de qualidade
O canal Multishow, justificando o próprio nome, tem procurado sempre oferecer uma programação variada, entre humor e musicais. Porém, entre alguns muito bons, existem outros que deixam bastante a desejar. Será que não é o caso de usar melhores critérios?

Tudo de bom
“Segunda Chamada”, com todos os méritos, deve ser incluída entre as grandes realizações da dramaturgia da Globo neste 2019. Não só pela direção e desempenho de todo o seu elenco, mas em reconhecimento ao trabalho das autoras Carla Faour e Julia Spadaccini. Muito bom.

Aí sim
Um almoço na Band, quinta-feira, reuniu Johnny Saad, Antonio Zimmerle, Caio Carvalho, José Emílio Ambrósio e André Aguera, do lado da Band, com Arnon de Mello Neto, vice-presidente Senior da NBA para a América Latina e Rodrigo Vicentini, head da o Brasil. Encontro que serviu para a definição de planos que visam potencializar a divulgação das transmissões do campeonato de basquete norte-americano.

JN 50 anos
Marcelo Magno (Piauí) e Mariana Gross (Rio de Janeiro) serão os apresentadores do “Jornal Nacional” neste sábado. O rodízio, comemorativo aos 50 anos do telejornal, será encerrado no dia 30 deste mês, com a participação de Lídia Pace (RN) e um plantonista.

Bate – Rebate
Depois de lotar o ginásio Gigantinho, em Porto Alegre, sábado passado, a turnê Xuxa Xou chegará a Curitiba, na “Live”, dia 23 de novembro.
Já no início do ano, Xuxa puxa o freio nas apresentações para ficar exclusiva da segunda edição do reality show “The Four”.

Dividida em cinco episódios, a nova série do “Jornal da Record” é “Belezas do Jalapão”.

Exibição a partir de segunda-feira, mostrando cachoeiras, fervedouros e dunas daquela unidade de conservação.

Daniel Rocha e Acelino Popó Freitas gravam segunda-feira entrevista para o “The Noite” no SBT, que vai ao ar no mesmo dia. Como principal assunto, a série “Irmãos Freitas”, exibida pelo canal Space.

Em clima de Halloween, Maisa recebe Karina Bacchi, e Thaeme e Thiago no seu programa deste sábado, 14h15, no SBT.

A produção de “Malhação – Transformação”, com estreia só no ano que vem, já foi iniciada. Por enquanto, testes com elenco jovem.

C’est fini
Gravei o programa “Vamos Falar do Brasil”, apresentação do Joseval Peixoto e direção do Hélio Sileman. Foi só mais uma ocasião para admirar do talento do Joseval. Um professor. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Canal 1
Flávio Ricco é jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com