Era uma vez na Lua

08/02/2019 08:04

Em um mundo com tantas informações disponíveis, estar com a cabeça no mundo da Lua é cada vez mais comum.

Segundo Augusto Cury, médico psiquiatra, psicoterapeuta, pesquisador e escritor, a quantidade de informações que uma criança de sete anos tem acesso hoje é a mesma quantidade que os imperadores de mais de trezentos anos atrás possuíam para tomar as decisões pelos seus países.

Ou seja, o mundo digital transformou totalmente o acesso a informação e ao entretenimento. E qual o problema disso? O problema é que assim como a falta de informações paralisa as ações de uma pessoa, o excesso também causa o mesmo efeito.

Como ter foco com tantas redes sociais, vídeos, filmes, jogos, documentos e conteúdos infinitos disponíveis na internet?

O primeiro segredo é fazer uma coisa de cada vez, de olho em seu objetivo. O segundo segredo é fazer o que é mais importante primeiro. E por último, o terceiro segredo é anotar tudo em uma agenda para realizar.

A partir do momento que existe a clareza do que deve ser feito, o ser humano consegue se organizar para fugir deste excesso de informações e não ficar no “mundo da Lua” em relação aos seus objetivos!

 

 

Autor: Gustavo Gomes

Life Coach e Analista de Perfil Comportamental DiSC, Formado pela Sociedade Latino Americana de Coaching. Ajuda pessoas a compreender o que as impedem de atingir os seus objetivos | www.gustavogcoach.com.br

Compartilhe: