Testoni e Zaguini: duas perdas para Itajaí

18/06/2017 18:45

O fim de semana em que ainda se comemora o aniversário de Itajaí foi marcado pela despedida a duas pessoas muito marcantes para a cidade: Tibério Testoni e Hélio Zaguini. Ambos morreram na madrugada do sábado, 17 de junho. Testoni estava internado em Curitiba/PR, enquanto o médico se tratava no hospital Marienta Bornhausen, em Itajaí.

Hélio Zaguini

O oftalmologista Hélio Zaguini tinha 85 anos. Uma semana antes do falecimento, o antigo médico do Detran sofreu uma queda em casa e quebrou duas costelas, além de desencadear um edema cerebral. O sepultamento dele, assim como o do empresário Tibério Testoni, foi realizado na manhã de domingo, 18, no cemitério da Fazenda.

Sobre o doutor Zaguini, o DIARINHO publicou no site uma nota comunicando a morte e ainda citou um breve necrológico: “Natural de Itajaí, Hélio é considerado o primeiro oftalmologista da cidade. Ele chegou a trabalhar no antigo Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (Inamps) e há mais de 20 anos era médico no Detran de Itajaí. Ele era solteiro. Deixa dois irmãos e cinco sobrinhos. Um dos irmãos era dono da tradicional ótica Zaguini, que fechou há cerca de três anos, no centro de Itajaí. O oftalmologista chegou a ter clínica perto do batalhão de Polícia. Muitos clientes consultavam com ele e faziam os óculos na loja do irmão.”

Tibério Testoni

Tibério Testoni tinha 71 anos. Ele sofria de câncer nos rins e outros problemas de saúde. Era natural de Ascurra, no Médio Vale do Itajaí, casado com dona Erna Testoni, pai de quatro filhos (dois falecidos) e tinha três netos. Um dos filhos, Giovani Testoni, atualmente ocupa o cargo de secretário municipal de Desenvolvimento Emprego e Renda (Seeder) de Itajaí.

A prefeitura divulgou nota de pesar em que divulga o decreto de três dias de luto e ainda resumiu a biografia do político e gestor. “Homem público articulador e influente em Itajaí, Tibério foi empresário do ramo de combustíveis, dirigente patronal, diretor de esportes do Clube Náutico Marcílio Dias, secretário municipal em várias gestões e vereador na legislatura de 1983 a 1988, sendo presidente da Casa Legislativa de 1987 a 1988.”

O jornalista e escritor Magru Floriano postou na página Itajahy de Antigamente, do Facebook uma síntese da vida política de Testoni: “Teve grande destaque no setor político de Itajahy: secretário do primeiro Governo Schmitt, vereador [82/88 pelo MDB] e presidente da Câmara Municipal de Itajahy; candidato a deputado estadual pelo PSDB; dirigente local do PEN – Partido Ecológico Nacional [2016/7] e seu pré-candidato a prefeito nas eleições de 2016.”

O DIARINHO publicou em 14 de maio de 2016 um Entrevistão com Tibério Testoni, onde cita as suas experiências profissionais e políticas: agricultor, seminarista, garçom, churrasqueiro, terceiro sargento do Exército, motorista de caminhão, frentista e empresário do ramo de combustíveis. Na reportagem, ele fala da perda de um dos filhos, do posto Fazendão, da doença, da fé inabalável em Jesus Cristo e Nossa Senhora de Lourdes, do perdão e da vida política. Leia neste link:

https://diarinho.com.br/noticias/entrevistao/%C2%93a-corrupcao-maior-nao-esta-no-governo-federal-ou-estadual-esta-nos-governos-municipais%C2%94/

E sobre sua crença na cura do câncer, escrevi uma reportagem em 23 de maio de 2016 que atesta o entusiasmo de Testoni com o método Kovacsik praticado em Itajaí: https://diarinho.com.br/noticias/geral/tratamento-alternativo-para-o-cancer-promete-a-cura-da-doenca-em-itajai/

 

Compartilhe: