Festinha do Trabalhador

04/05/2020 17:46

O secretário de Desenvolvimento Econômico da capital da pedrada e ex-do tiro ao vereador, Camboriú Mario Bianchet, que por uma coincidência danada do destino é irmão do vereador Mito Bianchet, aquele que largou o ninho tucano e filiou-se ao MDB da capital do mármore, quis fazer média com seus subordinados e bolou uma festinha em comemoração ao Dia do Trabalho.

Deboche
Um dos convidados para a festinha postou no feicebuque o encontro e em tom de zombaria ao COVID-19 cravou que ‘foram convidadas só 19 pessoas’. Na foto todos aparecem grudados e sem máscaras, parecendo ignorar que Camboriú tem um dos maiores índices de contaminados por habitantes. E o prefeito Elcio Bisturi Kuhnen (MDB) fez cara de paisagem pra peripécia do seu subordinado. Pracabá!

Vídeo (SSC-SBT)

Sumiu da conta a grana dos respiradores!

A semana terminou quente na Leleia na semana passada, e começou da mesma forma nesta por conta da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que foi aprovada, de forma histórica, por unanimidade para investigar o pagamento adiantado da bagatela de R$ 33 milhões por conta do governo do estado – via Secretaria da Saúde – em dispensa de licitação de 200 respiradores que não chegaram ainda e ninguém sabe se vai chegar.

Golpe do bilhete
O autor da criação da CPI, deputado bocudo e líder da bancada do PL e da oposição Ivan Naatz considera que está havendo uma grande junção de amadorismo e de má-fé com o dinheiro público. Segundo ele, o caldo entornou ainda mais nesta segunda, depois que dona Justa mandou bloquear os R$ 33 milhões na conta da Veigamed (a tal da empresa de fundo de quintal, do Rio de Janeiro), mas só encontrou só R$ 483,170 mil.

Cadê?
Agora, Naatz lasca que a sociedade catarinense exige saber onde estão os outros R$ 32.516.860,00? e quem será responsabilizado, governador Carlos Moisés? já que a equipe governamental vem dando a entender em entrevistas que tudo estaria dentro da normalidade, que erros existem e precisam ser apurados via sindicâncias internas, etc e tal. “Tá na cara que o governo caiu num conto do bilhete premiado, mas alguém facilitou essa situação dentro do governo “, sentencia.

Perguntas que não calam
Naatz acrescenta que muitas coisas precisam ser colocadas as claras nesta CPI que começa a ser instalada nesta terça-feira, 5, com a escolha e definição de nomes dos parlamentares integrantes. Entre estas questões: como e quem chegou até a empresa de fundo de quinta do Rio de Janeiro? Quem se beneficiou? O motivo de ter sido feito o pagamento adiantado e, onde estavam a Controladoria Geral do Estado e a tal da Secretaria da Integridade e Governança? já que quando foram criados estes dois setores, o governo Moisés alardeou pra toda a Santa & Bela Catarina que faria o governo mais técnico e honesto da história catarinense, mas…

Foto

Forças armadas afirmam que defendem a democracia, liberdade e a lei

Em nota o Ministério da Defesa se manifestou a favor da liberdade de expressão e repúdio a agressão de profissionais de imprensa (em referência a agressão de jornalistas por aloprados em manifestação, ontem na capital federal, em Brasília). A nota afirma ainda que, “As força armadas estarão sempre ao lado da lei, da ordem, da democracia e da liberdade. Esse é o nosso compromisso”. O que preceitua a Constituição, mas, importante a reafirmação.

As Forças Armadas cumprem a sua missão Constitucional.

Marinha, Exército e Força Aérea são organismos de Estado, que consideram a independência e a harmonia entre os Poderes imprescindíveis para a governabilidade do País.

A liberdade de expressão é requisito fundamental de um País democrático. No entanto, qualquer agressão a profissionais de imprensa é inaceitável.

O Brasil precisa avançar. Enfrentamos uma Pandemia de consequências sanitárias e sociais ainda imprevisíveis, que requer esforço e entendimento de todos.

As Forças Armadas estarão sempre ao lado da lei, da ordem, da democracia e da liberdade. Este é o nosso compromisso.

Fernando Azevedo e Silva
Ministro de Estado da Defesa

Foto (Divulgação)

Prefeito tá usando a foice sem parar

Além do secretário de Obras, o prefeito cabeça lustrada, Emílio Vieira (PSDB), acabou de exonerar o secretário de (In) segurança de Navegantes, recém chegado ao cargo.

Reunidos
Uma reunião tá rolando no paço navegantino do prefeito com o ex bagrão, neste momento e, tem gente nos corredores que não passa uma agulha com receio de em plena pandemia, ser mandado embora. O alcaide parece que chegou com uma foice e, tá mandando ver sem dó e nem piedade. Ai, ai, ai que dor!

Foto (Divulgação)

Prefeito manda secretário para o espaço

O prefeito do outro lado da vala, o cabeça lustrada Emílio Vieira (PSDB) chegou a milhão no paço da beiradinha do Itajaí-Açu, hoje. O alcaide usou da caneta e exonerou o secretário de Obras, Luiz Carlos Córdova Júnior.

Crítico
Não se ainda as causas da exoneração do agora ex-secretário de Obras e, qual o nome escolhido pra tocar a bagaça. A raça da língua estirada, alardeia que Luiz Carlos andaria critico com relação a obras sendo executadas na city dengo-dengo.

Dança do tchau, tchau
Os linguarudos de plantão que se espalham pela prefa de Navegantes, assopram que mais bagrões estariam na mira da caneta azul, azul caneta do burgomestre emplumado. Ai, qui dor!

Foto (Divulgação)

Luciano Hang reúne familiares, empresários e políticos em comilança em Itajaí

Um jantar restrito no chiquetoso restaurante Chez Raymond em Cabeçudas na city peixeira, reuniu familiares, empresários e políticos com o empresário carecão, Luciano Hang da rede Havan. Um dos presentes a comilança foi o vereador Victor Hugo Piccoli (DEM) que assumiu na semana passada uma cadeira na casa do povo da capital da pedrada e ex-do tiro ao vereador.

Rodízio
Victor assumiu no lugar da vereadora Inalda do Carmo no rodízio do Democratas de Camboriú. Espero que tenham observado as precauções no jantar, com relação ao maledito coronavírus já que o vereador e Luciano estão abraçados, o que não coaduna com as regras das autoridades de saúde.

Foto (Divulgação)

Aloprados agridem jornalistas

A meia dúzia de manifestantes aloprados que estiveram na carreata em frente ao Palácio do Planalto na capital federal, em Brasólia, ontem, agrediu com socos, murros e pontapés jornalistas do jornal Estadão. E, bem no Dia Mundial da Liberdade de Imprensa. Algo que tem que ser repudiado com veemência e não pode ser tolerado pelas instituições democráticas. E, por todos que defendem a liberdade de imprensa, como um dos pilares da democracia.

Foto (Divulgação)

Rolando Alexandre é o novo diretor geral da PF

O delegado Rolando Alexandre de Souza, número 2 da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), foi nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pra substituir Maurício Valeixo no comando da Polícia Federal.

Rolando
Rolando era braço-direito de Alexandre Ramagem na ABIN, que foi vetado por decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. Contudo, há quem diga nos bastidores do poder do Planalto Central que Rolando pode ficar por tempo determinado, assim, que houver possibilidade de nomear Ramagem.

Mundo dos Alexandres
É o mundo dos Alexandre. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes vetou Alexandre Ramagem no comanda da PF e, agora o presidente nomeou Rolando Alexandre.

Foto (Divulgação)