Regata Transat Jacques Vabre concorre a prêmio na Foiling Week

17/01/2020 13:48

Maior regata do mundo em duplas disputa a categoria de “Event Award”

A Transat Jacques Vabre Normandie Le Havre, considerada a maior regata de duplas do mundo, está concorrendo a categoria “Event Award” na Foiling Week.

O evento reúne exibições e premiações de categorias de barcos à vela e a motor como: melhor velejador, melhor design de barco, melhor barco à motor, melhor evento e etc.

A Transat está concorrendo ao prêmio de melhor evento pela 14ª edição da competição, realizada em outubro e novembro de 2019  entre as cidades de Le Havre na França e Salvador na Bahia.

A votação oficial começou em 20 de dezembro.

Todos os indicados serão votados até o final de janeiro de 2020. Os vencedores serão anunciados na cerimônia do Foiling Awards em Milão, na Itália, no dia 20 de fevereiro.

Para votar, clique aqui: https://www.foilingweek.com/pages/twenty19/fw-awards-2019/

”Compromisso esportivo e náutico, compromisso humano e ambiental, a cidade de Le Havre, a marca de café Jacques Vabre e a cidade de Salvador da Bahia têm orgulho de defender esses valores diariamente e de compartilhá-los com um público em crescimento”, comentou Jean Baptiste Gastinne, prefeito de Le Havre.

O Brasil já sediou por oito vezes a regata em duplas pelo Atlântico. A capital baiana recebeu por seis vezes e a catarinense Itajaí por duas.

Realizada desde 1993, “A Rota do Café” parou pela primeira vez no Brasil em 2001 em Salvador, destino repetido nos anos de 2003, 2005, 2007, 2017 e 2019. No Brasil, a Transat fez ainda a chegada em 2013 e 2015 na cidade de Itajaí, Santa Catarina.

“Os velejadores mais uma vez aprovaram a competição, que foi coroada com chegadas em um visual maravilhoso na Baía de Todos-os-Santos. A recepção do brasileiro também foi aprovada pelos navegadores”, completou Sébastien Tasserie, diretor da Transat Jacques Vabre.

Edição de 2019

Em 2019, a regata foi iniciada no dia 27 de outubro, e teve três classes: Multi50, Class40 e IMOCA 60. O primeiro veleiro a chegar em Salvador foi o Multi50 Groupe GCA Mille et un sourires que completou a regata transatlântica em 11 dias, 16 horas, 34 minutos e 41s.

Na classe IMOCA, a vitória ficou com o Apivia, que completou a regata em 13 dias, 12 horas e 8 minutos.O campeão na Class40 entre os 27 que saíram de Le Havre foi o Credit Mutuel, que completou a prova em 17 dias 16 horas 21 minutos 23 segundos.

A prova já desembarcou também na Colômbia e na Costa Rica. A competição terminou no em novembro e teve ao todo 25 dias de travessia com a chegada do último da Class40, o Terre Exotique.

Pelo meio do caminho ficaram sete veleiros que não chegaram ao Porto Salvador Marina, na Bahia.

A próxima edição da Transat Jacques Vabre Normandie Le Havre será realizada em 2021. O local ainda será anunciado.