Mascarou geral

09/04/2020 19:00

Itajaí e Balneário Camboriú, também devem vão decretar o uso de máscara a partir da próxima segunda-feira. Itapema saiu na frente ao decretar a obrigatoriedade do uso de máscaras. Só que Itapema vai multar comerciantes e a população no geral, caso esteja na rua ou em comércios sem estar mascarado.

Balneário Camboriú, quando dedilho estas mais do que combalidas lidas, está discutindo como seguira o decreto das máscaras, se haverá ou não uma multa pra quem não estiver mascarado. Ainda não foi publicado.

Racional
Itajaí, vai sugerir o uso de máscaras e, distribuirá gratuitamente aos mais carentes máscaras. O que no entender do articulista do blog é o mais racional.

Imagem ilustrativa

Prefeita decreta ‘todo mundo mascarado’ e vai multar quem não usar

A prefeita bonitona da capital do ultraleve, Nilza Simas (PSD), assinou decreto tornando obrigatório o uso de máscaras em Itapema, a partir da próxima segunda-feira, dia 13. Nilza afirma que na segunda-feira, estaremos retomando ao trabalho e, que na Coreia do Sul, pra que não se voltasse ao isolamento social, foi instituído o uso de máscaras.

Multas
Nilza, avisou que o pessoal que trampa nos comércios terá que usar máscaras e, que se permitirem a entrada de pessoas sem ser ‘mascarados’, serão tomadas medidas que vão de multas de 189 reais na primeira vez. Na segunda autuação, R$ 379 reais e, se rolar uma terceira vez o estabelecimento sera fechado. Qui dor!

No lombo
Assim, como todos os cidadãos que estiverem nas ruas, serão obrigados a usar. Se estiver na sem máscara, leva no lombo uma multa de 104 reais. A prefeita ressalta que pode ser máscara caseira, etc. Nilza é enfermeira de profissão, deve saber o que está fazendo. Ou não?

Num é
Contudo, bem que poderia fazer parcerias na fabricação de máscaras pra distribuir à população. Por fim, Nilza diz que o objetivo das multas não é arrecadatório. Então tá.

Mas, bem que poderia ter dito que os valores seriam destinados ao combate ao maledito coronavírus.

Foto (Divulgação)

Hospital de campanha? Tem que investir os recursos no Hospital Marieta

Essa história de um hospital de campanha no centro de eventos da city peixeira que funcionaria durante seis meses ao custo de uma mega sena de 76 milhões de reales é algo absurdo. E, ficou mais do que claro que o prefeito barbudinho Volnei Morastoni (MDB), priorizou desde sempre que recursos sejam investidos no maior hospital de Santa Catarina, o Marieta Konder Bornhausen e não nessa ideia estapafúrdia.

Desde sempre
A prefa peixeira sob o comando do prefeito barbudinho VM, desde sempre lutou com os seus próprios recursos e estrutura, enquanto o governador Carlos Moises (PSL), fazia promessas e promessas em vídeos. Gastar milhões em algo que não será duradouro é jogar recursos preciosos no ralo. Vamos combater o maledito Covid-19, investindo verdadeiramente na saúde, no hospital Marieta.

Inventar moda
Por mais que pareça uma boa ideia, o tal de hospital de campanha e que tem muitos pais no momento pra essa história, sou obrigado a concordar com a manifestação do vereador futebolista Nikolas Reis (Podemos) que foi contrário a essa ideia do governador de montar um hospital de campanha no centro de eventos, que ponderou que os recursos irão enriquecer a empresa que vai instalar o hospital de campanha que depois não vai servir pra mais nada. Sim, enriquecer. Verdade.

Marieta
Os recursos como sempre defendeu o prefeito Volnei precisam ser investidos no complexo Madre Teresa que faz parte do hospital Marieta que, além de oportunizar a necessidade de leitos pra tratar infectados do coronavírus, a estrutura será permanente para atender pacientes da toda região. Podem criticar como for, mas, com dificuldades de toda ordem o Marieta atende toda a região e, com parcos recursos.

Cachola
Há quem diga que a ideia de fazer um hospital de campanha milionário que funcionara por curto período no centro de eventos de Itajaí, foi da cachola da deputada estadual bonitona e líder do governo na leleia, Paulinha da Silva (PDT) que quer ganhar politicamente com o hospital milionário de seis meses.

Estrutura
Precisamos de mais leitos, estrutura, investimentos, mas, repito que sejam investidos no hospital Marieta Konder Bornhausen. Esses recursos no hospital vão oportunizar o combate e tratamento dos possíveis infectados na pandemia do coronavírus com a criação de mais leitos. E, a estrutura vai permanecer. O resto é política, em cima da doença. Lamentável.

Foto (Divulgação)