Servidor do Semasa tá com o coronavírus

15/05/2020 18:09

Um servidor efetivo da autarquia de água & esgoto da city peixeira, segundo os perdigueiros do Blog do JC, testou positivo para o maledito coronavírus. Acredita-se que a direção do Semasa, a partir do momento de que um servidor foi contagiado, que deve tomar providências, pra monitorar os funcionários e, quem mais teve acesso com o servidor.

Foto (Divulgação)

Cestou?

A concorrência anda grande entre os gestores públicos do Brasil todo pra ver quem faz a dispensa de licitação mais suspeita nessa época de pandemia. E a minha amada Camboriú não poderia ficar pra trás.

Suposto rolo
Por lá, os línguas de trapo (arreda raça de infelizes!), lascam que suposto rolo parece estar na compra de 1250 cestas básicas sem qualquer licitação. Sério?

Atentado
Um cidadão atentado lá da Capital do Mármore resolveu dar um rolê no supermercado e comprar exatamente os mesmos itens da cesta básica adquirida pela equipe do dotô Élcio Bisturi Kuhnen (MDB) e sua secretária de Assistência Social, hoje vereadora, Andréia de Souza Machado (MDB).

Oh, dor!
A continha do cidadão comum no mercado fechou em pouco mais de R$ 70,00 para os itens fornecidos pela prefeitura. Já na compra executada pela prefa cada cesta básica saiu R$ 119,80, isso que o município comprou em escala e poderia ter negociado um descontinho maior, né não? Indignado, o abelhudo já levou a denúncia para câmara de vereadores e o assunto promete render muito ainda.

Imagem ilustrativa

Ministro da Saúde passa um ‘fevereiro’ no cargo

O ministro da Saúde que durou menos tempo no cargo na história da República, Nelson Teich, pediu o boné, hoje, depois de uma conversa rápida com o presidente Jair Bolsonaro. Teich decidiu pedir demissão por divergências do isolamento social e do uso da cloroquina.

Negativamente
A demissão do segundo ministro da Saúde, em meio a pandemia repercutiu negativamente, mundo afora. É o nono ministro que sai ou é vazado, justamente, quando o governo completa 500 dias.

Foto (Divulgação)

Cassa ou não cassa?

Daqui há pouco na piramidal casa do povo, tem a sessão especial que pode ou não cassar o mandato do vereador papa anjo, ops, teacher Acácio da Rocha (DEM). Será votado o projeto de decreto legislativo de cassação. São necessários 14 votos pra cassar o mandato.

Condenado
O parlamentar foi condenado em segunda instância por conta de ter dito relações sexuais com uma menor e filmado o ato. E, não parou atrás das grades, porque o Supremo Tribunal Federal (STF), deu uma brecada de que condenações em segunda instância seriam encarcerados.

Ficou doente
O presidente do legislativo peixeiro, Paulinho Amândio (PDT), não compareceu na sessão ordinária de ontem e, não estará presente na da tarde de hoje. Está doente. Saúde!

Cassação
A comissão de Ética por unanimidade em seu parecer, declarou que o parlamentar deve ser cassado por sua atitude, na verdade pela condenação em segunda instância, em um crime deplorável, extremamente condenado pela sociedade.

Passar a mão na cabeça
O que corre nos bastidores é que a sessão de hoje, terá a ausência de uma pá de excelências excelentíssimas que vão tirar da reta pra ficar em cima do muro, em vergonhosa omissão. E, outros devem passar a mão na cabeça, com raras exceções, em um corporativismo vergonhoso. Lógico que estes, também, ficarão marcados e, terão lá na frente, na hora do voto, um preço a pagar.

Foto (Divulgação)