Home Colunistas Artigos D. Hilária Zimmermann de Mello: uma mestra

D. Hilária Zimmermann de Mello: uma mestra

Faleceu no último domingo, dia cinco de maio, a professora Hilária Zimmermann de Mello, aos 95 anos de idade. Dona Hilária, como era afetuosamente tratada, foi emérita gestora da educação municipal de Itajaí, por 24 anos, tendo iniciado a carreira de professora de anos iniciais do ensino fundamental com apenas 15 anos.
Quando veio do então distrito de Ilhota em 1953, onde nascera, para assumir o cargo de Inspetora do Ensino Municipal, ela quebrara alguns paradigmas. A primeira mulher, num cargo antes só ocupado por homens, era uma jovem de 27 anos, quando ser inspetora pressupunha, à época, ser madura. Além de tudo, o convite do prefeito de Itajaí buscara livrá-la da perseguição política estadual que a transferira do grupo escolar do centro de Ilhota para uma remota escola isolada do interior de Luís Alves.
A professora Hilária ao chegar à Inspetoria Municipal de Ensino de Itajaí deu-lhe o primeiro sistema organizacional de trabalho, posto que ainda limitado, porque desprovido de suficientes recursos técnicos e materiais, face às limitações financeiras de então e à grande extensão do município, que abrangia também Penha, Ilhota e Luís Alves.
A inspetoria se compunha da inspetora, uma eventual auxiliar e quase 50 escolas. Não havia nenhum quadro técnico-pedagógico e toda a prefeitura dispunha de um só jeep para atender à necessidade de locomoção dos funcionários em toda a grande extensão territorial do município.
Em 1964, a administração do ensino municipal de Itajaí passou a ser feita pelo departamento de Educação, Cultura e Assistência Social, cuja diretora, professora Onadyr da Silva Tedéo, assumiu como dona Hilária a gestão das escolas municipais. As duas professoras, então, nos anos afora, tornaram-se como que sinônimo da educação do município de Itajaí.
No início dos anos de 1970, a educação pública municipal avançou com a implantação definitiva do ensino fundamental completo, depois de já ter implantado o ensino especial, a educação de jovens e adultos e as escolas pré-profissionais. Dona Hilária, nessa ocasião, foi enquadrada como coordenadora do Ensino Municipal, dirigindo as primeiras supervisoras municipais de ensino.
Quando da definitiva consolidação do ensino municipal de Itajaí, com a criação da secretaria de Educação, Cultura e Esporte, em 1977, a professora Hilária Zimmermann de Mello considerou completada a sua carreira de 36 anos dedicados ao magistério público e solicitou sua aposentaria por tempo de serviço.
No artigo que escreveu para o Anuário de Itajaí 2001 – “Uma História de Vida” – Dona Hilária afirmou que sua vida profissional fora “longa, profícua e digna”. Sem dúvida alguma.
Uma mestra, um exemplo!

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com