Univali na lona

06/12/2017 16:51

O pau pegou na última reunião do Conselho de Administração da Fundação Pública Univali. Tudo porque o presidente, Mário Cesar dos Santos, não quis atender um pedido de inversão de pauta.

Bombástico
O assunto principal da reunião era o bombástico relatório que foi produzido por uma comissão interna para abrir a caixa preta da nossa fundação filantrópica sem fins lucrativos. O presidente não permitiu a inversão e, quando a matéria veio a debate, começou a dar canelada no relator da Comissão.

Confrontado
O representante da piramidal casa do povo de Itajaí foi novamente confrontado e até constrangido pelo presidente do Conselho, que também é o reitor mais bem pago do Brasil. O relatório de dezenas de páginas, segundo o representante da piramidal, a que não teve acesso, foi o motivo da confusão.

Abriu a boca
Quando menos se esperava, o relator da matéria, conselheiro Luís Carlos, abriu a boca para denunciar que a comissão tinha sido chamada pelo reitor, um dia antes, e que foi intimidada a fazer silêncio sepulcral sobre o teor do relatório.

Estratégicas…
Segundo o próprio represente da Câmara, a resistência do reitor em distribuir o relatório aos conselheiros seria por ‘questões estratégicas’. Ora, se a Univali estivesse bombando, esse argumento poderia até ser considerado. Mas do jeito que a barcaça navega…

Queda livre
Mas como ela está na lona, não há nenhum interesse por parte dos possíveis concorrentes em se apropriar da queda livre da nossa Univali, que está pedindo uma dinheirama danada, milhões de reais emprestados.

Gravíssima
Segundo o relatado verbalmente pelo conselheiro relator da comissão, a situação financeira da Univali é gravíssima, pois seriam necessários, num cenário otimista, uma porrada de empréstimos.

Poço sem fim
Empréstimos de mais R$ 21 milhões em 2018 e R$ 40 milhões em 2019, além dos R$ 55 milhões já captados este ano, tudo para cobrir capital de giro da nossa fundação pública Univali, que não consegue gerar receitas suficientes para cobrir suas despesas. Que gestão, hein?

Escondeu
Na ocasião, o relator da comissão falou abertamente que a análise realizada evidenciou que o reitor, mancomunado com seu diretor financeiro, escondeu deliberadamente tudo do próprio tesoureiro da Fundação Univali.

Fraude
O relator da comissão, nos últimos meses, foi até mesmo impedido de continuar tendo acesso às informações do fluxo de caixa da Fundação Univali.
Ainda com a palavra, disse na caruda que a empresa de auditoria independente contratada pela Fundação Univali nos últimos anos é uma fraude.

Cara de paisagem…
O relator debulhou que a empresa de auditoria fez cara de paisagem e foi propositalmente omissa em todas as suas manifestações e pareceres, também ajudando a esconder a real situação financeira caótica da instituição.

Hummmm…
O comentário que está aguçando os ouvidos de muitos é o iminente perigo de naufrágio que ronda a nossa universidade. Será que atual gestão quebrou a Univali e não quer mostrar os números?

Convocar
Preocupados com atitude do reitor, a falta de transparência e a não distribuição do relatório da comissão que analisou a crise, a piramidal casa do povo poder vir a convidar o ‘relator do relatório’ para explicar a real situação da Fundação Univali já nas próximas sessões, declarou o vereador Fernando Pegorini (PP), na sessão da noite de ontem (05/12).

Ai, ai, ai que dor!
Dependendo do que está no documento, uma CPE poderá ser instalada para descobrir a real crise da nossa Univali. Além da CPE, o que mais virá pela frente? Ai, ai, ai. Me belisca!…

Foto (Divulgação)

Autor: JC

JC é colunista político do Diarinho, o jornal que todo mundo lê, até quem diz que não. A missão do socadinho escriba é disseminar a discórdia, provocar o tumulto e causar o transtorno, para o bem da coletividade.

Compartilhe: