Nova mudança na liderança embaralha sexta etapa da Volvo Ocean Race

12/02/2018 18:12
Leg 6 to Auckland, day 06 on board Sun hung Kai/Scallywag. When I launched the drone it was so wet so I wondered how long it was actually going to fly before having an electronic issue. Thankfully nothing happenned. 12 February, 2018.

O barco Sun Hung Kai Scallywag é o novo líder da sexta etapa da Volvo Ocean Race 2017-18, percurso entre Hong Kong e Auckland (Nova Zelândia). No placar desta segunda-feira (12), o time de Hong Kong aparece em primeiro lugar.

Junto com o AkzoNobel, da brasileira Martine Grael, o Scallywag consegue ventos mais rápidos no Mar das Filipinas, ao contrário do pelotão mais ao norte.

A equipe adotou uma estratégia diferente dos adversários na semana passada e viu Team Brunel e MAPFRE se revezarem na ponta.

A posição no mapa pode ser favorável a Scallywag e AkzoNobel na passagem pelos Doldrums. Na etapa 4, os dois barcos tiveram boas escolhas na mesma faixa – só que com sentido inverso – e terminaram em primeiro e terceiro lugares, respectivamente.

Mas do outro lado da flotilha, os antigos líderes querem chegar primeiro aos Doldrums.

Leg 6 to Auckland, day 06 on board Sun hung Kai/Scallywag. David Witt bringing a good mood at the back of the boat.12 February, 2018.

“Parece uma transição bastante rápida, está cerca de três ou quatro dias. Estamos ansiosos por entrar nisso”, disse Peter Burling, do Team Brunel.

“O vento irá lentamente subir à medida que entramos nos ventos alísios, e chegaremos ao vento cerca dos 65 graus. Estamos muito felizes com isto, pois parece ser bastante rápido nestas condições”.

“Eles tiraram uma carta da sorte”, disse Dee Caffari, skipper do Turn the Tide on Plastic, falando sobre o Scallywag. “Eles cometeram um erro, na verdade, mas eles ficarão nesta frente fria por mais tempo. Eles vão felizes fazendo 20 nós, enquanto nós temos que lidar com esta transição”.

MAPFRE, Turn the Tide on Plastic, Dongfeng Race Team e Team Brunel estão todos à vista um do outro, separados por menos de quatro milhas.

Leg 6
Hong Kong to Auckland
12 February 2018
Positions at: 15:36 UTC
DTL nm GAIN_LOSS STATUS SPEED kt COURSE TWS kt TWD DTF nm
1 SHKS 0.00 0.00 RAC 12.5 149º 15.0 90º 3780.23
2 AKZO 7.86  3.18 RAC 9.3 138º 9.0 42º 3788.08
3 DFRT 19.99  16.34 RAC 10.8 240º 11.3 10º 3800.22
4 TTOP 20.33  16.69 RAC 4.6 130º 4.0 34º 3800.56
5 MAPF 20.58  17.02 RAC 10.3 238º 12.8 18º 3800.81
6 TBRU 21.51  17.65 RAC 2.5 108º 3.0 13º 3801.74
7 VS11 DNS

Barco de Martine Grael adota estratégia diferente e perde contato com líderes

09/02/2018 18:28
Leg 6 to Auckland, day 03 on board Dongfeng. 09 February, 2018. Marie Riou in action at the bow in rough conditions.

Os barcos team AkzoNobel e o Sun Hung Kai / Scallywag adotaram estratégias diferentes do restante das equipes da Volvo Ocean Race e pagam, pelo menos por enquanto, um preço alto pela escolha mais ao norte.

Os dois barcos rumaram ao norte imediatamente depois de passar a ponta do sul de Taiwan, e assim a flotilha ficou dividida! O vento é bem mais fraco no Mar das Filipinas para o time da brasileira Martine Grael (team AkzoNobel).

”Isto está errado, muito errado”, disse a campeã olímpica Martine Grael. “Nós vamos para o norte, noroeste, e nosso destino é sul-sudeste!”

A diferença do AkzoNobel, que é o último, para o pelotão da frente aumentou nas últimas horas, chegando a mais de 120 mil milhas náuticas do líder Team Brunel.

Leg 6 to Auckland, day 02 on board Brunel. Upwind in 35 knts along Taiwan. 08 February, 2018.

“Nós fomos para norte muito cedo”, admitiu o navegador do AkzoNobel, Jules Salter. “Estamos  desapontados. Tomamos a decisão com bastante rapidez para rumar a norte, parecia que tudo estava alinhado, Scallywag também foi, no primeiro turno estávamos bem, no segundo já não muito. Os quatro primeiros já foram, e agora somos nós os dois cá para trás”.

A sexta etapa, que liga Hong Kong e Auckland (Nova Zelândia), tem Dongfeng Race Team e MAPFRE estão na cola do adversário holandês.

O líder do Dongfeng, Charles Caudrelier, admitiu que o barco chinês quase se juntou aos dois barcos do norte, mas decidiu que ainda era muito cedo.

“Para ser honesto, quando o AkzoNobel e o Scallywag cambaram, pensamos em fazer, mas achamos que era um risco demasiado grande. Parece que eles estão agora com dificuldades”.

Leg 6 to Auckland, day 03 on board Dongfeng. 09 February, 2018. Black trimming the sheets.

O francês acrescentou: “É a etapa mais complicada em termos de clima, não chega apenas ter uma boa cabeça, você também precisa de um pouco de sorte. Há tanta transição para a frente, eu não sei qual será o momento-chave, então estamos sempre muito focados e tentando optimizar a nossa progressão com pequenos ganhos”.

Leg 6
Hong Kong to Auckland
9 February 2018
Positions at: 13:00 UTC
DTL nm GAIN_LOSS STATUS SPEED kt COURSE TWS kt TWD DTF nm
1 TBRU 0.00 0.00 RAC 15.3 58º 18.0 127º 4812.72
2 DFRT 0.84  0.21 RAC 12.7 53º 17.8 102º 4813.55
3 MAPF 1.28 0.21 RAC 12.9 37º 15.5 105º 4814.00
4 TTOP 8.09 0.10 RAC 12.8 35º 16.8 98º 4820.81
5 SHKS 124.50  51.73 RAC 10.2 62º 11.0 116º 4937.22
6 AKZO 126.60  44.59 RAC 10.5 52º 9.3 100º 4939.32
7 VS11 DNS

 

Hong Kong sedia duas regatas costeiras da Volvo Ocean Race

26/01/2018 17:56
Hong Kong practice race on board Sun Hung Kai/Scallywag. 25 January, 2018.

O fim de semana será de regatas em Hong Kong, onde o circo da Volvo Ocean Race está instalado. Neste sábado (27), os barcos disputam a HGC In-Port Race, evento tradicional nas etapas e que vale como desempate na classificação geral da Volta ao Mundo.

Além da in-port, os times voltam à água no domingo (28) para a Hong Kong Island Race Around, uma prova ao redor de Hong Kong.

Os resultados das duas regatas serão combinados e marcados como um evento para a classificação geral das In-Ports, que tem como líder o espanhol MAPFRE.

Dongfeng Race Team tem um ponto atrás e o Team Brunel completa o pódio.

O Sun Hung Kai / Scallywag terá a torcida dos fãs em Hong Kong. O barco foi o vencedor da quarta etapa, que saiu de Melbourne, na Austrália, e terminou em Hong Kong.

Enquanto isso, o Vestas 11th Hour Racing anunciou que não participará das regatas costeiras de Hong Kong neste fim de semana e na quinta etapa de Hong Kong a Guangzhou.

A equipe está coordenando os reparos necessários em seu barco causados ​​por uma colisão com um pesqueiro antes do fim da quarta perna.

Como acompanhar a HGC In-Port de Hong Kong:

Acesse www.volvooceanrace.com para ver ao vivo a transmissão a partir de 2h50 (Horário de Brasília)

No Facebook Live: faremos a mesma retransmissão através da web; no entanto, você pode visitar nossa página para definir um lembrete e não perder.

Siga-nos no Twitter: estamos no @volvoooceanrace … e compartilharemos a ação ao vivo, além de mostrar o melhor conteúdo das equipes, patrocinadores e fãs da regata. Acesse também o live.twitter.com/volvooceanrace e tweet com #volvooceanrace.

Baixe o nosso aplicativo: é completamente novo, está cheio de conteúdo excelente e se encaixa no seu celular. Para obter o aplicativo oficial Volvo Ocean Race, entre na App Store ou no Google Play para fazer o download.

Tabela da Volvo Ocean Race In-Port Race Series

1. MAPFRE – 19 pontos
2. Dongfeng Race Team – 18 pontos
3. Team Brunel – 13 pontos
4. Vestas 11th Hour Racing – 12 pontos
5. team AkzoNobel – 11 pontos
6. Sun Hung Kai / Scallywag – 6 pontos
7. Turn the Tide on Plastic – 5 pontos