Regatas parelhas na Semana de Vela de Ilhabela virtual

28/07/2020 23:09

Antes do texto enviado pela On Board Sports, segue a súmula completa das regatas do dia da Semana Internacional de Vela de Ilhabela – Virtual Edition.

Foram quatro flotilhas e duas regatas pra cada.

No Offshore e no J70

resultado bateria verde 2 regatas

resultado bateria amarelo 2 regatas

resultado bateria azul 2 regatas

resultado bateria branca 2 regatas

Agora o texto — http://onboardsports.net/equilibrio-nas-primeiras-regatas-virtuais-da-semana-de-vela-de-ilhabela/

A competição contou com mais de 70 velejadores divididos em quatro baterias: Azul, Amarela, Verde e Branca.

Os participantes correram duas regatas cada na versão inshore do game nas raias virtuais de Marselha (França) e Sydney (Austrália), e cada uma com um tipo de barco barcos: J70 e Offshore.

Na Flotilha branca quem lidera é Ricardo Paranhos, mais conhecido na vela como Canelão. O atleta, que faz campanha olímpica para a classe 470 com Rodolfo Streibel, venceu uma regata e terminou a outra em segundo lugar.

”Comecei a jogar o jogo Virtual Regatta durante a quarentena como uma maneira de manter a cabeça ativa e correndo já que os treinos na vida real estavam paralisados”.

”Hoje felizmente consegui velejar bem nas duas regatas. Consegui fazer boas largadas, o que facilitaram o resto”, disse Ricardo Paranhos do perfil dele é o @Canelão_470.

O parceiro de Ricardo Paranhos na classe 470  Rodolfo Streibel está em sétimo lugar na Flotilha Amarela, que tem Marcos Guedes Calonico @Caipirinha como líder.

Na Flotilha Verde, Ader Santos é o líder no geral com barco/perfil @Samis ARMAZÉN NAVAL.  ”Nível alto! Se você não entrar concentrado desde o início fica bem difícil de recuperar”.

”No último minuto é fundamental verificar as rajadas e birutas. Ou você larga no lugar certo, ou fica no segundo pelotão em poucos segundos”.

Um dos nomes de destaque da vela também está presente nas regatas da Semana Internacional de Vela de Ilhabela – Virtual Edition.

Nick Pellicano Grael, filho de Lars Grael, se inscreveu para as regatas com o barco @NickGrael49er e está em terceiro lugar na Verde.

”As regatas estão sendo muito bem organizadas como sempre! O nível dos competidores está cada vez mais forte com o passar da pandemia e as pessoas tendo muito tempo para jogar!”, disse Nick Grael.

”Está cada vez mais difícil!!! Consegui ir bem hoje e vamos ver ver como me saio amanhã!”.

Na Azul, o melhor desta terça-feira foi o perfil @philipp_ de Phillip Grochtmann.

Nesta quarta-feira (29), serão disputadas mais regatas eliminatórias em três raias virtuais diferentes: Newport (EUA), Porto Cervo (Itália) e Maiorca (Espanha).

As provas começam às 19h com transmissão pelo site www.sivilhabela.com.br.

Jorge Zarif recorda momentos da Semana Internacional de Vela de Ilhabela no MIT Talks

O velejador olímpico Jorge Zarif participou nesta segunda-feira (27) do primeiro dia da Semana Internacional de Vela de Ilhabela – Virtual Edition. O principal evento da modalidade na América do Sul se adaptou à nova realidade em função da COVID -19 e fará sua edição de número 47 de maneira remota.

O atleta paulista fez parte do MIT Talks, painéis realizados em parceria com sua patrocinadora, a montadora MITSUBISHI. A palestra “Campeões no mar e na tela” contou com a participação também dos atletas virtuais Allan Godoy e Samuel Solano.

O trio falou das regatas online e dos aplicativos para jogar vela pelo computador, como se fosse um video-game. A Semana de Vela de Ilhabela usará o Virtual Regatta, simulador oficial da World Sailing.

“Me impressiona o quanto parece verdadeiro, você consegue tomar decisões táticas, ficou bastante real, é uma experiência bem bacana, que está cada vez maior principalmente nesses tempos que temos o distanciamento social”, disse Jorge Zarif.

O velejador Jorge Zarif tem sete participações na competição tradicional, inclusive ao lado de seu pai, o saudoso Guga Zarif, que venceu várias edições do evento em Ilhabela com o Áries IV. Depois que iniciou sua trajetória olímpica na campanha para Pequim 2008 (foi reserva na Finn), o velejador paulista pouco conseguiu agenda no mês de julho para a Semana de Vela de Ilhabela.

Jorginho comentou sobre as semelhanças entre o jogo e a velejada na vida real. “Eu jogava em 2007, e me surpreendeu como evoluiu a parte tática do jogo, você consegue escolher o lado de largada, ficou muito mais parecido com uma regata da vida real, é bem legal para quem quer aprender e mesmo para quem já sabe velejar, dá para se divertir bastante”.

O campeão mundial de 2013 está em Ilhabela (SP) fazendo treinamentos para o retorno às competições na classe Finn. O atleta busca sua terceira participação olímpica em Tóquio 2021.

“Eu tive um período complicado com lesões e estou voltando agora sem nenhuma dor. Essa será minha última Olimpíada na classe, já que a Finn sairá a partir de Paris 2024”.

”Para se tornar um atleta de alto nível tudo é uma jornada muito dura. Você deve fazer um trabalho bem feito e muito sério. É preciso ter uma equipe muito forte na parte tática e técnica, é preciso ter uma equipe preparada junto”.

Mit Talks

O ciclo de palestras sobre o segmento, que abriu a edição da Semana de Vela, incluiu nomes como Marina Bandeira Klink, Carlo Borlenghi, Julio Cardoso e a Família Schurmann.

A Semana Internacional de Vela virtual vai até quinta-feira (30). Estão programadas 20 provas online por meio do simulador Virtual Regatta com 76 jogadores.

Após o MIT Talks foram realizadas as regatas warm up com objetivo de ensinar os inscritos as regras do simulador. Os painéis foram transmitidos ao vivo pelo site www.sivilhabela.com.br e pelos canais digitais da Semana Internacional de Vela de Ilhabela no Instagram e Facebook.

A organização abriu o processo às 12h pelo site oficial da competição e as 76 vagas foram preenchidas em tempo recorde. As provas online terão barcos das classes Offshore e J-70 divididos em baterias. A competição foi limitada a 76 participantes .

Tudo sobre a abertura da Semana Internacional de Vela de Ilhabela 2020

A abertura da 47ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela – Virtual Edition ocorreu na noite desta segunda-feira (27) com o MIT Talks – ciclo de palestras sobre o segmento – e uma introdução ao Virtual Regatta, simulador de provas que será usado a partir desta terça-feira (28) por mais de 70 jogadores virtuais.

Mais de 300 pessoas acessaram os canais digitais e o site oficial para assistir as mais de quatro horas de programação inédita e treinar com o simulador. Nomes como Marina Klink, Carlo Borlenghi, Família Schurmann e o atleta Jorge Zarif falaram sobre suas experiências na Semana de Vela de Ilhabela. Pela primeira vez, o maior evento náutico da América do Sul adotou regatas virtuais.

A solenidade teve a tradicional queima de fogos inaugural, só que dessa vez tudo remoto como manda a regra de 2020. Nas edições anteriores, a festa ocorreu na Vila da Regata, no centro histórico de Ilhabela.

O novo comodoro do Yacht Club de Ilhabela, Alex Costa, e o organizador Mauro Dottori, também diretor de vela do YCI fizeram os discursos de abertura da 47ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela.

”O Yacht Club de Ilhabela sempre apoia o desenvolvimento sócio-econômico de Ilhabela  com a realização das regatas de julho, além de outras competições e festividades durante o ano. O evento de vela é um dos mais importantes do esporte brasileiro e gera anualmente divisas ao município, com capacidade acima da média em hotéis e pousadas, restaurantes e lojas”, disse Alex Costa, comodoro do YCI.

Participaram também os presidentes da ABVO, Mário Martinez, da FEVESP, Cuca Sodré, e da CBVELA, Marco Aurélio Sa Ribeiro.

”Ilhabela é reconhecidamente a capital brasileira da vela e sedia grandes eventos como a tradicional semana de vela. A vela online está crescendo no Brasil e não poderia deixar de ocorrer. Acredito que a vela virtual está ajudando muitos velejadores a treinar, além de trazer cada vez mais os jovens para a nossa modalidade”, comentou Marco Aurélio Sa Ribeiro, presidente da CBVela.

As regatas virtuais começam nesta terça-feira a partir de 19h. As provas serão no estilo inshore nas classes J70 e OffShore do aplicativo Virtual Regatta. As provas terão transmissão ao vivo do site www.sivilhabela.com.br.

O evento tem realização do Yacht Club de Ilhabela e organização da Tribu Live Marketing e Full Time Eventos e Turismo, e transmissão RCE Digital. A comissão técnica será da E-Ventos, Vela Viagem e Ventos Leste. O patrocínio fica por conta da Mitsubishi e da Sol.

Mit Talks

Após a abertura oficial da 47ª edição da Semana Internacional de Vela de Ilhabela, começou o MIT Talks, evento realizado com parceria “histórica” de 26 anos, a montadora MITSUBISHI.

O primeiro painel foi com a fotógrafa Marina Bandeira Klink e o italiano Carlo Borlenghi com o tema Mar sem Filtro. Ambos têm histórias especiais com a Semana Internacional de Vela de Ilhabela.

”É um honra estar nessa primeira edição de Vela virtual. Estou muito emocionada de estar aqui, porque a Semana de Vela de Ilhabela é muito marcante na minha vida! Meu pai fazia atividades na Guarapiranga. Ele levava eu e meu irmão para ver, mas não podíamos participar. Em 1974, teve a primeira oportunidade para eu velejar e eu consegui na classe Optimist”, recordou Marina Klink.

Fotógrafo oficial dos eventos de vela da Rolex, Carlo Borlenghi esteve em Ilhabela por anos seguidos quando a marca de relógios suíça dava o naming rights da competição. ”Eu tenho uma belíssima lembrança de Ilhabela! A hospitalidade, é algo incrível, estiva lá e fui muito bem recebido. A paisagem é linda, por conta dos animais, golfinhos e baleias. Espero que no futuro possa ir a Ilhabela fotografar! Espero que essa Regata virtual seja linda como a da vida real”.

O assunto seguinte foi patrimônio natural x turismo sustentável com Bianca Colepicolo (secretária de turismo de Ilhabela) e Julio Cardoso (diretor de meio ambiente do Yacht Club de Ilhabela).

”O nosso grande diferencial é sem dúvida a observação de natureza. Esse patrimônio natural que temos em Ilhabela não se tem nenhum lugar do mundo igual Ilhabela”, contou Julio Cardoso, que desde a edição 2016 registra e cataloga as baleias que migram para águas mais quentes passando pela raia de Ilhabela.

Já Bianca Colepicolo destacou o turismo de avistamento, que também faz parte da Semana Internacional de Vela de Ilhabela. ”No ano passado, fizemos um evento durante o mês inteiro. Fizemos fotografia e aulas para donos de hotéis e pousadas, desse segmento político. Hoje, existe um guia para as aves e espécies que você pode encontrar em Ilhabela!

Na sequência foi a vez do painel ‘A Voz dos Oceanos’ com a Família Schurmann. ”Ilhabela é um local que gostamos muito! Nós vivemos aí alguns momentos com as criança aprendendo a navegar”, disse Heloisa Schurmann, que esteve ao lado do marido Vilfredo.

O último MIT Talks foi com o campeão mundial de vela e atleta olímpico Jorge Zarif com os craques na vela virtual Samuel Solano e Allan Godoy.

”Muito interessante poder participar da Semana de Vela de uma forma diferente! É sempre muito bom competir e estar com os amigos”, afirmou Jorginho Zarif, velejador brasileiro classificado para Tóquio 2021 na classe Finn.

No dia da estreia pra valer do evento, as regatas serão disputadas nas raias de Sydney e Marselha do Virtual Regatta. No dia 29, as baterias ocorrem nas raias de Newport, Porto Cervo e Maiorca. As duas regatas semifinais serão disputadas em Aukland e a final no Rio de Janeiro.

O sistema de pontuação será linear na fase de classificação com descarte após cinco provas. Nas semifinais e finais os pontos são zerados para dar igualdade de condição.