Ritmo Circadiano e sua performance!

17/09/2019 21:11

Ritmos Circadianos

Já ouviu falar em ritmo circadiano?

Resultado de imagem para ritmo circadiano
Ritmo circadiano ou ciclo circadiano (do latim “circa” = cerca de + “diem” = dia) designa o período de aproximadamente 24 horas sobre o qual se baseia o ciclo biológico de quase todos os seres vivos, que sofrem influencias principalmente pela variação de luz, temperatura, marés e ventos que sopram entre o dia e a noite.

 

Partindo desta pesquisa realizada, a  hora que ingerimos as nossas refeições faz toda diferença na perda de peso, você sabia disto?

Algumas pesquisas sugerem que o horário que você come pode ser fundamental tanto quanto o que você come, para otimizar sua perda de peso e seu ritmo circadiano.

Os ritmos circadianos são impulsionados por relógios biológicos dentro de nossos corpos. O cérebro tem um relógio biológico chefe, que traz influencia principalmente no que diz respeito aos relógios “periféricos” nos músculos e órgãos, qual é a suposta hora do dia, levando a mudanças na produção de hormônios relacionados a gasto energético, fome e saciedade.

Os processos metabólicos que ocorrem dentro de nós operam em taxas diferentes ao longo de um período de 24 horas. Isto é, nosso metabolismo ao longo do dia gasta mais ou menos energia simplesmente pelo horário que se encontra.

Por isso, respeitar as alterações no relógio biológico, como modificar o horário da refeição principal, pode influenciar o grau de perda de peso durante um tratamento para emagrecer. Ou vice-versa.

De acordo com estudos atuais, se você acorda às sete da manhã e vai dormir às onze da noite, por exemplo, para que o metabolismo funcione de forma saudável o ideal é tomar o café da manhã às sete/oito horas da manhã, almoçar ao meio dia, fazer o jantar até às 19 horas, no máximo! Neste quesito observo a queixa fundamental de muitos clientes… a falta de disciplina com a última refeição.
Desta forma, a hora de cada refeição deve variar proporcionalmente conforme o horário em que você acorda e dorme, evitando ter a principal refeição do dia após às 15 horas.

Da mesma forma, fazer atividade física pela manhã parece ajudar mais na perda de peso do que pela noite, segundo também algumas linhas de estudo.

De qualquer forma, somos seres únicos, devemos individualizar esta rotina e estar atentos a tudo.
Quem trabalha com plantão noturno, de fato, que deve evitar comer nos períodos noturnos.

Devemos evitar comer mais calorias durante a noite.

O hábito de jantar cedo, uma refeição mais leve e com intervalo de 2h, no máximo, da hora de dormir.

Além disso, fazer a principal refeição do dia no começo da tarde parece ser positivo.

Além disso alternar ao menos uma vez ao mês, o jejum intermitente parece um plus detox para o nosso organismo, que por si só, já é bem sobrecarregado!

Anote aí algumas dicas, sempre funcionam:


Continue lendo “Ritmo Circadiano e sua performance!”

“Desembale menos, descasque mais…”

10/09/2019 23:44

Nosso papo de hoje foi super, hiper, mega construtivo… o professor Terapeuta Naturalista Claudio Lima nos deixou dicas preciosas!

O evento terá a taxa de R$50,00 a ser paga por pessoa, para ajudar nas despesas do evento.

Antecipando um pouco dos temas que serão abordados no domingo no Saúde Day, segue um pouco do que irá rolar:

-CICLO MENSTRUAL & ATIVIDADE FÍSICA!

A maioria das mulheres que se exercitam regularmente sabe o quanto o ciclo menstrual pode atrapalhar no desenvolvimento de determinadas atividades físicas, seja pelas dores e cansaço ou mesmo devido às alterações de humor. Por isso, entender essas fases é fundamental para todas as atletas!

Seis dias antes de iniciar o período menstrual, a mulher ganha mais resistência física e os treinos podem ser mais pesados. Na fase da ovulação (normalmente 12-14 dias antes do início da menstruação), a resistência e a força física diminuem e o corpo pode não ter o mesmo rendimento.

Entre o período em que os sintomas da TPM estão fortemente presentes (normalmente 2-3 dias antes da menstruação) e a menstruação, algumas mulheres sentem dores e cólicas, por isso, o mais recomendado nestes casos é realizar exercícios leves.

Durante a menstruação, o desempenho físico do corpo é normalizado, porém, o sangramento pode causar desconforto, por isso se for melhor, opte por atividades mais tranquilas.

Cada mulher possui um ciclo menstrual único com características próprias. Entretanto, o ideal é não deixar que essas alterações físicas e emocionais a impeça de se exercitar. Caso esteja encontrando dificuldades, reveja a sua alimentação e hábitos diários.

Da máxima:

-“DESEMBALAR MENOS, DESCASCAR MAIS”, cá estamos nós!

*Pense nisso e Viva Melhor!
Nosso doador de informações, professor Cláudio Lima, estará no evento domingo! Não percam!

Maiores informações sobre o Evento,  com Marlene Faustino, no telefone (47) 99735-9968.

 

Bolo Vivo! Tudo in natura!

06/09/2019 17:52

Hoje a dica é literalmente deliciosa!

Já comentei com vocês, que beleza e saúde caminham de mãos dadas! E nossa receita de hoje vem da Terapeuta Naturalista Marlene Faustino.

Anotem a receita deliciosa:

1 maçã orgânica sem casca

Meio limão galego

1 xíc. de aveia sem glúten

100g de uvas passas

2 bananas caturras amassadas

4 morangos orgânicos

1 coco in natura ralado a gosto!

Para iniciar, rale a maçã e coloque gotas de limão para auxiliar a manter a cor.

Depois amasse a banana, misture a aveia e mexa bem!

Feito isso adicione o morango picadinho e as passas escuras. Por último, acrescente o coco ralado in natura!

A receita faz parte de um cardápio detox, que auxilia na vontade de comer a doçurinha de cada dia!

Espero que tenham gostado!

O Microtox você conhece?

01/09/2019 22:20

 

Já ouviu falar em Microtox?

A técnica é nova, mas… tem sido bastante discutida nos Congressos de dermatologia e estética médica.

Só que, o mais importante, é que ela é comprovadamente segura e eficaz no que se dispõe.

Batizada como Microtox, o procedimento consiste na injeção de toxina botulínica com técnica diferente da habitual para conseguir resultados sutis. A nova forma de  aplicação preserva os movimentos microfaciais e garante uma aparência natural.

Legal, né?!?

Avessa do tratamento convencional, que impacta mais amplamente os músculos do rosto, o Microtox permite realizar aplicações em músculos superficiais específicos, possibilitando respostas de  resultados ainda mais efetivos.

A nova técnica, traz a possibilidade de entregar microdosagens da toxina, indicadas para músculos mais finos (sejam eles pequenos ou grandes e longos), tratando as rugas superficiais de uma forma harmônica e homogênea, de forma discreta, deixando o paciente com aspecto natural e saudável e, claro, o melhor: naturalmente jovem!

Como acontece com a aplicação da toxina botulínica, a indicação do Microtox não apresenta restrições quanto à idade ou o tipo de pele.

Porém, é necessário sempre consultar um médico especialista para que ele esclareça todas as suas dúvidas sobre esse novo procedimento em questão. Eu que já sou fã da técnica convencional, em breve quero testar o Microtox!

Eu super curti a idéia da naturalidade… e vocês?!

E por falar em novidades… bem-vindo, Setembro!!

Beijos!