Imposto sobre grandes fortunas contra o maledito Covid-19

24/03/2020 10:26

O senador Plínio Valério (PSDB-AM) sugeriu nas redes sociais a votação urgente do Projeto de Lei (PLP) 183/2019, de sua autoria que taxa as grandes fortunas. Plínio defende incluir o novo imposto entre as fontes de recursos para conter a disseminação do maledito coronavírus.

Acima de 22 milhões ⠀
De acordo com a proposta, o Imposto sobre Grandes Fortunas (IGF) vale para quem tem patrimônio líquido superior a R$ 22,8 milhões, com alíquotas entre 0,5% e 1%.

Devagar
A matéria tramita à passos de tartaruga na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) e aguarda a designação de relator pelo presidente do colegiado, Omar Aziz (PSD-AM).

Desde 2019
O projeto foi encaminhado à CAE no longínquo agosto de 2019, mas, nadicadenada do relatório para que os abençoados da comissão o analisem. “Se nosso projeto de lei de taxação das grandes fortunas tivesse sido aprovado, o Brasil estaria contando com tantos bilhões a mais para combater o coronavírus. E o governo não precisaria estar esperando uma colaboração para equipar hospitais e comprar equipamentos para profissionais”, observou Plínio.

Foto (DIvulgação)

Autor: JC

JC é colunista político do Diarinho, o jornal que todo mundo lê, até quem diz que não. A missão do socadinho escriba é disseminar a discórdia, provocar o tumulto e causar o transtorno, para o bem da coletividade.

Compartilhe: