Elcio perdido

18/09/2020 10:27

O que a coluna coloca há muito tempo vem acontecendo na capital da pedrada e ex-do tiro ao vereador, com o prefeito Elcio Bisturi Kuhnen (MDB). Um erro atrás do outro que pode lhe custar à reeleição e o sonho que não esconde de ninguém e fala pra todos de ser candidato em 2022 à deputado estadual.

Juntou
Provavelmente foi esse sonho distante que fez com que escolhe-se como candidato a vice o pastor Junior (PL). Junior foi candidato a deputado lá atrás e fez 3 mil votos, em um universo de 30 mil votos. Além de na época ter surfado na onda do PSL do Bolsonaro. Elcio, também, cresceu o bago dos zóios no voto dos evangélicos. Contudo, ele é católico o que provavelmente não vai lhe acrescentar.

Egoísmo
Muitos acusam Elcio de egoísmo de estar pensando, apenas em ser deputado. E, não engoliram o que vem acontecendo, o próprio MDB, partidos aliados e eleitores. Abraçou um vice que faz pouco tempo lhe detonou sem dó e, que depois aplaudiu a CPI da Cesta Básica que tá correndo no legislativo.

Amargar
Agora Elcio, pode amargar por tudo isso, os candidatos infiéis que vão lhe virar as costas. Que não vão fazer questão de lhe pedir votos para o prefeito, deixando ao léu, ou pior podem pedir votos pra ex-prefeita loirosa Luzia Coppi (PSDB) ou a vereadora entisicada, Jane Stefenn (PSL).

Burradas
Além das burradas no xadrez político e, o fato de que a oposição vai deitar e rolar, caceteando sem dó que se Elcio for reeleito e, à base furiosa, ainda tem burradas como a de máquinas, servidores no dia da convenção do MDB, limpando, carregando cadeiras, espalhando pedrinhas no terreno. Ah, vai sobrar para os bagrinhos. Me abana!

Foto (Divulgação)

Autor: JC

JC é colunista político do Diarinho, o jornal que todo mundo lê, até quem diz que não. A missão do socadinho escriba é disseminar a discórdia, provocar o tumulto e causar o transtorno, para o bem da coletividade.

Compartilhe: