Charal de Jérémie Beyou vence a Vendée-Arctique-Les Sables d’Olonne

15/07/2020 00:22

O barco Charal foi o grande campeão da primeira edição da regata em solitário Vendée-Arctique-Les Sables d’Olonne.

O IMOCA60 do navegador francês Jérémie Beyou cruzou a linha de chegada em Les Sables d’Olonne na tarde desta terça-feira (14) após completar o percurso de 3.400 milhas náuticas em 10 dias, 5 horas e 14 minutos.

O pódio foi todo francês. Em segundo lugar ficou o Apivia, de Charles Darlin, e em terceiro terminou o LinkedOut, de Thomas Ruyant.

O trio esteve no Brasil na Transat Jacques Vabre Normandie Le Havre 2019, com chegada em Salvador (BA).

Ao todo 12 IMOCAs completaram o percurso nesta terça-feira.

A regata Vendée-Arctique-Les Sables d’Olonne foi uma prévia da Vendée Globe, volta ao mundo em solitário e sem escalas, que larga em novembro.

A disputa pela liderança ocorreu em todo percurso triangular pelos mares da Europa, inclusive um contorno de boia na Islândia.

Jérémie Beyou foi melhor na etapa final, mais precisamente  nas 550 milhas náuticas passando pelo Gallimard Waypoint.

A diferença para o vice-campeão foi de 50 minutos!

O aquecimento para a Vendée Globe 2020 contou com 19 barcos em busca de qualificação para a volta ao mundo em solitário nos IMOCAs.

O modelo Charal é um dos mais novos fabricados da categoria dos 60 pés, que também será usada na The Ocean Race 2021-22 e tradicionalmente na Transat Jacques Vabre 2021.

O velejador francês vencedor  da Vendée-Arctique-Les Sables d’Olonne ganhou por três vezes a Solitaire du Figaro, outra prova tradicional de vela oceânica internacional.

Por Flávio Perez

Autor: Flávio Perez

Flávio Perez é jornalista esportivo e gestor de esportes.

Compartilhe: