Bagrão pendurado

06/05/2020 18:50

Nos bastidores políticos da leleia, é tida como muito delicada a situação do secretário da Casa Civil Douglas Borba, considerado braço direito do governador Carlos Moisés (PSL), depois que houve contradições entre suas afirmações de que não participou do rolo da compra dos 200 respiradores pela bagatela de R$ 33 milhões, com pagamento adiantado, diante do que afirmou também o ex- secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino, em depoimento policial.

Apontado
O chefe da Casa Civil é apontado por Zeferino como autor de intervenções em processos de compras, tanto na empresa dos respiradores como na compra de EPIs, contratação de serviços hospitalares e para pagamento da empresa que administrava o Samu. Apesar das negações as referências são fortes e já houve pedidos de deputados pela acareação entre os dois na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que deve iniciar os trabalhos na semana que vem.

Inferno
O relator da CPI, deputado Ivan Naatz, líder da bancada do PL, já adiantou que pretende levar a fundo os questionamentos em torno dos envolvidos no imbróglio. “Queremos saber quem autorizou e quem apertou o botão destes gastos milionários com o dinheiro público em tempos de pandemia “, afirmou, antecipando que defende também, desde já, o afastamento do secretário Borba do cargo para melhor condução dos trabalhos investigativos, sem possíveis interferências do governo. Diante de tudo que ainda vem pela frente nesta CPI, o atual inferno astral do governador Moisés parece estar apenas começando…

Foto (Divulgação)

Bruxa tá solta do outro lado da vala

A bruxa tá solta e voando baixo na city dengo-dengo. Na segunda-feira o prefeito cabeça lustrada Emílio Vieira (PSDB), exonerou o secretário de Obras e, o da Segurança, por motivos, ainda não esclarecidos.

Ciumeira?
Apesar de que o da pasta da Segurança, segundo fontes palacianas, teria a ver com ciumes do ex titular da pasta, o Johnny Coelho que é pré-candidato a vereador. Será?

Bronca
Já no dia de hoje, foram exonerados o secretário de Agricultura e o superintendente da Fundação de Meio Ambiente, por força de decisão judicial.

Pode ser…
O processo corre em segredo de Justiça, mas, os linguarudos de plantão, lascam que pode ter com a questão de um loteamento, descumprimento do Plano Diretor e com nascentes no local. Hummmmm…

Nota
A prefa divulgou uma Nota de Esclarecimento sobre a saída dos bagrões no dia de hoje:

“O prefeito municipal, em cumprimento a dete”rminação do juiz da Vara Criminal da Comarca de Navegantes, efetuou na data de hoje, a exoneração dos cargos dos servidores que ocupavam as pastas da Secretaria de Agricultura e da Superintendência da Fundação do Meio Ambiente. Considerando que o processo se encontra em segredo de justiça, o município não pode dar mais informações sobre o caso.
O prefeito deverá nos próximos dias, anunciar os novos ocupantes dos cargos.”

Imagem ilustrativa

No bico do corvo, ou não?

O projeto de decreto legislativo de cassação do vereador Acácio da Rocha (DEM), foi publicado na tarde de hoje, no site da piramidal casa do povo e, deve ser lido na sessão que acontece, amanhã, quinta-feira.

Passo
O passo seguinte após a leitura é que siga pra tramitação e, deve ser marcado a sessão especifica que pode ou não cassar o mandato do parlamentar que foi condenado sem segunda instância por transar com uma menor e, filmar o ato.

Inconstitucional
O advogado especialista em Direito Público, Marcelo Vrenna, ouvido pelo Blog do JC, entende haver inconstitucionalidade no artigo 47 do regimento interno da câmara de vereadores de Itajaí: “Art. 47 Em qualquer hipótese, o relatório final da Comissão de Ética, aprovado ou rejeitado, juntamente com minuta de projeto de decreto legislativo sobre a questão, será encaminhado ao Plenário da Câmara para deliberação, em sessão específica e voto aberto.”

Privativo da União
“A competência para legislar processo de cassação prefeitos e vereadores é da união (sumula 46, STF), sendo assim, o rito deve ser aquele do decreto 201/1967, que foi recebido pela Constituição de 1988”, pontua o sabichão no direito, Marcelo Vrenna.

Foto (Divulgação)

Ex-vereador pegou os 600 pilas, sem precisar

O ex-vereador cassado da Dubai Maravilha, Elton Garcia (MDB), postou nas redes sociais que recebeu os 600 reais de ajuda do Governo Federal e, que fez uma ‘boa ação’ comprando cestas básicas pra distribuir.

Politicagem
Os linguarudos de plantão lascam que Elton não precisa receber 600 reais de ajuda, o que pode caracterizar como falsidade ideológica.

Na caruda
E, inclusive, Elton demonstra isso, tanto que faz prosa de que estaria usando os valores pra comprar cestas básicas e, faz politicagem, em cima.

Curva do rio
Tantas reclamações de dificuldades de quem tá na curva do rio e, necessita com premência e, outros que estariam se aproveitando é de lamentar.

Vergonhoso
Além da falta de vergonha, ficou feio as curtidas em aprovação ao mau exemplo, na postagem de Elton de Júnior Pavan que foi candidato a deputado federal da Dubai Maravilha Junior Pavan (PSDB) e, do atual prefeito de Camboriú Elcio Bisturi Kuhnen (MDB). Até porque Elcio e Junior sabem e muito bem discernir o certo do errado.

Imagem (Facebook)

Se manifesta

O presidente do PSL peixeiro, o entisicado vereador Fernando Pegorini em contato com a coluna e o blog do JC, explana que em momento algum fez menção pública que o PSL peixeiro estaria em projeto pessoal de candidato “A” ou “B”.

Abandona
Fica evidente que o PSL que tinha tudo pra estar com a minha ex-musa BBB, a Anna Carolina, sinaliza que não estará com a galega e, fica claro o que a coluna colocou, ontem, que dentro do próprio PSDB o nome que desponta é do vereador Robson Coelho. E, que ele poderia unir a oposição ao contrário da guria que almejava ter tempo de TV e o fundo do PSL. Caixão pro Bile.

Chapa pura
O líder dos peselistas também afirma que em reunião da executiva do PSL peixeiro na noite desta segunda feira que o Partido decidiu por manter a linha de candidatura com chapa pura e que poderá se concretizar na convenção que se aproxima, não sendo proibido as conversas com as demais agremiações partidárias.

Quadros
Pegorini lembra que o PSL peixeiro tem em seus quadros líderes mandatários como exemplo do deputado Onir Mocellin, o bonzinho vereador Edson Lapa, inclusive, seu nome como exemplo de parlamentares que não possuem máculas e que tratam a coisa pública com muito zelo.

Lado da verdade
Pegorini ainda afirma que seja no PP, ou no PSL ou em qualquer outro partido, sempre estará do lado da verdade e buscando o melhor para a comunidade e que não compactua com coisa errada, aquilo que tem de errado na administração deve ser investigado e punido aqueles que agiram de forma equivocada.

Foto (Divulgação)

Saldré convida pra saborear uma suculenta moqueca

O vice-prefeito e chefão do partido dos seguidores brizolistas, o PDT, Marcelo Saldré, ops, Sodré reuniu em sua casa no São Judas, na city peixeira, os presidente de partidos que estão no governo pra saborearem uma suculenta moqueca.

Reafirmar
Além é claro de reafirmar se estão todos abraçados na reeleição do prefeito barbudinho Volnei Morastoni (MDB) e, bispar o que pensam sobre o futuro.

Todos lá
Estavam presentes, Os mandarins do partidos peso pesado no governo, Wilson Rebelo Júnior, o Rebelinho do MDB; Jorge Andrade, o Jorge Negão do PSB; Osvaldo Gern do PL, acompanhado de vice-presidente estadual da sigla, Jorge Goetten; Dedé Gonçalves do DEM e Fábio Rezes, o Fabinho do PSC.

Num foi
O Cidadania, cujo presidente é o vereador Fabrício Marinho teria sido convidado, segundo fontes deste temente ao Altíssimo, mas, não deu as caras. Há quem diga que na construção de muros que Fabrício promoveu está mais isolado do que nunca e, que o Cidadania se acabou em nada, tendo hoje, mais cargos no governo do que filiados (arreda raça de bocudos!). Oh, dor! Oh, vida!

Sou
Marcelo Saldré, ops, Sodré estava todo sorrisos e, balançado a rotunda pança, reafirmou aos presentes que tá abraçadinho com o prefeito Volnei e, que neste novo projeto continuará sendo candidato a vice-prefeito, ressaltando que é preciso manter a chapa vitoriosa de 2016.

Não se ouviu
As fontes do socadinho escriba não conseguiram vozes e imagens telepáticas de que se teve algum papo de rusgas sobre o fato de que durante o prazo final de filiações, siglas brigaram nos bastidores pra montar nominatas pra piramidal casa do povo, tendo, inclusive tirado nomes uns dos outros, o que teria azedado relacionamentos entre os mandarins dos partidos.

Juntos
Todos bateram um bom lero, falando do governo, da futura eleição, das nominatas de pré-candidatos das siglas e, reafirmaram que estão abraçados com o governo e prefeito, apesar de que o presidente do DEM, o vereador Dedé disse que ia conversar com o prefeito e o presidente do PSC, Fabinho o mineirinho come quieto, também teria declarado que vai bater um papo de pertinho com o alcaide.

Moqueca
A noite terminou com todos saboreando uma deliciosa moqueca, regada a um guaraná diet, cerveja da marca emocionalmente gelada e uma boa dose whisky Johnnie Walker Odyssey. Uma nova reunião deve ser marcada em breve e, dessa vez, aventasse de que entre os comensais, possa estar o prefeito barbudinho Volnei Morastoni.

Imagem ilustrativa

Surpresa

Para surpresa de todos, quem deixou o cargo na prefa da Dubai Maravilha no dia de ontem foi o superintendente do Funservir, Fernando Marchiori, conhecido por gaúcho, homem de confiança do prefeito pop star Fabricio Oliveira (Podemos), que estava no governo desde o início onde ocupou diversas pastas a pedido do prefeito.

Linha Dura
Marchiori era conhecido por ser linha dura e nao ter medo de ver cara feia, desde quando foi secretário de administração do Galego Spernau. Após muito falatório em grupos de uatis e ler muitas suposições dos que se acha experts em tudo, esse socadinho entrou em contato com o ex-secretário para saber os motivos de sua saída.

Familiar
Fernando Marchiori explicou a este socadinho que já havia acordado com o prefeito há cerca de 20 dias a sua saída, pois precisa resolver uma situação familiar fora da Santa & Bela Catarina e, como não sabe quanto tempo isso pode demorar, resolveu solicitar sua exoneração para não prejudicar os trabalhos da pasta que comanda.

Eleição
Perguntado ainda sobre a eleição municipal, Marchiori respondeu que nem sabe se terá eleições esse ano e que o foco do governo não é esse, “nem tratei isso com o prefeito, até porque ele está totalmente focado em minimizar os efeitos da pandemia em Balneário Camboriú, o que vem sendo feito com sucesso até o momento, e espero que assim continue”, enfatizou o ex-bagrão.

Eleição 2
Questionado por esse socadinho se após a pandemia se houver eleições, se ele apoiaria o pop star, ele respondeu sem pestanejar, “óbvio que sim, ajudarei com certeza, o Fabrício a ser reeleito, independente da data do pleito.”

Apoio irrestrito
Indagado sobre insinuações de que teria brigado com o prefeito, por isso teria saído, Marchiori, rindo, respondeu que conhece Fabrício há mais de 30 anos, e que sempre teve total liberdade para realizar o seu trabalho com a maior retidão e transparência possível. “Essa é a marca desse governo, e só tenho é agradecer a oportunidade de ter ocupado cargos importantes no governo”, enfatizou Marchiori.

Foto (Divulgação)