Torben Grael e Robert Scheidt concorrem ao prêmio de melhor olímpico do Brasil do século

27/03/2020 16:32

Torben Grael e Robert Scheidt somam juntos 10 medalhas olímpicas.

Torben Grael e Robert Scheidt (Saulo Cruz/Exemplus/COB) …

São os maiores medalhistas da história do País como atletas, em uma modalidade de um tiro só, ou seja, só uma medalha em jogo para cada categoria.

O Globoesporte e o programa ‘Esporte Espetacular’ da Rede Globo idealizaram uma votação com 10 nomes.

Ao lado de Robert e Torben, Sheila (vôlei), que deve levar na votação popular, Giba (vôlei),  Adhemar Ferreira da Silva (atletismo); Cesar Cielo (natação); Joaquim Cruz (atletismo); Isaquias Queiroz (canoagem); Oscar (basquete); e Marta (futebol).

O colegiado e o público ainda vão ajudar a escolher o maior atleta olímpico brasileiro de todos os tempos.

O resultado será divulgado no próximo domingo, no Esporte Espetacular.

Os resultados serão divulgados ao longo de março no Esporte Espetacular.

Link para votação

https://interativos.globoesporte.globo.com/olimpiadas/os-maiorais/materia/maiorais-maior-atleta-olimpico-brasil

Mas não podemos esquecer os parceiros dessas lendas, como Bruno Prada, que foi o proeiro de Robert Scheidt na prata de Pequim 2008 e no bronze de Londres 2012.

Schedit teve dois ouros de Atlanta 1996 e Atenas 2004, e a prata de Sydney 2000, na Laser, classe individual.

Torben teve Daniel Adler e Ronaldo Senfft na sua primeira medalha no Soling.

E Nelson Falcão como parceiro em Seul 1988.

Marcelo Ferreira foi proeiro de Torben Grael nas conquistas do ouro de Atlanta 1996 e Atenas 2004.

Os dois ouros de Atlanta 1996 e Atenas 2004 e a prata de Sydney 2000 foram na Laser, classe individual.

Autor: Flávio Perez

Flávio Perez é jornalista esportivo e gestor de esportes.

Compartilhe: