Felipe Massa deixa a Venturi

13/08/2020 17:30

O brasileiro Felipe Massa anunciou sua saída da equipe monegasca ROKiT Venturi Racing após a última corrida da temporada 2019-20 da categoria dos carros elétricos, a Formula E.

O piloto ficou em 16º lugar no último ePrix, realizado em Berlim, na Alemanha, nesta quinta-feira (13). A vitória ficou com o belga Stoffel Vandoorne (Mercedes Benz EQ) na pista improvisada no Aeroporto de Tempelhof. Com o resultado, o ex-F1 terminou a competição na 22º colocação com apenas 3 pontos.

Os resultados de Felipe Massa na Formula E foram discretos até o momento. O paulista conseguiu ficar entre os melhores para a Super Pole por cinco vezes e garantiu oito posições entre os dez primeiros – incluindo o terceiro lugar no E-Prix de Mônaco na temporada anterior, etapa de casa de sua equipe. Foram ao todo 24 corridas e 39 pontos acumulados.

Após a prova, Felipe Massa deixou o futuro em aberto e agradeceu aos companheiros da ROKiT Venturi Racing. ”As duas últimas temporadas foram de aprendizado para todos nós e, infelizmente, por vários motivos, não alcançamos o que esperávamos! Apesar disso, foi muito divertido e desejo à equipe nada além de muita sorte para o futuro. Estou ansioso para anunciar meus planos futuros em breve”.

”Sair de uma equipe nunca é uma decisão fácil de tomar. Deixamos boas memórias em conjunto e isso me deu a oportunidade de aprender algo completamente diferente do que estou acostumado, então, antes de tudo, quero agradecer ao [Presidente do Venturi] Gildo [Pastor] e Susie [ Wolff] por sua confiança em mim. Foi uma honra fazer parte da única equipe de automobilismo do Principado de Mônaco, e representá-los no pódio no E-Prix de Mônaco foi um destaque para mim”, disse Felipe Massa.

Susie Wolff, diretora da equipe ROKiT Venturi Racing, também agradeceu a Felipe Massa pelo empenho nesses anos. “O Felipe trouxe muito para a equipe. Ter alguém com seu perfil, calibre e experiência ajudou muito a impulsionar a equipe. Tenho muito respeito pelo Felipe. Foi uma alegria trabalhar com ele novamente e desejo a ele o melhor para o futuro”.

O suíço Edoardo Mortara, companheiro de Felipe Massa, terminou em 14º no campeonato com 41 pontos. A temporada 2019-20 foi vencida pelo português António Felix da Costa, que ajudou a sua equipe DS Techeetah a levar o título de construtores.

Autor: Flávio Perez

Flávio Perez é jornalista esportivo e gestor de esportes.

Compartilhe: