Enquanto isso…

30/04/2020 17:01

A nova denúncia apurada pela imprensa (e, ainda tem idiota que quer demonizar a imprensa) de superfaturamento em compra de máscaras pelo Governo do Estado traz ainda mais dúvidas sobre a equipe do governador Carlos Moisés, enrolada para explicar a compra de 200 respiradores por R$ 165 mil cada e, ainda por cima, o pagório adiantado do equipamento. Que não será entregue no prazo, se é que vai ser entregue.

Não é comigo
Em pronunciamento ontem, Moisés disse estranhar pagamento antecipado e que mandou abrir sindicância e inquérito policial para investigar os fatos. Cumé que é? O Governo compra 200 aparelhos por, pelo menos, o dobro do preço, estrebucha pagamento adiantado, não tem garantida de entrega no prazo, é denunciado pela imprensa, e a solução é mandar abrir sindicância pra apurar o que aconteceu? Me abana!

Morro e não vejo tudo
Tá certo que ele é Moisés, mas não faz milagres. Mas, pelo menos, os dez mandamentos da seriedade na administração da coisa pública ele deveria saber. Que dispensa de licitação não é autorização para fazer de qualquer jeito. Que o zelo com a grana pública vale também em época de epidemia. E que rapidez não pode ser sinônimo de incompetência, para dizer o mínimo. Abrir sindicância… Pois sim.

Foto (Divulgação)

Bolsonaro ataca ministro do Supremo

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), fez um ataque ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes que suspendeu a nomeação na Polícia Federal do delegado Alexandre Ramagem, considerando que a nomeação feria o principio da impessoalidade.

Tiro no pé
Bolsonaro, lascou que Alexandre de Moraes foi guindado ao Supremo por ser amigo do então presidente Michel Temer (MDB). Foi um tiro no pé, pois retirou a questão do plano jurídico e, pessoalizando e, trouxe solidariedade dos pares na corte que já começaram a se manifestar.

Ataque ao Supremo
Os ministros se manifestam solidários, por conta de entenderem que o Supremo foi atingido de forma institucional. Vai ser muito, mas, muito difícil, transformar o pesadelo em sonho desse jeito. E, num é?

Foto (Divulgação)

Chefe de Gabinete do prefeito de Navega-City tá com coronavírus

A chefe de gabinete do prefeito do outro lado da vala, em Navega-City, o cabeça lustrada, Emílio Vieira (PSDB), a Sol Sutil, testou positivo para o coronavírus. Sol pegou o resultado na manhã de hoje e, já se encontra em isolamento. O seu marido, Omar Bernadinho o Baga, teria feito o teste em Navegantes, ainda sem resultado. É fato de que Sol e Baga residem na bela praia de Cabeçudas na city peixeira. A preocupação de Sol é com sua mãe idosa e com o Baga que, também tá madurinho.

O prefeito Emílio não fez o teste por não apresentar sintomas.

Foto (Divulgação)

SC esfarrapada!

Em tempos da pandemia do maledito coronavírus, tudo bem que a galera tá em quarentena, mas a câmara de vereadores da terrinha do marisco bem que podia ser mais cuidadosa com os símbolos da Pátria.

Que vergonha
Na frente do prédio da leleia legisferante, as bandeiras do Brasil e da Penha já tão mais pra lá do que pra cá, mas o que tá feio mesmo – como mostra o flagrante de um leitor da Coluna e Blog do JC, enviado ao socadinho escriba – é a bandeira de Santa Catarina, totalmente esfarrapada. Que vergonha, né, presidente Isac da Costa (PL)? Oh, dor!!!

Foto (Leitor)