Brasil tem mais um piloto na Formula E; Sette Camara assina com a GEOX Dragon

22/07/2020 13:40

O Brasil terá um terceiro representante no grid da Fórmula E.

O mineiro Sérgio Sette Câmara assinou com a GEOX Dragon.

Ele entra na vaga do neozelandês Brendon Hartley nas seis últimas etapas do campeonato em Berlim.

O Brasil já tem Felipe Massa (ROKiT Venturi Racing) e Lucas di Grassi (Audi Sport ABT Schaeffler).

Sette Câmara estava como piloto reserva da equipe de Jay Penske e foi um dos destaques no treino para novatos realizado em Marraquexe no início de março, antes da paralisação das atividades por causa da pandêmia de COVID-19.

“Eu e a equipe conseguimos uma química de trabalho muito forte no teste em Marraquexe. Executamos o programa e nos saímos bem, terminando o dia com a segunda colocação. Estou feliz em compartilhar as notícias de que voltarei a trabalhar com eles, principalmente agora uma situação real de corrida. Isso realmente torna o momento ainda mais especial. Quero agradecer a Jay Penske e a todos os membros da GEOX Dragon por me darem essa oportunidade”, declarou o piloto brasileiro no comunicado oficial da equipe norte americana.

As seis etapas decisivas da sexta temporada da Fórmula E serão realizadas em nove dias no Aeroporto de Tempelhof, em Berlim na Alemanha, entre os dias 05 e 13 de agosto. Serão três rodadas duplas, cada uma delas usando um traçado diferente.

Meninas também treinam no game virtual da Semana de Vela de Ilhabela

A 47ª edição da Semana Internacional de Vela de Ilhabela, que será realizada remotamente de 27 a 30 de julho, promete ter disputas acirradas por meio do simulador Virtual Regatta. As provas terão participações de atletas que fizeram campanha olímpica e pan-americana, como Juliana Duque, Odile Ginaid e Giovanna Prada.

As velejadoras entrarão nas disputas online, que terão 20 regatas virtuais entre eliminatórias, semifinais e final na opção inshore do game. No dia 27 de julho será feito um briefing técnico e um warm-up (aquecimento) com uma introdução sobre a plataforma.

Leia mais em — http://onboardsports.net/meninas-entram-na-disputa-virtual-da-semana-de-vela-de-ilhabela/

A capixaba Odile Ginaid é uma das mais assíduas nas comunidades de WhatsApp. A atleta, uma das melhores do País na Laser, elogiou a entrada da categoria online na Semana Internacional de Vela de Ilhabela. “Já corri várias edições em Ilhabela! E essa inclusão não foi de última hora, já sabíamos que não iria acontecer até pela logística de levar o barco. A surpresa foi a Virtual Regatta e achei uma ótima ideia”.

Odile Ginaid espera uma organização impecável e com muitos participantes. E com um detalhe: sem sofrer com a mudança de tempo. ”A chuva e o frio esse ano não vão incomodar!”

”A comunidade do jogo virtual é bem ativa e animada. Me divirto bastante. O jogo virtual tira a vantagem física que os meninos tem no mundo real e as penalidades são julgadas na hora”.

”O E-sport veio para ficar e tenho certeza que teremos muitos campeonatos nesse formato, mas nada que substitua estar na água. Não vejo a hora de voltar para as regatas”, concluiu a velejadora de Laser.

A baiana Juliana Duque, medalhista Pan-Americana em Lima 2019 com Rafael Martins na classe Snipe, começou a jogar online o Virtual Regatta no período de pandemia. Sem poder navegar em Salvador (BA), a alternativa foi passar o tempo competindo contra os meninos no simulador.

“Com saudade de velejar, era a única forma de estar mais próximo de uma regata. Acho que é uma saída nesse momento que estamos vivendo”, comentou a Juliana Duque.

“Não só meninas como qualquer pessoa, apesar de não ser aficionada pelos games virtuais, joguei bastante na pandemia. Acho que nada substitui o velejo real mas é uma saída para dias em que não se pode sair”.

Regata fora d’água

Giovanna Prada, filha do medalhista olímpico Bruno Prada, também vê como uma boa opção regatas virtuais no momento de pandemia. Em Ilhabela (SP), a jovem velejadora de RS:X ganha até toques do pai, um multicampeão da modalidade.

“Eu acho legal a ideia! Em momentos como esse é uma boa distração! Eu tentei ensinar meu pai a jogar mas agora com home office e ele não tem muito tempo para ficar treinando”, brincou.

O principal evento da modalidade na América do Sul anunciou a inclusão da categoria online em paralelo a uma série de atividades neste período de pandemia.

A Semana Internacional de Vela de Ilhabela conta com a parceria da MITSUBISHI que também promoverá o MIT Talks e a lista de palestrantes será confirmada nos próximos dias.