Tá pegando fogo na leleia e o bombeiro não consegue apagar

16/09/2020 09:17

Os membros da Comissão Especial do Impeachment sobre o reajuste dos procuradores do Estado aprovaram por unanimidade, ontem, o relatório que recomenda o acatamento da denúncia e autoriza a instauração de processo por crime de responsabilidade contra o governador Carlos Moisés (PSL) e a vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido).

Lido
O secretário de Estado da Administração, Jorge Eduardo Tasca, foi excluído do relatório, por ter pedido exoneração do cargo na segunda-feira. O parecer já foi lido na sessão ordinária, ontem, e será publicado no Diário Oficial da Alesc para que os projetos de decretos legislativos sejam colocados em votação em plenário, em sessão na quinta-feira.

Na mira
De forma emblemática, o comentário nos bastidores, foi o fato de que as duas principais autoridades de Santa Catarina estão na mira da dona justa. E o pior, um está na fila para substituir o outro nos próximos dias: governador Carlos Moisés (PSL) e o presidente da leleia Júlio Garcia (PSD).

Moisés, além de estar com o processo contra ele por conta da compra dos respiradores junto a Veigamed correndo no STJ, é alvo de um processo de impeachment. Em caso da comissão julgadora – formada por cinco deputados e cinco desembargadores – também entender pela admissibilidade do pedido, Moisés e a vice Daniela Reinerh (sem partido) serão afastados temporariamente por até seis meses. Quem assumiria, neste caso, seria Julio Garcia.

Bronca
O problema é que Júlio é o alvo principal da Força-tarefa do Ministério Público Federal (MPF) na Santa & Sofrida Catarina que atua nas investigações relativas à Operação Alcatraz, referente ao período que presidia o Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Oh, dor!
Garcia é denunciado por lavagem de dinheiro, ocultação da origem, disposição, movimentação e propriedade de recursos oriundos de propinas recebidas em licitações e contratações fraudadas e de bens adquiridos com esses valores. Há um pedido para que o deputado e outros envolvidos devolvam no mínimo R$ 2.337.691,31, segundo o noticiário estadual e nacional. Durma-se com um barulho desses.

Autor: JC

JC é colunista político do Diarinho, o jornal que todo mundo lê, até quem diz que não. A missão do socadinho escriba é disseminar a discórdia, provocar o tumulto e causar o transtorno, para o bem da coletividade.

Compartilhe: