CPI Plano Diretor

08/11/2018 09:07

Foi aprovada por unanimidade a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que visa investigar possíveis atos de improbidade administrativa de servidores por conta do projeto de atualização do Plano Diretor de Navega-city.

Alertou
O Ministério Público alertou as excelências excelentíssimas após a primeira votação na câmara que aprovou o Plano Diretor de que havia mudanças na proposta original. Os vereadores acataram o pedido do MP pra brecar na sessão do dia 23. E, na segunda-feira instituíram a CPI.

Unanimidade
O requerimento foi apresentado pelos vereadores Cirininho, Jassanan (MDB), Murilo (PT) e Paulo (PSD). O vereador Paulo Melzi (PSD) é o presidente, Murilo Cordeiro o relator e Jefferson Macarini (PSDB) ficou como membro da CPI. A Comissão tem prazo de 90 dias e, a primeira reunião acontece na próxima sexta-feira.

Desgaste
Oposicionistas alegam que será mais um desgaste ao governo do prefeito meio-careca, Emílio Vieira (PSDB) que enfrenta a segunda CPI em dois anos de mandato. Já outros de que na verdade, o proposito além de segurar a engronha é saber até onde pode ter o dedo do ex-prefeito de Navegantes, Bob Carlos (sem partido) no PD.

Lá atrás
O projeto de atualização do Plano Diretor além de ser do tempo do seu governo, estava tramitando justamente na pasta, onde Bob estava lotado, antes de ser sumariamente exonerado pelo atual prefeito, por conta do rescaldo eleitoral.

Foto (Divulgação)

Autor: JC

JC é colunista político do Diarinho, o jornal que todo mundo lê, até quem diz que não.A missão do socadinho escriba é disseminar a discórdia, provocar o tumulto e causar o transtorno, para o bem da coletividade.

Compartilhe: